Compromisso com a verdade dos fatos

Bem-vindo ao blog Garimpando Palavras

sábado, 2 de março de 2013

A MULHER



Iara da Silva Machado

Existe um princípio bom que criou a ordem, a luz e o homem e um princípio mau que criou o caos, as trevas e a mulher.

Pitágoras – filósofo e matemático grego – 496 a.c


Na atualidade crenças como a citada por Pitágoras poderia levar a uma reflexão proveitosa, separando o trigo do joio!

Com o advento da Psicologia Transpessoal, ainda pouco estudada e praticada no Brasil, busca-se unir antigos conhecimentos a compreensão do complexo psiquismo humano.

Se voltarmos o olhar para a ciência milenar chinesa, encontraremos o TAO, a Unidade, o “Ponto” para onde tudo converge e unifica-se; o Ciclo Perfeito! De tal modo que o princípio do “mau e do bem” em exame minucioso nos traduzirá a completude; tendo em vista, que o mau é ignorância do bem e quando o conhecimento é estabelecido poder-se-á fazer escolhas mais conscientes de Si Mesmo, o sentir as trevas como um outro ponto da luz,  e ainda, como uma forma de luz, uma vez que onde há luz a treva se dissipa, ela então não é real, a realidade é a luz que Se Leva A Si Mesma para onde vai...

Um é tudo. Tudo é um. Um unindo tudo, dizia Heráclito.

Hoje é sabido que o homem e a mulher são semelhantes, filosoficamente, as religiões, propõem a igualdade dos seres humanos, mesmo que esses mesmos seres humanos, se permitam entre si, misérias de toda ordem em função de condutas ego centradas, onde o bem estar de poucos justifica a negligência para muitos...

Ainda assim, Pitágoras, eminente e sério estudioso da sua época, repetia na fala os costumes de uma sociedade de contemporâneos, e hoje, quiçá se estivesse entre nós, vislumbrando a evolução social e intelectual do feminino, o reverenciasse como digna de honras e deferências... No entanto, talvez, também observasse algum cansaço por traz das maquiagens impecáveis e vestuário sóbrio de muitas mulheres pós-modernas, cansaços esse, delicadamente escondidos por sorrisos gentis ou declaradamente assumidos por olhares e posturas de estresse físico emocional...e pensasse de si para consigo mesmo, há um único princípio bom que criou tudo, homens e mulheres, mas a humanidade ainda não enxerga com clareza a força da LUZ que vibra em cada Ser Feminino na Face da Terra!

Na sensibilidade de uma alma feminina temos a reflexão das doces palavras de Madre Tereza de Calcutá, ao afirmar que, O ser humano tem mais fome de amor do que de pão.

Salve, salve as MULHERES de todos os matizes, mulheres soerguidas pela força da esperança, da fé, da alegria, do cuidar, da compreensão e da intuição que reafirma sem cessar: Amanhã será um novo dia, e será melhor!


Protesto no Interior da PB terá exposição de mais 200 cabeças de bois mortos

O protesto encabeçado pelo deputado federal Efraim Morais Filho na próxima segunda – feira está contando com o apoio de entidades ligadas ao Agronegócio e de Produtores Rurais, além de entidade de endividados com o BNB. Informações repassadas ao Portal WSCOM dão conta de que, em Itatuba e na BR-230, onde Dilma vai passar haverá protestos. A Associação dos Credores do Banco do Nordeste, Jair Pereira, está com mais de 200 cabeças de bois mortos para exibir estrada.

Mais de 138 mil agricultores paraibanos permanecem endividados com o Banco do Nordeste (BNB), segundo o presidente da Associação dos Mutuários do Crédito Rural da Paraíba, Jair Pereira. Segundo informou, algumas dessas dívidas já se arrastam por mais de 20 anos.
O endividamento dos agricultores é oriundo de empréstimos feitos ao BNB, facilitado por programas federais de ajuda a pequenos produtores agrários, como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).
As chuvas irregulares, a falta de assistência e capacitação dos pequenos proprietários rurais estão entre os principais fatores que impedem que essas dívidas sejam pagas, segundo o presidente da Associação dos Mutuários.

Walter Santos - wscom

sexta-feira, 1 de março de 2013

'O PSB trabalha no fuso horário do PSB', diz Eduardo Campos



Campos, provável candidato a presidente
O governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, mantém firme a posição de que o partido não vai entrar agora no debate eleitoral. Apesar de integrar a base aliada do governo Dilma, o político é cotado para ser candidato à presidência nas eleições de 2014 e, no último sábado (23), foi criticado pelo ex-ministro Ciro Gomes (PSB). Além disso, Campos vem criticando o que considera uma antecipação do debate eleitoral promovida por PT e PSDB. "Eu respeito opiniões diferentes de quem imagina que já é preciso começar o debate político, mas o relógio do PSB trabalha no fuso horário do PSB, não vamos trabalhar com relógio, tempo dos outros, nem fazer o jogo dos outros. Nós entendemos que é hora de cuidar do Brasil para ganhar 2013”, disse, referindo-se ao baixo desempenho da economia brasileira.
O presidente do PSB falou com a imprensa nesta sexta-feira (1°), após recepcionar os novos residentes da rede estadual de saúde, em evento no Centro de Convenções, em Olinda. No fim de semana passado, Ciro Gomes fez o comentário em uma rádio de Fortaleza que Eduardo Campos "não tem propostas para o país". O ex-ministro também disparou críticas em direção ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) e à Marina Silva (Rede), outros possíveis adversários da presidente Dilma Rousseff.

Na última quinta (28), em evento promovido pelo PT, em Fortaleza, o irmão de Ciro Gomes e governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), defendeu que Campos entrasse na disputa eleitoral como vice de Dilma, apontando que o PSB hoje tem mais força política que o PMDB, do atual vice-presidente, Michel Temer. "Nós temos dentro do partido visões distintas. Converso com o Cid muito bem, mas esse debate não vai ser resolvido aqui, agora, e quando for decidido será pelas instâncias partidárias", disse Campos.

Especulações sobre a entrega dos cargos do PSB no governo federal e a saída do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, do PSB para o PT, também seriam indícios de que o PT pressiona Campos a se posicionar em relação a uma possível candidatura ao Planalto ou pelo apoio à candidatura de Dilma, pré-lançada pelo ex-presidente Lula semana passada. "A plantação de intrigas e maledicências é geral, não me consta que em hora nenhuma houve isso, podem ligar para Fernando. Não me sinto nem um pouco pressionado para definir minha posição agora, quem vai definir é o PSB. Não acho que 2013 seja um ano de montar palanques, mas sim de unir o país. Agora, nunca vi quem está num governo em situação de dificuldade antecipar calendário eleitoral, nunca vi isso dar certo", falou.
Nos últimos dois dias, Eduardo Campos se encontrou com o governador do Piauí, Wilson Nunes; do Espírito Santo, Renato Casagrande; e da Paraíba, Ricardo Coutinho, todos do PSB, além do vice-presidente nacional da legenda, Roberto Amaral, e do líder do PSB na Câmara, Beto Albuquerque. “Houve três reuniões distintas, que estavam atrasadas, que viraram reuniões de emergência do executivo. Foram encontros sobre o programa do partido que vai ao ar no próximo mês, sobre a questão dos portuários e votação dos royalties do petróleo, além de outros assuntos importantes", disse.

A conjuntura política, afirmou Campos, também foi tradada. "Não mudou absolutamente nada, o partido está tranquilo. Tudo o que estamos fazendo foi tratado com a presidenta Dilma, ela sabe o que nós pensamos e o que pode acontecer em 2014. Esse debate só pode ser concluído quando todas as variáveis estiverem colocadas, mas cada um tem seu jeito de agir. Já disse que o PSB vai estar em 2014. Não vamos atropelar ninguém, mas também não vamos ser atropelado", falou.

G1


Agenda de Dilma na Paraíba



Dilma deve encarar protestos na PB.
O assessor da Presidência da República, Luiz Soares, revelou na tarde desta sexta-feira (1º), a agenda da presidente Dilma Rousseff, durante sua visita na próxima segunda-feira (4), deve passsar uma hora e trinta minutos em João Pessoa. A previsão é que ela desembarque na Capital paraibana por volta das 10h30. 
Na agenda presidencial não há previsão de nenhuma audiência com lideranças políticas do Estado.Contudo, Dilma será recebida em João Pessoa pelo governador do Estado e pelo prefeito da cidade. 
As informações foram dadas pelo assessor da Presidência, em exclusividade, ao 'Correio Debate', da 98FM, nesta sexta.  “Nós pedimos as pessoas evitarem de levar bolsas. Porque quem chega tem que passar no pórtico e essas bolsas tem que serem abertas e isso atrasa a entrada. Quanto objetos as pessoas tiverem na mão mais fácil fica o deslocamento e a entrada no local do evento”, comentou Soares.
Em João Pessoa, segundo a pré-agenda, Dilma participará por volta das 10h30 da solenidade de entrega dos 576 apartamentos do Residencial Jardim Veneza, que faz parte do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ do Governo Federal, ao lado do prefeito da Capital, Luciano Cartaxo.
Após visitar João Pessoa, a comitiva presidencial segue para o cidade de Campina Grande e, de lá,  até a cidade de Itatuba (120 quilômetros da Capital). Dilma vai conhecer as obras do canal  da adutora Acauã-Araçagi, iniciadas pelo Vale do Paraíba.
Ela deve embarcar em avião presidencial para Brasília por volta das 18h desta segunda-feira (4).
Na última quarta-feira (27), os deputados e senadores da bancada peemedebistas participaram em Brasília de um jantar no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente da República, Michel Temmer, junto com a presidente Dilma Rousseff. 
Protestos
 Durante a visita à Paraíba, a presidente Dilma deve enfrentar alguns protestos. Um deles é comandado pelo deputado federal Efraim Filho (DEM) e apoiado pelo deputado estadual Assis Quintans (DEM). A intenção dos democratas é trazer agricultores de diversas cidades do interior do estado e fazer uma exposição dos efeitos da seca, que é a pior dos últimos 30 anos. Os manifestantes prometem mostrar a Dilma esqueletos dos animais mortos durante o período da estiagem. 
Outro protesto deve ser realizado pela Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan). O objetivo é chamar atenção da Presidente da República para dificuldades que a classe enfrenta quanto à paralisação das obras de transposição do Rio São Francisco, bem como o endividamento dos agricultores devido à seca. Segundo o presidente da Asplan, Murilo Paraíso, este é o momento ideal para cobrar medidas urgentes junto à presidente Dilma Rousseff.
portalcorreio

Adota Patos: Projeto reúne protetores dos animais em Patos




Para ajudar a amenizar os problemas com os animais de rua aconteceu nesta quinta-feira, 28 de fevereiro, no auditório Zefinha Motta da Biblioteca Municipal de Patos, o primeiro encontro dos voluntários do projeto “Adota Patos”, que tem como objetivo realizar palestras em escolas, associações entre outras instituições, sobre a sensibilização da proteção aos animais abandonados, incentivando a prática da adoção, castração e orientando sobre o seu zelo.

Este projeto formado por amigos que se conheceram em outras ações dentro de ouros grupos de proteção aos animais é de curta duração, com previsão de conclusão para o mês de outubro, onde tem como propostas: cobrar do poder público por um centro de zoonoses na cidade, defendendo uma abertura para as associações e grupos de proteção aos animais atuarem em conjunto; distribuir material informativo para a sociedade sobre os direitos dos animais, incentivar a adoção de animais abandonados, especificamente os sem raças definidas, executar campanhas de castração e fiscalizar se a Lei Federal 9.605/98 está sendo aplicada na cidade.

De acordo com a voluntária Clara Furtado, a reunião foi positiva e marcou o início de uma temporada de trabalhos que precisam do apoio da sociedade. “Eu estou muito satisfeita com as metas e o cronograma que traçamos com as atividades para atuarmos até o meio do ano, por exemplo, o programa de adoção e castração que ajudará muitos animais. Infelizmente não temos condições de recolher animais como fazíamos antes em outra associação, porque isso é de interesse público, onde continuaremos cobrando por isso, porque o centro de zoonoses é quem pode nos dar uma base para este tipo de trabalho, para isso precisamos do apoio de toda sociedade”, ressaltou.

Segundo a voluntária Benigna Dantas, este grupo reforçará as ações já existentes com outras ONGs que defendem o direito dos animais na cidade de Patos. “Estamos todos juntos para somar com o trabalho dos outros protetores e associações que prestam apoio aos animais abandonados, pois esta é uma causa que precisa a ajuda de todos, para podermos controlar o número de bichos soltos em nossas ruas. Aprender a respeitar e cuidar deles, também é um ato de solidariedade que todos nós deveríamos tentar fazer”, explicou.

O Projeto Adota Patos, embora tenha oficializado as suas atividades ontem, a equipe desde o mês de janeiro vem trabalhando as ações de adoção e apoio veterinário. O grupo que tem como principal filosofia incentivar a população na adoção de animais de raça não identificada recebe doações de ração e medicamentos para uso animal, onde você também poderá ajudar através do e-mail:projetoadotapatos@gmail.com ou adicionando o grupo no facebook.

Fonte: Júnior Vieira

Aumento Salarial: Prefeitura de Patos recebe representantes dos professores



A Prefeitura Municipal de Patos recebeu na manhã desta sexta-feira, 01, representantes do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (Sinfemp).

A reunião teve como pauta o aumento salarial para a categoria. "Nós estamos dialogando em busca de melhorias. segunda-feira teremos um encontro com a prefeita de Patos, Francisca Motta, e mais três representantes do Sinfemp para que possamos discutir as propostas", disse a presidente do Sinfemp, Maria do Carmo Nunes Soares.

De acordo com o secretário chefe de Gabinete, Pedro de Figueredo Leitão. "Vamos discutir as propostas de aumento salarial e buscarmos um forma de viabilizar as melhorias para os professores. É uma categoria importante para o desenvolvimento do município e, com certeza, sempre estaremos a disposição para dialogar", ressaltou.

Na próxima segunda-feira, 4 de Março, às 10:00h, a reunião será realizada entre a Prefeita de Patos, Francisca Motta, a secretária de finanças do município, Meryclis D'Medeiros, a contadora do município, Clair Leitão, e representantes do sindicato.

Assessoria

Professores de Patos vão às ruas cobrar reajuste salarial


A presidente Carminha disse que vários municípios já concederam aumento aos professores


Professores decidiram pela paralisação




O movimento foi às ruas para explicar à população os motivos

Os professores municipais de Patos realizaram assembléia na manhã desta sexta-feira no auditório da Associação Comercial e Industrial de Patos. Mais de 100 docentes marcaram presença à reunião convocada pelo Sinfemp – Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região. Na pauta a reivindicação de aumento de 15º retroativos a 1º de janeiro deste ano.

Houve deliberações. O representante da CTB – Central dos Trabalhadores do Brasil, Fábio Chaves explicou para os professores em estado probatório que nesse estádio do exercício de profissão nada impede que os mesmos paralisem suas atividades, como já existe jurisprudência para isso, dando esse direito ao servidor.

A presidente do Sinfemp, Maria do Carmo (Carminha ) disse que o movimento é legítimo e que trata-se de um direito do servidor. Citou alguns municípios que já reajustaram salários dos professores, a exemplo de São Mamede, Mãe D’Água, Passagem, dentre outros, criticando a falta de vontade do Executivo de discutir propostas com a categoria. A presença da tesoureira à assembléia anterior, para informar que o município não tinha condições de oferecer qualquer índice de reajuste aos professores deixou-os contrariados, tendo em vista que na gestão passada o aumento acumulado foi de mais de 140%.

O vereador da base do governo, Jefferson Melquíades, foi à assembléia colocar seu apoio à luta do magistério público. Disse que o professor é uma categoria que precisa ser valorizada e reconhecida por todos como de fundamental importância na educação da sociedade brasileira. “Venho aqui dizer que a maioria dos vereadores está apoiando essa luta de vocês”, enfatizou Melquíades.
A assembleia decidiu que na próxima semana, segunda e terça-feira, os professores vão enviar um comunicado aos pais dos alunos explicando o movimento reivindicatório. Na quarta, quinta e sexta todos devem cruzar os braços à espera de uma contraproposta vinda do Executivo. Caso isso não ocorra nova assembleia deverá decidir por greve por tempo indeterminado
Após a assembleia saíram, como acontece nas lutas encampadas pelo Sinfemp, em caminhada pelo centro de Patos apresentando o motivo da mobilização à população. O ponto final foi a Prefeitura Municipal, onde aconteceram discursos enfocando a reivindicação dos 15%.
Hoje não foi divulgada nenhuma nota oficial da Prefeitura nesta manhã de sexta em relação a essa reivindicação dos professores. 

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Convite Missa de 1º aniversário

  
C O N V I T E  M I S S A

1º  A N I V E R S Á R I O

D.  T E R E Z I N H A  D E  L U C E N A  M E D E I R O S

( 28/10/1940 – 03/03/2012)



Esposo, Senhor Edmilson Costa; Filhos: Maria Lúcia(Lucinha), Eduílio, Luzineide, Edileudo, Edivânio e Edmilson Júnior; Genro, Noras e Netos,

Convidam parentes e amigos para a Missa de 1º Aniversário da morte de DONA TEREZINHA DE LUCENA MEDEIROS, neste dia 03/03/2013 (domingo), 8h da manhã, na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, Bairro Belo Horizonte – Patos – PB.

Nossa gratidão aos que compartilham conosco esta Homenagem à Memória de nossa inesquecível, amada e insubstituível DONA TEREZINHA.

Agentes de trânsito utilizarão tecnologia móvel para melhorias no trânsito




A prefeita de Patos Francisca Motta realizou uma visita à sede da Superintendência de Trânsito e Transporte de Patos (STTrans) na manhã desta quinta-feira (28), e na ocasião, fez juntamente com o superintendente Mauricio Alves, a entrega de oito Tablets que servirão para melhorar o trabalho dos agentes de trânsito, ampliando a eficiência administrativa dos serviços prestados a população.

A prefeita destacou o pioneirismo da iniciativa na Paraíba, que permitirá aos agentes de trânsito utilizar tecnologia móvel para realizar consultas em sistemas, legislação de trânsito, verificação de placas, consulta em mapas, entre outros fins, fora da sede da Superintendência.

“Com essa tecnologia, a STTrans terá mais condições de realizar um trabalho de qualidade e alcançar resultados mais satisfatórios. Não tenho dúvida que a tecnologia aliada ao trabalho dos agentes, por meio dos Tablets será um grande avanço para o trânsito da cidade e ainda da segurança pública”, afirma a prefeita.

Na oportunidade, a Prefeita verificou o processo de implantação da Central de Monitoramento, cuja estrutura tem como projeto, a instalação de câmeras de segurança nos principais pontos da cidade. “A entrega dos Tablets e a implantação da Central de Monitoramento, otimizará o trabalho dos agentes, tornando-o mais eficaz,” acrescentou.

O superintendente Maurício Alves relatou que tanto as melhorias que estão sendo implantadas, quanto o contato direto da prefeita com os agentes de trânsito mostra que a mesma está preocupada em oferecer mais condições de trabalho e também estimulá-los a buscar cada vez mais, bons resultados. Ele ainda destacou que a parceria entre STTrans e Polícia Militar dinamizará o trabalho dos dois órgãos logo que a Central de Monitoramento estiver funcionando, provavelmente no final do mês de março.

Para o agente de trânsito, Diego Gomes Marinho, a prefeita Francisca Motta, está empenhada em qualificar o trabalho da STTrans e conscientizar os agentes de trânsito sobre a importância de um serviço bem prestado, humanizado e eficiente, junto à população. 

Hélio Barbosa

Projeto do Executivo desmembra Secretaria de Meio Ambiente da Agricultura



Marcos Eugênio

A prefeita de Patos, Francisca Motta, enviou nesta quinta-feira 28 Projeto de Lei à Câmara Municipal desmembrando a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, da Secretaria de Agricultura. A pasta será ocupada pelo sindicalista José Gonçalves, ex-presidente do Sinfemp – Sindicato dos Funcionários de Patos e Região.

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável terá finalidade de desenvolver políticas e ações que protejam nosso ecossistema e eleve qualidade de vida, oportunizando famílias de baixo poder aquisitivo de ter horizontes, para sua sustentação, sem ter que depender exclusivamente de benefícios do governo federal.

Na mensagem a prefeita informa que está reduzindo de dez para quatro funcionários para gerir a pasta, reduzindo gastos municipais. As ações do meio ambiente são bastante amplas e vão desde trabalho educativo, de conscientização da população em relação aos problemas estruturantes e desafiantes do mundo moderno.

 Em cima de questões ambientais a vereadora Isis Karla apresentou uma reivindicação ao Executivo, um plano de contingência que envolva secretarias do Meio Ambiente, Serviços Públicos no tocante ao lixão de Patos. Os sequentes incêndios no lixão têm causado transtornos e se transformado em problema de saúde pública.

O vereador Jefferson Melquíades lembrou do projeto do aterro sanitário que não sai do papel. Foi uma promessa de campanha do governo Nabor Wanderley, passaram-se oito anos e o problema não foi solucionado. Até mananciais da área do lixão foram contaminados, existe o perigo iminente de acidentes envolvendo aeronaves devido a presença de aves que fazem uso do lixão para se alimentar. “Sabemos que já foram liberados recursos para nosso aterro sanitário e até agora nada de sua construção”, lamentou Jefferson.

Até agora não houve a definição de todas as lideranças políticas no Legislativo, o que impede que os projetos não sejam encaminhados às comissões. O PMDB está sendo cobrado pelos vereadores dessa legenda, a qual não mandou a informação à Mesa Diretora sobre sua indicação para sua liderança na Câmara.

Pleno recebe Notícia Crime contra prefeito de Junco do Seridó

Prefeito de Junco

O Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba, reunido em sessão ordinária na tarde desta quarta-feira (27), decidiu, por unanimidade, pelo recebimento  de Notícia Crime oferecida pelo Ministério Público da Paraíba contra o prefeito Cosmo Simões de Medeiros, do município de Junco do Seridó, pela prática de crime de responsabilidade. O acusado não será afastado das funções e nem terá sua prisão preventiva decretada. O relator do processo de nº 999.2012.000797-9/001 é o desembargador Arnóbio Alves Teodósio.
 
O denunciado é acusado, em tese, de no exercício do cargo ter admitido contratado, e recontratado, sucessivamente, servidores públicos para diversas funções inerentes a cargos de provimento efetivo, alegando necessidade temporária de excepcional interesse público, contrariando a legislação municipal vigente e a própria Constituição Federal. O crime foi praticado nos exercícios administrativo-financeiros dos anos de 2009 a 2012.
 
A defesa aponta atipicidade da conduta do acusado e ausência de dolo específico. “os temas em questão serão enfrentados quando instruído o feito, já que nesse instante, o que se pretende é observar se a denúncia satisfaz os requisitos legais do art.41 do CPP”, ressaltou o relator, ao adiantar que se trata de questões a serem discutidas na instrução criminal, sob o crivo do contraditório e da ampla defesa.
 
Ao analisar preliminarmente os autos, o relator constatou: “Não vislumbramos que a conduta do noticiado seja atípica, pois há indícios suficientes de que ele contratou os servidores, sob alegação de excepcional interesse público, de forma indevida e sucessivamente prorrogou suas atividades até 2012”, .ressaltou.
 
O relator do processo constatou também que as provas acostadas aos autos são suficientes para comprovar o dolo e que o prefeito infringiu a própria lei dos contratos temporários, demonstrando inequívoca intenção de burlar a exigência  constitucional de realização de concurso público para atender situações de excepcional interesse público pelo prazo de 180 dias.


Ascom

CRM-PB denuncia superlotação no Arlinda Marques



O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) inspecionou na manhã desta quinta-feira (28) o Hospital Infantil Arlinda Marques e verificou que a unidade hospitalar está passando por sérias dificuldades em virtude da superlotação. O diretor do Departamento de Fiscalização do CRM-PB, Eurípedes Mendonça, disse que há uma fila de crianças aguardando atendimento e internação. “As mães e seus filhos estão dormindo nos corredores, em poltronas esperando assistência. É uma situação muito triste”, destacou.

Ele explicou que a superlotação é decorrente do fechamento de vários hospitais da região metropolitana da grande João Pessoa, como o hospital Santa Paula, Hospital Dom Rodrigo e o Hospital de Santa Rita. O diretor do CRM-PB disse que é urgente que o Ministério Público e o Conselho Tutelar vejam de perto a situação do hospital.

Uma das medidas para resolver a situação, segundo Eurípedes Mendonça, é buscar leitos em hospitais privados. “A situação é muito grave e é necessário buscar uma solução urgente. Há crianças em estado grave esperando assistência há mais de 72 horas e sem previsão de atendimento”, disse.

Formato Assessoria de Comunicação
Luciana Oliveira – 8831.1556
Kaylle Vieira – 8815.7887

Pleno manda para o 1º grau processos de 66 ex-prefeitos e gestores municipais



Na sessão do Tribunal Pleno desta quarta-feira (27), os desembargadores remeteram um total de 84 processos para o Juízo de 1º grau de diversas comarcas do Estado, entre Ações Penais, Notícias Crime, Queixas Crime e Inquéritos Policiais. Todos as decisões tiveram o mesmo argumento: perda de foro privilegiado, por se tratarem de ex-prefeitos e ex-ocupantes de cargos agregados. Os relatores foram os desembargadores Carlos Martins Beltrão filho, João Benedito da Silva, Joás de Brito Pereira Filho e Luiz Silvio Ramalho Júnior.
 
“Declaro a incompetência deste Tribunal para julgar as matérias e voto pela remessa dos autos aos respectivos Juízos de 1º grau”, votou o desembargador-relator, João Benedito da Silva, em relação aos processos sob sua relatoria. Os demais relatores também argumentaram da mesma forma.
 
Os feitos que serão devolvidos ao 1º grau de jurisdição se referem a ex-prefeitos e ex-ocupantes de cargos de confiança dos seguintes municípios paraibanos: Massaranduba, Alhandra, Sousa, Nazarezinho, Areia, Riacho de Santo Antônio, Malta, Livramento, Princesa Isabel, Tavares, Cacimba de Areia, Piancó, Serra Grande, Taperoá, São Francisco, Catingueira, Caiçara, Tenório, Cabaceiras, Coremas, Santo André, Cajazeirinhas, Sobrado, Junco do Seridó, Brejo do Cruz, Matinhas, Lucena, Cubati, Umbuzeiro, Capim.
 
Também receberão processos remetidos pelo Pleno os municípios de Riachão do Poço, Serra Grande, Itatuba, Condado, Remígio, São João do Cariri, Passagem, Cabedelo, Cruz do Espírito Santo, Barra de Santa Rosa, Boa Ventura, Caldas Brandão, São Vicente do Seridó, Serra da Raiz, Pilõezinhos, Gurinhém, Bayeux, Santa Rita, Belém, Tacima, Pocinhos, Monte Horebe, São Bentinho, Mulungu, Santo André, Santa Cecília, Itapororoca, Patos, Arara, Riacho dos Cavalos, Barra de Santana, Coxixola, Lagoa Seca, Gurjão, São Miguel de Taipu.


Ascom
 

Câmara aprova fim dos 14º e 15º salários pagos aos congressistas



A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (27), em votação simbólica, o projeto que determina o fim dos 14º e 15º salários pagos todos os anos a senadores e deputados federais.
A proposta, de autoria da senadora licenciada Gleisi Hoffman (PT-PR), atual ministra-chefe da Casa Civil, será encaminhada para promulgação pelo presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).
"É o cumprimento cívico do dever desta Casa. Foi um momento que passou. Essa Casa, por unanimidade, portanto, encerrou esse episódio e virou essa página", comentou o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), ao final da votação que extinguiu a ajuda de custo.
O vencimento mensal dos congressistas, sem contar benefícios como plano de saúde, passagens áreas e cota para gastos de gabinete (que cobre telefone, correspondências, transporte e outros itens), é de R$ 26.723,13. Somados, os dois subsídios adicionais acresciam R$ 53.446,26 aos contracheques dos parlamentares.
A medida deve gerar uma economia anual de, pelo menos, R$ 30,1 milhões para o parlamento, considerando-se o que foi gasto pelas duas casas com esses benefícios em 2012. No último ano, a Câmara destinou R$ 26.215.390,53 para custear os 14º e 15º salários dos deputados, enquanto que o Senado desembolsou R$ 3.901.576,98.
No primeiro pagamento de 2012, realizado em fevereiro, a despesa da Câmara somou R$ 13.602.073,17. Apenas quatro dos 513 parlamentares da Casa não quiseram embolsar o auxílio.
Já em dezembro, quando ocorreu a quitação da ajuda de custo final de 2012, 41 deputados deixaram de receber, voluntariamente, o benefício. O 15º salário do ano passado custou R$ 12.613.317,36 aos cofres da Câmara.
Por fim, no início deste mês, a Casa pagou R$ 12.960.718,05 para bancar o 14º salário de deputados. Desta vez, 485 parlamentares tiveram os contracheques engrossados com o auxílio.
Com as novas regras, os 513 deputados federais e 81 senadores passarão a receber contribuições financeiras equivalentes ao valor do vencimento mensal somente no início e no fim do mandato. As duas casas legislativas continuarão a pagar duas ajudas de custo para auxiliar nas despesas de transferência dos parlamentares: uma quando eles se mudam para a capital federal e outra no momento em que retornam para suas bases eleitorais.
‘Urgência urgentíssima’
O acordo que permitiu a votação da matéria em caráter de “urgência urgentíssima” foi costurado nesta terça (26) pelo presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), em reunião com os líderes da Casa.

Todos os partidos subscreveram o pedido que garantiu agilidade na votação do texto. Com esse carimbo, o projeto ficou dispensado de tramitar na Comissão de Finanças e Tributação e na de Constituição e Justiça (CCJ).
A proposta que determina o fim do salário extra pago a deputados e senadores com a justificativa de ajudar nas despesas de transferência para Brasília estava parada na Comissão de Finanças da Câmara desde que o Senado a aprovou, em maio do ano passado.
O presidente da Câmara afirmou nesta terça (26) que não está em discussão no Legislativo nenhuma medida para compensar financeiramente a extinção da ajuda de custo aos congressistas.
“Não [há chance de a Câmara criar compensações para o fim do 14º e do 15º]. Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa”, respondeu Henrique Alves ao ser indagado sobre o tema.
Longas negociações
O texto que extinguiu a ajuda de custo dos parlamentares já havia recebido parecer favorável pela aprovação por parte do relator da Comissão de Finanças, deputado Afonso Florence (PT-BA), porém, ainda não havia sido votado na comissão.

Se tivesse de seguir o trâmite normal do Legislativo, após o relatório de Florence ser apreciado pelos integrantes da comissão, o projeto ainda teria de ser submetido à análise da CCJ. O rito não tinha prazo para ser concluído.
No entanto, o aval dos líderes à necessidade de urgência representou um atalho, levando a matéria diretamente para votação em plenário.
Como foi aprovado pelos deputados sem sofrer alterações, o projeto segue direto para promulgação pelo presidente do Congresso. Não há previsão de quando o ato será concluído pelo senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

G1

Quatro pessoas são feridas durante tiroteio; entre as vítimas estão duas crianças



Duas pessoas identificadas por Wellington da Silva, 21 anos; José Humberto Guilhermino da Silva, 25 e dois adolescentes, ambos de 16 anos foram detidos suspeitos de terem provocado disparos que deixaram duas crianças, uma de 11 e outra de 12 e um adolescente de 17 anos feridos.
O tiroteio aconteceu por volta das 21h de quarta-feira, 27, na comunidade Torre de Babel, no bairro do Valentina Figueiredo, em João Pessoa. Um dos adolescentes conhecido por “Léo Porcão’, é considerado chefe do grupo de bandidos.
Uma rixa entre facções existentes na Torre de Babel e da Amizade é a principal causa do tiroteio que deixou as três pessoas feridas, que foram socorridas para o Hospital de Ortotrauma (Trauminha), em Mangabeira de depois transferidas parao o hospital de Emergência e Trauma, em João Pessoa. As duas crianças continuam internadas e o adolescente recebeu alta.
De acordo com levantamento feito pela polícia, alguns jovens estavam numa lan house na Torre de Babel quando os bandidos chegaram atirando. Guarnições do 5º Batalhão da PM se dirigiram para o local e após diligências conseguiram deter o grupo e apreendida uma espingarda calibre 12.
Cardoso Filho

Corinthians vence Millonarios em estádio sem torcida


A Fiel ficou longe do Timão

Para um clube que considera a torcida seu maior patrimônio é no mínimo estranho atuar em um estádio vazio. Talvez por isso a punição da Conmebol ao Corinthians pela morte do boliviano Kevin Espada, de 14 anos, atingido por um sinalizador disparado pela torcida alvinegra na semana passada, em Oruro, tenha irritado tanto o Timão. Mesmo assim, quatro torcedores, dos nove que conseguiram liminar na Justiça, testemunharam a vitória por 2 a 0 sobre o Millonarios, nesta quarta-feira, no Pacaembu, pela segunda rodada do Grupo 5 da Libertadores.
Deixando de lado as polêmicas, as reclamações do Corinthians e a decisão da Conmebol, o fato é que a morte do jovem boliviano foi lembrada com um minuto de silêncio antes de a bola rolar. E por que não dizer: Kevin Espada foi lembrado durante todos os 90 minutos, a cada toque na bola que era possível ser ouvido de cada canto do estádio, a cada instrução dos técnicos ou ao se perceber o eco das vozes dos radialistas.
De qualquer forma, o Corinthians, mesmo sem a presença maciça da Fiel, foi muito superior ao Millonarios. Venceu facilmente com gols de Paolo Guerrero e Alexandre Pato. A dupla, aliás, fez uma grande partida. Em especial Pato, que muito dificilmente perderá a vaga de titular para Emerson Sheik. Esse último entrou no segundo tempo, mas foi mal. O caminho está aberto para o principal reforço alvinegro.
Pela Libertadores da América, o Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, dia 6 de março, contra o Tijuana, fora de casa. A equipe mexicana lídera o Grupo 5 com seis pontos, enquanto os alvinegros estão em segundo, com quatro. San José-BOL, com um, e o Millonarios, sem ponto, completam a classificação da chave. Pelo Paulistão, o Timão joga no domingo, às 16h, contra o Santos, no estádio do Morumbi, pela décima rodada.

globoesporte

STF decide que lei do piso de professores é válido desde 2011



Decisão vai causar impacto direto na programação orçamentária dos Estados e da União

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira mudar a vigência da lei do piso nacional dos professores da rede pública. Embora tenha sido editada em 2008, ficou definido que a lei só pode ser considerada a partir da data na qual o Supremo confirmou sua legalidade, em abril de 2011. Haverá impacto direto na programação orçamentária dos Estados e da União.
Os ministros atenderam a recursos do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Ceará, que alegaram dificuldades para adaptar as finanças às novas regras. As unidades da federação lembraram que o STF deu liminar em 2008 suspendendo os efeitos da lei. Os Estados passaram a aguardar posicionamento definitivo da Corte antes de alterar os orçamentos. A decisão liminar caiu quando o julgamento foi concluído pelo plenário do STF, três anos depois.
O julgamento de hoje começou com o voto do relator do processo e presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa. Ao negar os recursos, ele entendeu que os Estados estavam usando de artifícios processuais para atrasar a conclusão do julgamento e, consequentemente, não cumprir a lei. Ele alegou que a lei tinha um escalonamento que permitiria a adaptação financeira dos estados ao longo do tempo.
Seguido apenas pelo ministro Luiz Fux, Barbosa acabou mudando de ideia quando a maioria dos ministros acompanhou a divergência aberta pelo ministro Teori Zavascki. Segundo Zavascki, a preocupação trazida pelos Estados faz sentido, uma vez que a lei deixou de produzir efeitos entre 2008 e 2011 e não houve adaptação neste meio tempo.
"As informações que se tem é que os gastos são muito elevados, e em alguns Estados, comprometem seriamente a previsão orçamentária e o atendimento de outras necessidades", observou Zavascki. O ministro Antonio Dias Toffoli não votou porque se declarou impedido. Ele atuava como advogado-geral da União na época do fato e defendia a aplicação imediata da lei nacional.
Terra

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

PRF prende no Sertão, homem com dois carros roubados




João Pessoa, 27/02/2013 - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na manhã desta quarta-feira (27), em Olho D'Água, na região do Sertão paraibano, um homem que estava de posse de dois veículos supostamente roubados.
Equipes da PRF estavam fiscalizando no trecho da rodovia BR-361, nas proximidades do trevo que dá cesso a cidade de Olho D'Água, quando abordaram uma “pick-up” VW Saveiro, que na ocasião o seu condutor teria realizado uma ultrapassagem indevida. Quando conferiam a documentação do veículo, descobriu-se que se tratava de um carro com queixa de roubo/furto em outubro de 2012, no município de Esperança/PB, que fica no Agreste do Estado.
No interior da Saveiro foi encontrada uma chave pertencente a outro veículo, que o condutor afirmara ser de um Ford Fiesta de sua propriedade, e que o mesmo estava estacionado em frente a sua residência, onde o carro foi examinado e os policiais também descobriram que aquele automóvel tinha numeração diferente do que constava no chassi em relação ao número do motor. O Fiesta que estava em poder do acusado tinha sido faturado no estado de Pernambuco e que nunca chegou a ser matriculado no Detran, era clonado com outro semelhante em circulação na cidade de João Pessoa.
A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia Central de Polícia da cidade de Patos.
Inspetor Genésio Vieira
NUCOM-PRF/PB

Prefeita Francisca Motta recebe presidente da Fundação Francisco Mascarenhas




A Prefeita Francisca Motta recebeu na manhã desta quarta-feira, 26 de fevereiro, o diretor presidente da Fundação Francisco Mascarenhas, João Leuson Palmeira Gomes Alves, juntamente com coordenadores de curso, para tratar da ampliação de parcerias.

“A reunião foi para tratar de parcerias entre a Prefeitura Municipal de Patos e a Fundação Francisco Mascarenhas, estreitar relações, encaminhar propostas não apenas de estágios supervisionados, mas, de outras atividades que as Faculdades Integradas de Patos podem oferecer ao Município como contrapartida. Nós precisamos manter um bom relacionamento com o Poder Público Municipal, órgão que representa a nossa cidade, e a faculdade está honrada em ter sido recebida pela Prefeita Francisca Motta e todo o seu corpo de secretários,” destacou João Leuson.

Segundo o diretor da Fundação Francisco Mascarenhas, um convênio será firmado entre as instituições. “O que podemos adiantar é que iremos assinar um convênio guarda-chuva, e posteriormente tratarmos junto aos secretários, um plano de atividades em conjunto, que trará benefícios para a comunidade. É um passo importante dado pela Prefeitura de Patos e as Faculdades Integradas de Patos,” antecipou.

A Prefeita Francisca Motta, que em quase dois meses de gestão já recebeu representantes da UEPB e da UFCG, para a realização de projetos em parceria com o Município, ressaltou a importância das FIP, na potencialização do polo educacional de Patos.

“Recebemos o presidente das Faculdades Integradas de Patos, João Leuson, acompanhado de coordenadores de curso, para firmarmos uma parceria. Sempre elogiei o que representa para Patos a Fundação Francisco Mascarenhas, pois além de estimular a produção científica em nossa cidade, em âmbito educacional, contribui com o desenvolvimento econômico, através da geração de emprego e renda, essa sempre foi essa a minha visão. Iremos procurar mecanismos para que a cada dia, não apenas as FIP, mas o ensino superior da cidade esteja mais próximo da administração pública municipal,” afirmou a Prefeita.

Nayane Rodrigues

Última catequese de Bento XVI


Catequese 
Praça São Pedro
Quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013
Boletim da Santa Sé
Tradução: Jéssica Marçal
Venerados irmãos no Episcopado e no Sacerdócio!
Ilustres Autoridades!
Queridos irmãos e irmãs!
Agradeço-vos por terem vindo em tão grande número para esta minha última Audiência geral.
Obrigado de coração! Estou realmente tocado! E vejo a Igreja viva! E penso que devemos também dizer um obrigado ao Criador pelo tempo belo que nos doa agora ainda no inverno.
Como o apóstolo Paulo no texto bíblico que ouvimos, também eu sinto no meu coração o dever de agradecer sobretudo a Deus, que guia e faz crescer a Igreja, que semeia a sua Palavra e assim alimenta a fé no seu Povo. Neste momento a minha alma se expande para abraçar toda a Igreja espalhada no mundo; e dou graças a Deus pelas “notícias” que nestes anos do ministério petrino pude receber sobre a fé no Senhor Jesus Cristo, e da caridade que circula realmente no Corpo da Igreja e o faz viver no amor, e da esperança que nos abre e nos orienta para a vida em plenitude, rumo à pátria do Céu.
Sinto levar todos na oração, um presente que é aquele de Deus, onde acolho em cada encontro, cada viagem, cada visita pastoral. Tudo e todos acolho na oração para confiá-los ao Senhor: para que tenhamos plena consciência da sua vontade, com toda sabedoria e inteligência espiritual, e para que possamos agir de maneira digna a Ele, ao seu amor, levando frutos em cada boa obra (cfr Col 1,9-10).
Neste momento, há em mim uma grande confiança, porque sei, todos nós sabemos, que a Palavra de verdade do Evangelho é a força da Igreja, é a sua vida. O Evangelho purifica e renova, traz frutos, onde quer que a comunidade de crentes o escuta e acolhe a graça de Deus na verdade e vive na caridade. Esta é a minha confiança, esta é a minha alegria.
Quando, em 19 de abril há quase oito anos, aceitei assumir o ministério petrino, tive a firme certeza que sempre me acompanhou: esta certeza da vida da Igreja, da Palavra de Deus. Naquele momento, como já expressei muitas vezes, as palavras que ressoaram no meu coração foram: Senhor, porque me pedes isto e o que me pede? É um peso grande este que me coloca sobre as costas, mas se Tu lo me pedes, sobre tua palavra lançarei as redes, seguro de que Tu me guiarás, mesmo com todas as minhas fraquezas. E oito anos depois posso dizer que o Senhor me guiou, esteve próximo a mim, pude perceber cotidianamente a sua presença. Foi uma parte do caminho da Igreja que teve momentos de alegria e de luz, mas também momentos não fáceis; senti-me como São Pedro com os Apóstolos na barca no mar da Galileia: o Senhor nos doou tantos dias de sol e de leve brisa, dias no qual a pesca foi abundante; houve momentos também nos quais as águas eram agitadas e o vento contrário, como em toda a história da Igreja, e o Senhor parecia dormir. Mas sempre soube que naquela barca está o Senhor e sempre soube que a barca da Igreja não é minha, não é nossa, mas é Sua. E o Senhor não a deixa afundar; é Ele que a conduz, certamente também através dos homens que escolheu, porque assim quis. Esta foi e é uma certeza, que nada pode ofuscá-la.  E é por isto que hoje o meu coração está cheio de agradecimento a Deus porque não fez nunca faltar a toda a Igreja e também a mim o seu consolo, a sua luz, o seu amor.
Estamos no Ano da Fé, que desejei para reforçar propriamente a nossa fé em Deus em um contexto que parece colocá-Lo sempre mais em segundo plano. Gostaria de convidar todos a renovar a firme confiança no Senhor, a confiar-nos como crianças nos braços de Deus, certo de que aqueles braços nos sustentam sempre e são aquilo que nos permite caminhar a cada dia, mesmo no cansaço. Gostaria que cada um se sentisse amado por aquele Deus que doou o seu Filho por nós e que nos mostrou o seu amor sem limites. Gostaria que cada um sentisse a alegria de ser cristão. Em uma bela oração para recitar-se cotidianamente de manhã se diz: “Adoro-te, meu Deus, e te amo com todo o coração. Agradeço-te por ter me criado, feito cristão…”. Sim, somos contentes pelo dom da fé; é o bem mais precioso, que ninguém pode nos tirar! Agradeçamos ao Senhor por isto todos os dias, com a oração e com uma vida cristã coerente. Deus nos ama, mas espera que nós também o amemos!
Mas não é somente a Deus que quero agradecer neste momento. Um Papa não está sozinho na guia da barca de Pedro, mesmo que seja a sua primeira responsabilidade. Eu nunca me senti sozinho no levar a alegria e o peso do ministério petrino; o Senhor colocou tantas pessoas que, com generosidade e amor a Deus e à Igreja, ajudaram-me e foram próximas a mim. Antes de tudo vós, queridos Cardeais: a vossa sabedoria, os vossos conselhos, a vossa amizade foram preciosos para mim; os meus Colaboradores, a começar pelo meu Secretário de Estado que me acompanhou com fidelidade nestes anos; a Secretaria de Estado e toda a Cúria Romana, como também todos aqueles que, nos vários setores, prestaram o seu serviço à Santa Sé: são muitas faces que não aparecem, permanecem na sombra, mas propriamente no silêncio, na dedicação cotidiana, com espírito de fé e humildade foram para mim um apoio seguro e confiável. Um pensamento especial à Igreja de Roma, a minha Diocese! Não posso esquecer os Irmãos no Episcopado e no Sacerdócio, as pessoas consagradas e todo o Povo de Deus: nas visitas pastorais, nos encontros, nas audiências, nas viagens, sempre percebi grande atenção e profundo afeto; mas também eu quis bem a todos e a cada um, sem distinções, com aquela caridade pastoral que é o coração de cada Pastor, sobretudo do Bispo de Roma, do Sucessor do Apóstolo Pedro. Em cada dia levei cada um de vós na oração, com o coração de pai.
Gostaria que a minha saudação e o meu agradecimento alcançasse todos: o coração de um Papa se expande ao mundo inteiro. E gostaria de expressar a minha gratidão ao Corpo diplomático junto à Santa Sé, que torna presente a grande família das Nações. Aqui penso também em todos aqueles que trabalham para uma boa comunicação, a quem agradeço pelo seu importante serviço.
Neste ponto gostaria de agradecer verdadeiramente de coração todas as numerosas pessoas em todo o mundo, que nas últimas semanas me enviaram sinais comoventes de atenção, de amizade e de oração. Sim, o Papa não está nunca sozinho, agora experimento isso mais uma vez de um modo tão grande que toca o coração. O Papa pertence a todos e tantas pessoas se sentem muito próximas a ele. É verdade que recebo cartas dos grandes do mundo – dos Chefes de Estado, dos Líderes religiosos, de representantes do mundo da cultura, etc. Mas recebo muitas cartas de pessoas simples que me escrevem simplesmente do seu coração e me fazem sentir o seu afeto, que nasce do estar junto com Cristo Jesus, na Igreja. Estas pessoas não me escrevem como se escreve, por exemplo, a um príncipe ou a um grande que não se conhece. Escrevem-me como irmãos e irmãs ou como filhos e filhas, com o sentido de uma ligação familiar muito afetuosa. Aqui pode se tocar com a mão o que é a Igreja – não uma organização, uma associação para fins religiosos ou humanitários, mas um corpo vivo, uma comunhão de irmãos e irmãs no Corpo de Jesus Cristo, que une todos nós. Experimentar a Igreja deste modo e poder quase tocar com as mãos a força da sua verdade e do seu amor é motivo de alegria, em um tempo no qual tantos falam do seu declínio. Mas vejamos como a Igreja é viva hoje!
Nestes últimos meses, senti que as minhas forças estavam diminuindo e pedi a Deus com insistência, na oração, para iluminar-me com a sua luz para fazer-me tomar a decisão mais justa não para o meu bem, mas para o bem da Igreja. Dei este passo na plena consciência da sua gravidade e também inovação, mas com profunda serenidade na alma. Amar a Igreja significa também ter coragem de fazer escolhas difíceis, sofrer, tendo sempre em vista o bem da Igreja e não de si próprio.
Aqui, permitam-me voltar mais uma vez a 19 de abril de 2005. A gravidade da decisão foi propriamente no fato de que daquele momento em diante eu estava empenhado sempre e para sempre no Senhor. Sempre – quem assume o ministério petrino já não tem mais privacidade alguma. Pertence sempre e totalmente a todos, a toda a Igreja. Sua vida vem, por assim dizer, totalmente privada da dimensão privada. Pude experimentar, e o experimento precisamente agora, que se recebe a própria vida quando a doa. Antes disse que muitas pessoas que amam o Senhor amam também o Sucessor de São Pedro e estão afeiçoadas a ele; que o Papa tem verdadeiramente irmãos e irmãs, filhos e filhas em todo o mundo, e que se sente seguro no abraço da vossa comunhão; porque não pertence mais a si mesmo, pertence a todos e todos pertencem a ele.
O “sempre” é também um “para sempre” – não há mais um retornar ao privado. A minha decisão de renunciar ao exercício ativo do ministério não revoga isto. Não retorno à vida privada, a uma vida de viagens, encontros, recepções, conferências, etc. Não abandono a cruz, mas estou de modo novo junto ao Senhor Crucificado. Não carrego mais o poder do ofício para o governo da Igreja, mas no serviço da oração estou, por assim dizer, no recinto de São Pedro. São Bento, cujo nome levo como Papa, será pra mim de grande exemplo nisto. Ele nos mostrou o caminho para uma vida que, ativa ou passiva, pertence totalmente à obra de Deus.
Agradeço a todos e a cada um também pelo respeito e pela compreensão com o qual me acolheram nesta decisão tão importante. Continuarei a acompanhar o caminho da Igreja com a oração e a reflexão, com aquela dedicação ao Senhor e à sua Esposa que busquei viver até agora a cada dia e que quero viver sempre. Peço-vos para lembrarem-se de mim diante de Deus e, sobretudo, para rezar pelo Cardeais, chamados a uma tarefa tão importante, e pelo novo Sucessor do Apóstolo Pedro: o Senhor o acompanhe com a sua luz e a força do seu Espírito.
Invoquemos a materna intercessão da Virgem Maria Mãe de Deus e da Igreja para que acompanhe cada um de nós e toda a comunidade eclesial; a ela nos confiemos, com profunda confiança.
Queridos amigos! Deus guia a sua Igreja, a apoia mesmo e sobretudo nos momentos difíceis. Não percamos nunca esta visão de fé, que é a única verdadeira visão do caminho da Igreja e do mundo. No nosso coração, no coração de cada um de vós, haja sempre a alegre certeza de que o Senhor está ao nosso lado, não nos abandona, está próximo a nós e nos acolhe com o seu amor. Obrigado!
BENTOXVI_assinatura

Arquivo do blog