Compromisso com a verdade dos fatos

Bem-vindo ao blog Garimpando Palavras

sábado, 16 de março de 2013

UAC aprova plano de luta e elege nova Diretoria em seu 8º Congresso Regional




A UAC- União das Associações Comunitárias de Patos e Região realizou seu 8º Congresso Regional nestes dias 15 e 16 (sexta-feira e sábado) em Patos, onde na oportunidade elegeu a nova Diretoria e o Conselho Fiscal que terão um mandato de três anos.

O 8º Congresso teve início na sexta-feira, dia 15 à noite na Associação Comercial de Patos e encerrou neste sábado, 16, tendo contado com a participação de dezenas de lideranças comunitárias de Patos e demais municípios que compõem a base territorial da entidade.

Estiveram presentes os presidentes da FEPAMOC -Federação Paraibana do Movimento Comunitário e CONAM- Confederação Nacional das Associações de Moradores, Fernando Jordão, do presidente da UCES- União de Equipes Sociais de Campina Grande, João Batista e do presidente da UMAC- União Municipal das Associações Comunitárias de João Pessoa e diretor da CONAM, Upiraktan Santos, além de outras lideranças dos movimentos sociais e políticas de Patos.

Foram realizadas várias palestras, sendo a primeira com o tema: Desafios e perspectivas do Movimento Comunitário, que teve como facilitador o sindicalista José Gonçalves. Logo em seguida o tema discutido, Habitação e Interesse Social, teve como facilitadores, João Batista e Upiraktan Santos. Em seguida foi eleita a diretoria e o conselho fiscal da entidade, em chapa única, ficando como presidente José Ilton Oliveira Batista e mais 32 diretores, envolvendo associações rurais e urbanas de Patos, São José do Bonfim, Teixeira, Maturéia, São José de Espinharas, dentre outros. 

Logo após o almoço foram discutidos os temas: Banco de Alimentos e a ampliação dos cadastros, sob responsabilidade dos palestrantes Sebastião, assistente social da Prefeitura e Gilmara, também assistente social do SESC/Patos. Por último foi discutido a importância da participação das Associações e da UAC nos conselhos municipais, que teve como facilitador, Taunay Dantas.

Foi aprovado um plano de lutas da UAC em Patos e demais municípios, iniciando com um seminário sobre a demanda de casas para a população e o cadastro da entidade no Ministério das Cidades, para que possa assumir a construção de casas em toda a sua base territorial.
A nova diretoria já tem reunião marcada para o primeiro sábado de abril em sua sede localizada na Rua José Gomes Alves, 38, 1º Andar, Patos-PB.

agorapatos.com.br


Corpo do ex-diretor do Hospital regional de Patos e da 6ª Gerência Regional de Saúde será velado na Maçonaria




Faleceu na tarde deste sábado no Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa, o médico patoense, ex-diretor do Hospital Regional de Patos e da 6ª Gerência Regional de Saúde, Gutemberg Palmeira, que há anos lutava contra o câncer de próstata. Ele havia sido internado após passar mal em seu apartamento, na capital.

Seu corpo deverá chegar na madrugada deste sábado a Patos, cidade em que será sepultado no período da tarde, no Cemitério São Miguel. Familiares, amigos poderão se despedir dele na Loja Macônica Augusto Simões, onde será velado para visitação.

Natural de Patos, após se formar, Dr. Gutemberg trabalhou alguns anos na Região Amazonas. Em Patos foi diretor da 6ª Gerência Regional de Saúde (antigo 6º Núcleo), diretor do Hospital Regional Dep. Janduhy Carneiro; plantonista da urgência, no serviço de traumatologia e ortopedia; foi médico da família, no PSF de Olho D’Água, tmabém foi médico do III BPM por vários anos.

Projeto Rotary - ENERGISA já injetou 100 mil reais na APAE




O Presidente do Conselho dos Clubes de Rotary da Cidade de Patos, jornalista Damião Lucena, comemora com os demais companheiros que integram a Organização Internacional do Servir na Capital do Sertão, a superação da cifra de R$ 100.000,00 (cem mil reais) destinada a APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Patos, fruto do projeto em Parceria com a ENERGISA, idealizado e celebrado em 2008 que passou, efetivamente, a apresentar resultados concretos no mês de junho daquele ano.

Trata-se de uma ampla campanha de conscientização feita junto aos consumidores da Concessionária de Energia Elétrica da Paraíba para doação mensal, a partir de R$ 2,00 (dois reais), valor que passou a constar no papel de consumo e que é transferido diretamente da empresa para a conta da entidade beneficiada, objetivando a manutenção dos seus trabalhos em prol das pessoas portadoras de necessidades especiais.

O primeiro mês da campanha, após visita in loco pelos voluntários dos clubes aos bairros da cidade para o preenchimento dos formulários, com carros de som e ampla divulgação nas emissoras de rádio, resultou na doação mensal inicial, creditada em 25 de junho de 2008, no valor de R$ 664,00 (seiscentos e sessenta e quatro reais) e ao final do ano o acumulado chegou a R$ 11.871,00 (onze mil, oitocentos e setenta e um reais). Em 2009, saltou para R$ 20.349,00 (vinte mil, trezentos e quarenta e nove reais). Em 2010, foram R$ 20.477,00 (vinte mil, quatrocentos e setenta e sete reais). Já em 2011, chegamos a R$ 20.183,00 (vinte mil, cento e oitenta e três reais) e em 2012, 23.714,00 (vinte e três mil, setecentos e catorze reais). Até dezembro do ano passado foram R$ 96.594,00 (noventa e seis mil, quinhentos e noventa e quatro reais), valor que somado aos dois primeiros meses de 2013, ultrapassa a casa dos R$ 100.000,00 (cem mil reais).

Os Clubes de Rotary da cidade de Patos, ao ponto em que trabalha pela ampliação dos doadores, visando um melhor atendimento desta associação aos excepcionais, não tem qualquer acesso aos recursos que são repassados diretamente a APAE, mas cobra uma prestação de contas relacionada à referida verba e suas respectivas aplicações. Vale salientar, ainda, que a fiscalização cabe a qualquer cidadão já que, por se tratar de uma ONG – Organização Não Governamental, a APAE pertence ao próprio povo que, se por algum acaso tiver alguma dúvida, pode solicitar a prestação de contas junto à diretoria da entidade ou acionar o próprio Ministério Público.            

Aliás, o Rotary tem tido uma participação fundamental no funcionamento da APAE, desde o ano de 2006, quando abraçou o Projeto APAExonante, a partir do lançamento de uma Revista de autoria do jornalista Damião Lucena, sobre a vida da entidade e conseguiu recursos nacionais e internacionais da ordem de R$ 15 mil dólares, empregados em um veículo Ducato (VAN), que passou a fazer o transporte das pessoas portadoras de necessidades especiais, no trajeto casa-escola e vice-versa, além das transferências para outros centros com o objetivo de realizar tratamentos específicos de saúde. Outros projetos no âmbito da doação de cadeiras de rodas também foram levados a efeito beneficiando Patos e outras regiões da Paraíba, sem falar na sua participação na luta em prol da construção da sede própria da entidade, edificada pelo Governo do Estado, em terreno doado pela prefeitura que teve taxas de escrituração bancadas por um dos seus membros.

Por outro lado, o Presidente do Conselho dos Clubes de Rotary de Patos, Damião Lucena, acaba de confirmar com o Governador do Distrito 4.500, companheiro Luiz Mário, a aquisição de um Liquidificador Industrial para a APAE, o qual será entregue durante a Assembleia de Rotaract no próximo mês de maio. Outra novidade, que dará suporte fundamental ao trabalho solidário do Rotary, é o lançamento de um Programa Semanal de Rádio, confiado a Família Rotária de Patos.

Nos próximos dias, os Clubes de Rotary da Cidade de Patos, desenvolverão uma nova etapa visando à ampliação do número de doadores da APAE, através da conta de luz. “Se você tem a felicidade de não precisar da ajuda da APAE, experimente esta felicidade ajudando a APAE a ajudar a quem precisa”.

Fonte: ASCOM - ROTARY

Raposa X ASA: Decisão da Copa do Nordeste neste domingo



O Estádio Governador Ernani Sátiro (Amigão) está pronto para receber a final da Copa do Nordeste 2013 entre Campinense e o time alagoano ASA, que acontece neste domingo (17). Durante toda a semana, a equipe de funcionários da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) se empenhou para deixar a principal praça de esportes de Campina Grande apresentável para sediar o jogo que decidirá o campeão da maior competição regional do Brasil. O público estimado é de aproximadamente 19 mil torcedores. 

O secretário da Juventude, Esporte e Lazer, Tibério Limeira, lembrou que toda a estrutura, que vai desde o estacionamento das delegações, passando pelas arquibancadas, cadeiras, cabines de imprensa e o gramado, teve um tratamento intensificado por parte dos funcionários. "Trata-se de uma partida histórica, pois nenhum outro representante paraibano chegou tão longe numa competição como a Copa do Nordeste. No entanto, a recomendação foi de um trabalho intenso para que o estádio, que é administrado pelo Governo, mostre o quanto é capaz de sediar partidas importantes", disse Tibério. 

Para o gerente operacional do Amigão, Ascânio  Paceli, o torcedor que for ao estádio vai encontra-lo totalmente limpo e com a parte elétrica toda revisada, além de nova pintura na parte externa. "Muita gente ligada ao futebol de todo o país, como autoridades, imprensa e torcedores, vai encontrar o Amigão muito limpo, pintado na parte de fora e de dentro e ainda com novas lâmpadas, que foram substituídas para melhorar a iluminação nas dependências internas. As cabines de imprensa receberam um tratamento especial que é para os jornalistas trabalharem sem que aconteça nenhum tipo de problema", frisou o gerente. 

O jogo entre Campinense e Asa terá início às 16h e para o representante paraibano conseguir levantar a taça de campeão basta um simples empate, já que venceu a primeira partida por 2 a 1, jogando em Alagoas. "A Paraíba toda está de mãos dadas para que o Amigão marque esse dia onde um clube nosso foi campeão de forma inédita", comentou Limeira. 

Reformas - O Estádio Amigão, a exemplo do Almeidão, em João Pessoa, passará por uma grande reforma. Serão investimentos de quase R$ 19 milhões e a ordem de serviço já foi assinada pelo governador Ricardo Coutinho durante um jogo do Campinense válido pela primeira fase da competição nordestina. 

Segurança - Um esquema especial de segurança foi montado para garantir a tranquilidade dos torcedores que assistirão ao jogo entre Campinense e o time alagoano ASA. Serão utilizados 350 policiais militares e 45 homens do Corpo de Bombeiros. Além disso, estarão de plantão aproximadamente 50 policiais civis, entre agentes, delegados e escrivães.     

Segundo o comandante do 2º Batalhão da PM, tenente coronel Souza Neto, o efetivo empregado é oriundo da unidade a qual comanda e dos batalhões de Guarabira e João Pessoa. Além da segurança no estádio, os policiais também farão a escolta dos jogadores do Campinense e do ASA do hotel até o estádio. 

Os Bombeiros também reforçarão as ações preventivas dentro e fora do Amigão. "Teremos cinco viaturas distribuídas pelo campo e na parte externa, cada uma delas equipada para atender diferentes ocorrências: primeiros socorros, salvamentos e até combate a incêndios", adiantou o comandante da corporação, coronel Jair Carneiro. 

Ainda segundo ele, o comandante do 2º Batalhão dos Bombeiros, major Lucas Severiano, coordenará in loco o trabalho das equipes durante a final da Copa do Nordeste.  Todo o esquema de segurança para a partida foi discutido durante reunião realizada na última terça-feira (12), entre autoridades de segurança pública do Estado e o Ministério Público da Paraíba (MPPB), em Campina Grande.  No encontro, ficou decidido ainda que estará proibida a venda e o consumo de bebida alcoólica no Amigão, além do uso de fogos de artifício. 

Ainda funcionarão em regime de plantão a Central de Polícia de Campina Grande, localizada no Bairro do Catolé, em Campina Grande (Fone: 3310-9300) para atender crimes em geral; e a Delegacia de Crimes Contra a Pessoa de Campina Grande para casos de homicídios e a Delegacia de Crimes contra o Patrimônio que vai atender crimes contra o patrimônio de grande vulto, a exemplo de assaltos a bancos. As duas delegacias também funcionam dentro da Central de Polícia.

Secom-PB

UAC faz abertura de seu 8º Congresso Regional em Patos



Representantes de diversas entidades marcam presença


A UAC – União das Associações Comunitária de Patos e Região fez a abertura de seu 8º Congresso Regional ontem, sexta-feira, dia 15, no Auditório da Associação Comercial de Patos e contou com a presença de diversas associações comunitárias do município.

A mesa dos trabalhos foi composta pela presidente da UAC, Elizabete Barreto, como também por Francisca Vasconcelos, presidente da Associação da Mulher de Patos, vereador Fernando Jucá, secretário de Habitação de Patos, Everaldo Lima, presidente da CTB/PB, sindicalista José Gonçalves, vice-prefeito de Patos, Lenildo Morais, representando a prefeita Francisca Motta, o presidente da UCES – União de Equipes Sociais de Campina Grande, João, do presidente da FEPAMOC- Federação Paraibana do Movimento Comunitário, Fernando Jordão, que também representou a CONAM- Confederação Nacional das Associações de Moradores, do representante da Cáritas Brasileira, José Anchieta, do representante da Secretaria de Agricultura, Iere.

Vários membros da mesa fizeram uso da palavra, enfatizando a importância da realização do 8º Congresso da UAC, que completará 19 anos de fundação no próximo dia 1º de maio de 2013.

Em seguida foi prestada uma homenagem a um dos fundadores da UAC, José de Oliveira Pio, que foi o seu primeiro presidente, tendo falecido em dezembro de 1999, no incidente que ocorreu no Hotel Fazenda em Patos.

A esposa, Maria Aparecida, que é presidente da Associação de Moradores do Conjunto Noé Trajano e os dois filhos, estavam presentes, recebendo a homenagem do congresso ao seu primeiro presidente.

O filho de Pio, Jefté que é formado em Educação Física, falou e disse que o maior exemplo recebido do pai foi o caráter, forma de vida que vem seguindo até hoje. O mesmo vem sendo posto em prática pela filha Jésia.

Ao final foi oferecido um coquetel aos presentes e o congresso terá continuidade neste sábado, dia 15, com diversas palestras. Além disso, haverá eleição da Diretoria e do Conselho Fiscal da entidade.

A UAC representa as Associações Comunitárias Urbanas e Rurais de Patos e mais 26 municípios e foi fundada no dia 1º de maio de 1994.

agorapatos.com.br

Assembleia definirá se construção civil entrará em greve




O Sindicato dos Trabalhadores Intermunicipais nas Indústrias da Construção e do Imobiliário de Patos e Região do Estado da Paraíba (Sintrincim) realiza assembléia no próximo dia 21 no Sindicato Rural de Patos, Praça Getúlio Vargas, a partir das 18h.

Na pauta está a avaliação da contraproposta oferecida pelo sindicato patronal. Os trabalhadores vão decidir se aceitam os percentuais oferecidos, aprovam que o Sintrincim volte à mesa de negociação ou ainda parem suas atividades.

O Sindicato já sentou duas vezes à mesa de negociação com o patronato, com intermediação do Ministério do Trabalho e Emprego. Em ambas as audiências as contrapropostas oferecidos pelos patões não chegaram aos percentuais desejados pelos trabalhadores, que são superiores a 12%. Os construtores ofereceram até 8%.

Raimundo Nonato, presidente do Sintrincin, disse que é inadmissível a proposta do patronato paraibano. Segundo ele os trabalhadores da construção civil de estados vizinhos conseguiram o que propunham em termos de remuneração. A assembléia da próxima semana será crucial para as pretensões salariais da categoria.

Espera-se grande número de operários para a reunião do dia 21. Além da discussão em torno do reajuste da categoria, está na pauta a autorização para o desconto da taxa assistencial no valor de 3%.


Marcos Eugênio

Palestra na Escola Cícero Sulpino alerta sobre os riscos do cigarro



A Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba está realizando, ao longo desta semana (de 11 a 15 de março) a Campanha Estadual de Combate ao Tabagismo. Ontem, 15 de março, foi o dia “D” da campanha e, para promover a iniciativa, uma palestra promovida pela Secretaria de Saúde de Quixaba foi feita para alunos do 8º ano da Escola Cícero Sulpino.

O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) um problema de saúde pública global, e se constitui na segunda maior causa de mortes no mundo. Dados recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca) mostram que o número total de mortes provocadas pelo uso do fumo já atingiu cinco milhões anuais, o que corresponde a mais de 10 mil mortes por dia.

A Secretária Adjunta de Saúde do Município, Sandra Maria, palestrou aos jovens da Escola e foi reticente com relação ao cigarro.

“A maioria dos fumantes começam muito cedo, antes dos 15 anos. Por isso temos essa preocupação de palestrarmos principalmente em escolas. Fumar não traz benefícios, não é elegante. É importante alertarmos sobre o risco do cigarro desde cedo, pois muito dos que vêm a falecerem em decorrência do fumo, começam cedo nessa prática”.

Em todo o Estado, mais de 2,5 mil pessoas morrem por ano em decorrência do uso do cigarro. O tabagismo é um dos fatores de risco mais fortes para o aparecimento de câncer na população paraibana e a segunda causa de morte. De 2001 até agora, o câncer foi responsável por mais de 25.200 mortes na Paraíba.

“Como costumo falar aos jovens sempre que palestro sobre o uso do cigarro, ‘Cigarro, corte essa onda’”, concluiu Sandra.
                           
Eduardo Silva

Prefeito e secretários de Quixaba participam de capacitação da CGU




Prefeito Cezar e secretários marcaram presença ao evento
O prefeito do município de Quixaba, Julio Cezar, juntamente com os secretários da Educação, Maria Rozineide de Araújo, Denize Torres Candeia (Administração), Cláudia Macário Lopes (Finanças), José Francisco Segundo (Saúde) e Marcone Macário (Controlador Geral do Município) participaram durante esta semana, de 11 a 14, da capacitação “Fortalecimento da Gestão Pública”, promovida pela Regional/PB da CGU, no Centro Educacional mauro Medeiros, em São José do Sabugi.

Foram trabalhados temas como: Finanças Públicas, prestação de contas, e sistema de controle, licitações, convênios, obras públicas, programas de educação, saúde e assistência social, tudo isso dentro do tema “Desafios da Gestão Pública”.

Técnicos da CGU fizeram ampla explanação sobre os erros nas contas dos municípios detectados pelo TCE, os motivos que levam esse órgão a reprovar os balancetes da administração municipal, como a abertura de créditos adicionais sem autorização da Câmara Municipal; não pagamento do salário mínimo unificado nacional; a não arrecadação das receitas próprias do município como ISS e IRF; não aplicação dos recursos do Fundeb como manda a portaria ministerial.

O equilíbrio receita – despesa foi bastante debatido no encontro, devendo sempre existir o equilíbrio nessa movimentação financeira das contas públicas; a apresentação dos balanços orçamentário, financeiro e patrimonial; problemas que ocorrem com frequência nas licitações e que as orientações repassadas pela CGU são fundamentais para que as gestões não incorram nesses erros.

O prefeito Cezar considerou positiva a capacitação, especialmente por ter sido bastante esclarecedora. “Temos uma equipe muito boa, conhecedores e responsáveis com as finanças municipais, das leis vigentes, mas a qualificação deve ser constante. Todos precisam de atualização naquilo que estão aptos a fazer. Parabenizo a CGU pela iniciativa, que só vem engrandecer e tornar nosso trabalho cada vez mais qualificado, respeitando os tributos dos cidadãos”, comentou o prefeito de Quixaba.


sexta-feira, 15 de março de 2013

Rede, música de ninar, sons da natureza embalam bebês na UTI da Maternidade de Patos


Há bebês que nascem com apenas seis meses de gestação


A rede lembra o espaço intrauterino da mãe

O relaxamento é importante para o bebê gastar menos energia

UTI Neonatal

Vanderzita e Paulo Athayde

Um utensílio que faz parte da indumentária do sertanejo na hora de dormir tornou-se a sensação da UTI neonatal da Maternidade Dr. Peregrino, de Patos. Simulando intra-uterino da mãe, a rede é armada na incubadora, ajudando na diminuição da frequência respiratória e cardíaca do recém-nascido, fazendo com que este gaste menos energia, devido o relaxamento proporcionado e contribuindo para seu desenvolvimento. 

Nem todos os bebês que se encontram em tratamento intensivo podem fazer uso da rede. O método, que vem sendo implantado em diversas maternidades, não é recomendado para àqueles em estado mais grave, que precisam estar ligados a muitos aparelhos, fazendo uso de oxigenioterapia, segundo a pediatra Vanderzita Mazzaro, médica da Maternidade de Patos, que acrescenta que, mesmo recebendo medicação na UTI, os bebês agasalhados em redes estão ali para passar mais tempo e assim ganhar peso. Não podem ser removidos para enfermarias devido ser bastante pequenos. 

O choro, o estresse do bebê é substituído pela tranquilidade, contribuindo para que a criança perca menos energia e passe a ganhar peso, importante para seu desenvolvimento. “As mães, avós aprovaram de imediato a novidade. E ntão aqueles bebês mais irritados, mais chorosos, que ficam muito instáveis, a saturação do oxigênio por vezes dá saturação, nas redes eles ficam mais relaxados e com isso consomem menor energia. Consequentemente acumulam essa energia que se transforma em gordura fazendo-os ganhar mais peso”, enfatiza Mazzaro.

Mas não só a rede é oferecida para que o recém-nascido possa ficar mais tranquilo. A Maternidade utiliza a musicoterapia como elemento terapêutico, destinando uma hora por dia para essa prática. São cantigas de ninar, sons da natureza que embalam o sono das crianças em tratamento. Além da música, o silêncio faz parte da terapia. Uma hora por dia os funcionários falam em tons de voz mais baixos, os alertas sonoros dos equipamentos são colocados em modo silencioso e algumas luzes são desligadas, criando um ambiente propício ao relaxamento.

O diretor técnico da Peregrino Filho, Dr. Paulo Athayde, explica que à medida que o bebê reduz seus gastos energéticos diminui-se o risco à infecções, melhora o sistema imunológico, gasta menos com oxigênio, se diminui custos hospitalares.

A Maternidade Dr. Peregrino Filho referência em alta complexidade para mais de 90 municípios, já recebeu bebês que nasceram com até 23 semanas de gestação, que não conseguiram sobreviver. Atualmente há dos recém-nascidos de 29 semanas, em torno de seis meses.

A equipe médica da Maternidade está discutindo com a direção a implantação de mais dois projetos para ampliar a assistência à saúde de mães e bebês. Um deles trata da educação em saúde junto às mães que possuem filhos na UTI, para que aprendam a lidar com eles, os cuidados, promover o aleitamento materno, além de lazer, relaxamento com elas. Da equipe deverão participar médicos, enfermeiras, fisioterapeuta, nutricionista, fonoaudióloga, enfim, toda a equipe do Hospital, Amigo da Criança, mantido pelo Governo do Estado e administrado pelo Instituto Social Fibra. 

Outro projeto, em análise, visa trabalhar melhor o pré-natal, para que as mulheres possam ter uma gestação mais tranquila e com menos riscos. A ideia, segundo Vanderzita, é fazer uma ponte com todas as mulheres assistidas nas suas respectivas unidades de saúde de Patos e região, para que visitem a Maternidade, se insiram na rotina da Peregrino Filho, conheçam os procedimentos, participem de palestras, e assim desmistifiquem  os medos, as inseguranças do atendimento hospitalar num momento de profundas mudanças físicas e emocionais que ela vive.

Paulo Athayde diz que o primeiro passo para a consolidação desse projeto foi dado pela Maternidade mês passado, ao oferecer uma capacitação para profissionais de saúde do PSF da regional Patos, com ênfase em pré-natal de baixo risco e humanização no atendimento, destinado especialmente ao pessoal da enfermagem. 

“Nos próximos dias o Governo do Estado e o Instituto Fibra vão capacitar médicos do PSF da regional Patos em pré-natal de alto risco. E daqui a uns quinze dias estaremos abrindo nosso ambulatório de alto risco. A gente quer fazer aquele algo mais. Tecnologia de UTI qualquer hospital pode ter,  mas queremos fazer o diferencial, que é preparar a paciente antes dela entrar na Maternidade e quando ela chegar ser bem acolhida da melhor maneira possível  e que ganhe algum conhecimento que esteja agregado ao filho dela, a qual possa também desfrutar de algum lazer no período que estiver acompanhando seus bebês”, explicou Athayde. Nesse processo é importante a parceria com os municípios.

Resistência – Mesmo encontrando resistência de alguns gestores municipais de saúde da região de Patos, o diretor clínico da Peregrino Filho diz que o trabalho em busca de melhorias para a saúde da mulher e da criança será constante. “Acho que não há conflitos de interesses. Acredito que todos nós queremos o melhor para a saúde da população e por isso vamos buscar os municípios para ampliarmos, melhorarmos nossos serviços à sociedade”, completou Paulo Athayde.


Marcos Eugênio (8802-9016)
DRT 1.178

Prefeitos paraibanos são orientados sobre lei que beneficia pequenos negócios



Sebrae e Tribunal de Contas do Estado promovem encontro com gestores públicos a partir desta segunda-feira (18)

            O Sebrae e o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba irão reunir os prefeitos dos municípios paraibanos para discutir a legislação que beneficia os pequenos negócios, entre os dias 18 e 22 de março. A chamada Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (Lei 123/2006) incentiva o empreendedorismo, favorece a participação das MPE nas licitações públicas, facilita a formalização de trabalhadores por conta própria e estimula o associativismo e exportações. Na Paraíba, dos 223 municípios, apenas 15 implementaram a Lei Geral, mas 122 regulamentaram a legislação.

            Durante o encontro, os gestores municipais serão orientados sobre os benefícios dessa lei para a administração pública, para os pequenos empresários e para o desenvolvimento local. “A regulamentação da Lei Geral colabora para o fortalecimento das micro e pequenas empresas, promovendo o desenvolvimento econômico e social das cidades, garantindo uma série de benefícios, como a desoneração da carga tributária e a desburocratização dos processos”, ressaltou o superintendente do Sebrae Paraíba, Júlio Rafael.

O encontro será realizado na sede do TCE-PB, em João Pessoa, das 8h15 às 17h. Para otimizar o diálogo com os gestores, a Paraíba foi dividida em quatro polos municipais. Cada um deles participará da ação em um dia específico. No dia 18, participam os gestores dos municípios polarizados por João Pessoa, no dia 19, por Campina Grande, dia 21 por Patos e dia 22, por Cajazeiras.

Durante o evento, serão discutidos os temas: Transparência Pública e Lei de Acesso à Informação; Resoluções Normativas; Apresentação Sagres Captura 2013; Apresentação dos Objetivos do Milênio; Os Desafios do Desenvolvimento na Perspectiva dos Municípios e dos Pequenos Negócios; As Compras Governamentais como Política Indutora de Desenvolvimento Local; além de palestras de representantes do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

O Encontro “Tribunal de Contas e o Desenvolvimento Local” é uma iniciativa nacional do Sebrae, Associação dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) e o Instituto Rui Barbosa. Na maioria dos estados, o evento foi realizado simultaneamente na última quarta-feira (13).

SERVIÇO
Encontro “Tribunal de Contas e o Desenvolvimento Local”
Público-alvo: Gestores públicos municipais
Período: 18, 19, 21 e 22 de março de 2013
Local: Plenário Ministro João Agripino Filho, TCE-PB (João Pessoa/PB)

Programação
8h30 - Abertura
9h00 - Transparência Pública e Lei de Acesso à Informação

9h30 - Resoluções Normativas
10h30 - Apresentação Sagres Captura 2013 
11h30 - Prestação de Contas Anual do exercício de 2012
12h - INTERVALO
14h - Apresentação dos Objetivos do Milênio

14h30 - Os Desafios do Desenvolvimento na Perspectiva dos Municípios e dos Pequenos Negócios 
15h – Palestra Caixa Econômica Federal 
15h30 - INTERVALO
16h - Palestra Banco Brasil 
16h30 - As Compras Governamentais como Política Indutora de Desenvolvimento Local

17h - ENCERRAMENTO

UNIDADE DE COMUNICAÇÃO E MARKETING
SEBRAE PARAÍBA

15 de Março - Dia Estadual Antifumo




A Vigilância Sanitária em comemoração ao 15 de março, dia em que se comemora o dia estadual “Anti Tabagismo“, participa junto com a Secretaria de Saúde da Semana de Saúde nas Escolas 2013, lançado pelo Ministério da Saúde e da Educação.
 
Segundo o Coordenador da Vigilância Sanitária, Petrônio Gouveia, as palestras estão sendo realizadas nas escolas públicas do município, tendo como público alvo os alunos do ensino fundamental com idade entre 12 e 15 anos. “É nessa faixa etária que acontece o primeiro trago, por incentivo ou curiosidade, e estamos fazendo a prevenção, conscientizando essas crianças e adolescentes de que o cigarro não traz nada de bom, não é nada bonito ou charmoso, ao contrário, pretendemos que o jovem de hoje seja o cidadão não fumante de amanhã. O cigarro possui muitas substâncias que prejudicam o nosso sistema nervoso e causam danos irreparáveis ao físico”, analisou Petrônio Gouveia.
 
A cidade de Patos foi o primeiro município brasileiro a instituir a lei municipal antifumo, lei de n° 3.597/2007, sancionada no dia 27 de julho de 2007, que estabelece o Dia Municipal de Combate ao Fumo em Ambientes Fechados.
 
Durante todo o dia de hoje, a equipe da Vigilância Sanitária está realizando a sinalização nos estabelecimentos pela cidade. São adesivos que identificam os ambientes nos quais é proibido fumar.
 
Fumantes Passivos
 
A fumaça exalada por cigarros ou qualquer produto que seja derivado do tabaco é denominada poluição tabagística ambiental (PTA). Por ser extremamente tóxica, a inalação dessa fumaça por pessoas não fumantes é chamada de tabagismo passivo ou fumo passivo.
 
A adoção de ambientes livres do fumo é o único modo de proteger a população das doenças causadas pela PTA, já que ficou comprovado que não existem níveis seguros de absorção da fumaça de cigarros.
 
De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), aproximadamente dois bilhões de pessoas são vítimas do fumo passivo no mundo, sendo que destas, 700 milhões são crianças, que sofrem com maior incidência de bronquites, pneumonia e infecções de ouvido, entre outras doenças. No Brasil, as crianças são 40% das vítimas do fumo passivo.

Gilclécio Lucena

Sebrae irá investir R$6,5 milhões em soluções inovadoras nas micro e pequenas empresas



Técnicos do Sebrae e Senai se reuniram em Campina Grande para traçar estratégias de estímulo ao uso de práticas de inovação

Cerca de 2 mil empresas paraibanas terão acesso a soluções de inovação e tecnologia, através do programa SebraeTec, neste ano de 2013. O programa do Sebrae, que subsidia a implantação dessas soluções através de uma consultoria, irá investir no Estado, este ano, R$ 6,5 milhões. As alternativas oferecidas às empresas variam de acordo com seu perfil e envolvem design, gestão, informatização, certificação, dentre outros.

            Essas ações de desenvolvimento para as empresas foram discutidas no início desta semana, durante a 1ª Reunião Gerencial do Senai e Sebrae, em Campina Grande. Além do Sebraetec, o programa Agentes Locais de Inovação (ALI) e outros projetos oferecem capacitação e consultoria nessas áreas.

“Pretendemos estimular o uso de tecnologias nas empresas como uma prática que resulte em algo inovador”, disse o gerente da Unidade de Acesso a Inovação e Tecnologia do Sebrae Paraíba, Fernando Ronaldo Araújo. Ele aconselha aos empresários o aperfeiçoamento de processos e produtos para o crescimento de seu empreendimento.

O diretor técnico do Sebrae Paraíba, Luiz Alberto Amorim, destacou a importância da parceria com o Senai para se reestruturar uma metodologia de trabalho em conjunto. “Nós temos que aprender a olhar o desenvolvimento de forma integrada. Quais são as nossas fragilidades econômicas? Sempre procuramos por essa resposta e buscamos melhorar a competitividade das empresas”, falou.

A diretora regional do Senai, Maria Gricélia Pinheiro de Melo, frisou que essas ações em parceria promovem o desenvolvimento do Estado. Os técnicos do Sebrae e Senai, além de se reunirem no Centro de Inovação e Tecnologia Industrial (CITI), em Campina Grande, visitaram os Centros Tecnológicos de Moda, Minerais, Mecânica e Construção Civil. O grupo foi ainda ao CTCC Albano Franco e ao Centro de Formação Profissional Stênio Lopes.

Sebraetec – Em 2012, o programa prestou consultoria a 1,8 mil empresas na Paraíba. Com esses números, a Paraíba foi o Estado do Norte e Nordeste do país que mais captou recursos no programa Sebraetec e investiu em ideias inovadoras. Este ano, a meta é ultrapassar os dois mil empreendedores atendidos.

“Ter um bom design, por exemplo, é uma das dicas que damos aos empreendedores. Informatização, seja para implantar sistemas ou para desenvolver o e-commerce num site, pode ser outra solução de inovação. Até a implementação do programa alimento seguro pode ser inovador”, explicou Fernando.


Assessoria

Dilma promulga lei que muda distribuição dos royalties do petróleo



A presidente Dilma Rousseff promulgou a Lei dos Royalties, que altera a distribuição dos recursos gerados pela exploração do petróleo de áreas já licitadas.
A promulgação sai publicada no "Diário Oficial" desta sexta-feira (15). Estados produtores de petróleo como Rio, São Paulo e Espírito Santo esperam apenas a promulgação da lei para questioná-la no Supremo Tribunal Federal.
Alegando ser inconstitucional por alterar contratos já firmados, a própria presidente Dilma Rousseff havia vetado vários dispositivos da nova lei, entre eles o que redistribui os recursos entre produtores e não produtores de petróleo de áreas já em exploração.
A Lei dos Royalties, contudo, dividiu o Congresso entre representantes de Estados e municípios produtores e não produtores.
Depois de derrubar 142 vetos presidenciais, o Congresso enviou o texto de volta ao Palácio do Planalto nesta quinta-feira (14), por volta de 11h.
Dilma tinha 48 horas úteis para promulgar a Lei dos Royalties. O prazo venceria na próxima segunda-feira, segundo a Secretaria de Relações Institucionais da Presidência.
Mas a presidente, que já havia dito que respeitaria a vontade do Congresso, decidiu assinar o texto nesta quinta.
Os royalties são um percentual do lucro obtido pelas empresas e pagos ao Estado como forma de compensação pelo uso de recurso natural.
Pela regra atual, os grandes Estados produtores ficam com 26,25% dos royalties. Os não produtores recebem apenas 1,76%.
Com a esperada derrubada do veto, o Congresso retomará o texto original que prevê uma redução na parcela de Estados produtores de 20% da arrecadação.
O governo se concentra agora em aprovar uma Medida Provisória que destina 100% dos royalties para a educação.
 
Folha Online

Botafogo só empata com o Sousa na Graça


 Pela segunda rodada do segundo turno, o Botafogo-PB recebeu o Sousa no Estádio da Graça, em João Pessoa. Na partida desta noite de quinta-feira (14), o Belo e o Dinossauro empataram em 1 a 1. Com o resultado, o Alvinegro fica em quinto lugar, com apenas um ponto. Já os visitantes estão na vice-liderança, com quatro pontos.
O primeiro tempo começou com gol relâmpago. Com 40 segundos de jogo, o Belo abriu o placar na capital. Maxuell mandou a bola de cabeça para o canto da rede. Contudo, o Sousa foi à luta e, aos 13 minutos, empatou a partida. Na cobrança de falta, Luciano Fonseca chutou fraco, mas a bola entrou na trave.
O jogo ficou bastante equilibrado. Ambos os times marcaram muito forte, erraram passes no meio do campo e as jogadas ofensivas quase não aconteceram. O Botafogo ficou mais com a posse de bola, mas não transformou essa superioridade em perigo ao gol do Sousa.
Na volta do intervalo, os dois times seguiram com uma partida equilibrada. O segundo tempo teve todas as substituições, além cinco cartões amarelos para Doda e André Lima, do Botafogo, e, Aderaldo, Paraná e Israel, do Sousa.
Aos 46 minutos, Genivaldo caiu no campo com fortes dores no pé direito. O goleiro tirou a chuteira e foi atendido no gramado. Porém, ele continuou no jogo. E cinco minutos depois, o jogo foi finalizado.
Na próxima rodada, o Botafogo irá enfrentar o Campinense, no Amigão, mas devido a Copa do Nordeste, a partida só acontecerá no dia 03 de abril. Já o Sousa receberá o CSP, no Marizão, no próximo domingo (17).
Da Redação com wscom

Obras da Transposição paradas





A obra da transposição do Rio São Francisco continua parada. Não há previsão para recomeço das obras, pois todo mês o ministro Fernando Bezerra diz que vai recomeçar, mais nada acontece. 
Os moradores atingidos ou que moram perto do canal estão desiludidos. Eles não acreditam mais na conclusão da obra num futuro próximo e lançam muitas dúvidas a respeito do termino da mesma. pois cada vez que são visitas perguntam: serà que vai recomeçar e terminar esta obra? serà que esta àgua chegarà mesmo?
       
Algumas fotos mostram a situaçâo de partes do canal no eixo leste entre os municipios de Floresta e Betânia -PE.
Padre Sebastião Gonçalves

quinta-feira, 14 de março de 2013

Hospital Infantil oferece capacitação a funcionários








Funcionários do Hospital Infantil Noaldo Leite, de Patos, participam até esta sexta-feira 15 de uma capacitação, “Humanizando o atendimento”. O evento ocorre no auditório do Sebrae no período da tarde. Na abertura, nesta quinta-feira 14, o diretor Érico Djan deu boas-vindas aos presentes e falou da importância desse momento para que o Infantil consiga ampliar a humanização preconizada pelo SUS, a partir de um melhor relacionamento entre os funcionários e desses com o público externo.

O gerente regional de Saúde, José Leudo de Farias, falou da responsabilidade, compromisso que cada um deve colocar em prática, sendo acolhedor, sensível a quem chega ao hospital em busca de socorro, no alívio para sua dor, uma atitude que deve ser compartilhada por todos.
A facilitadora da capacitação, a psicóloga Edézia Almeida disse que quando há maior respeito, satisfação no trabalho, humor, autoestima elevado, consequentemente isso contribuirá para todo o processo de melhoramento do paciente. “Isso é muito significativo para o processo de acolhimento do paciente que busca os serviços do Hospital Noaldo Neite”, enfatizou Edézia. 

Mais de mil pessoas já foram beneficiadas pelo Cerppod este ano



 
Nos primeiros três meses de 2013, o Centro de Referência para Pessoas Portadoras de Deficiências do Município de Patos – Cerppod, já realizou 1.031 (mil e trinta e um) atendimentos.

Esse serviço, prestado pela Prefeitura de Patos, através da Secretaria de Saúde do Município, atende as famílias carentes que são atendidas pelos postos do Programa Saúde da Família – PSF. “Primeiro o paciente é atendido no posto do PSF, onde o médico emite a solicitação de encaminhamento para uma das especialidades que dispomos. Depois, ele vai a Secretaria de Saúde para requerer a autorização para que ele seja atendido aqui no Cerppod”, explicou a diretora do Centro, Mariana Pimentel Leitão.

De acordo com a dirigente, o atendimento é feito de segunda à sexta-feira, pela manhã e à tarde. A equipe de profissionais é formada por dez fisioterapeutas, três fonoaudiólogos, dois psicólogos, dois enfermeiros, dois ortopedistas e dois assistentes sociais.

Mariana Pimentel informou que no Cerppod é feita uma triagem, através de entrevistas, para que o tratamento seja encaminhado. Caso o paciente precise de mais algumas inserções, a diretora disse que ele volta à Unidade de Saúde para conversar com o médico e passa por uma reavaliação para que seja emitida uma nova solicitação. “A continuação do tratamento depende de orientação médica”, completou. 

A paciente Maria Rocha disse que está sendo atendida pela segunda vez na área de fisioterapia e que o serviço tem dado a oportunidade de pessoas mais carentes terem acesso aos tratamentos que são mais caros. “O valor do trabalho da equipe do Cerppod é inquestionável”, refletiu.


Gilclécio Lucena

Arquivo do blog