Compromisso com a verdade dos fatos

Bem-vindo ao blog Garimpando Palavras

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

FUNES se confraterniza com imprensa patoense








A FUNES - Fundação Ernani Sátyro realizou na manhã desta sexta-feira 20 seu tradicional café com a imprensa, um momento de agradecimento, segundo seu presidente José Lacerda, pela parceria existente entre as partes. Profissionais de diversos meios de comunicação participaram do encontro para colocar o papo em dia.

José Lacerda, antes do sorteio de brindes, fez uma explanação sobre o papel da FUNES e enalteceu o trabalho da imprensa na missão de contribuir, juntamente com a instituição, em levar cultura ao povo.

Destacou também a recente conquista da Fundação, uma série de instrumentos musicais, a exemplo de um piano, entregue pelo Governo do Estado pelo Programa de Inclusão Através da Música e das Artes (Prima).


O presidente da AISP – Associação de Imprensa do Sertão Paraibano, Mário Frade, agradeceu as palavras de José Lacerda e falou do compromisso da imprensa patoense de manter viva essa parceria, onde quem sai ganhando é a sociedade, pelo acesso à cultura, à informação.

Operação Rodovida: PRF inicia operação integrada de fim de ano na Paraíba

Começou na última sexta-feira (13) em todo País, a  terceira edição  da  "Operação Rodovida" do Governo Federal.

            A Operação Rodovida que agrega o Ministério da Justiça, através da Polícia Rodoviária Federal (PRF), aos Ministérios da Cidade, Saúde e Transporte é o eixo operacional do Plano Nacional de Redução de Violência no Trânsito criado pelo Governo Federal, o qual é chamado de "Pacto pela Vida" e, tem a finalidade de diminuir a gravidade dos acidentes de trânsito, onde cujas ações integradas irão atender as diretrizes da Organização das Nações Unidas - ONU, que estabeleceu a Década Mundial de Segurança Viária o período 2011/2020, quando a meta será de reduzir em 50% o número de mortos e feridos em decorrência de acidentes de trânsito.

            Na Operação Rodovida também estão incluídas duas operações da PRF, sendo que a primeira etapa, a "Operação Fim de Ano e Férias" que começou no dia 13 de dezembro de 2013 e segue até o dia 31 de janeiro de 2014. Em seguida será a "Operação Carnaval", que começa no dia 21 de fevereiro e termina no dia 9 de março de 2014.

            Na Paraíba os órgãos que integram a Operação Rodovida são  a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário - BPTRAN, Polícia Civil, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU, Departamento de Estradas de Rodagem do Estado da Paraíba - DER-PB e as Secretarias Executivas de Mobilidade Urbana - SEMOB de João Pessoa e Cabedelo, além da própria Polícia Rodoviária Federal. A Operação  será focada nos quesitos: álcool e direção, condução de motocicletas, ultrapassagem indevida e excesso de velocidade nos três pontos considerados críticos localizados em trechos da Região Metropolitana de João Pessoa, na rodovia BR-230, onde o  movimentação de veículos é intenso, principalmente no período festivo e de férias. A PRF ainda vai intensificar a fiscalização em mais dois trechos da rodovia BR-230: entre os kms 150 a 160, na Alça Sudoeste, Campina Grande e entre os kms 327 a 337 no município de Patos, Região do Sertão.

            A Operação será realizada com comandos (blitz) simultâneos com todos os Órgãos envolvidos nestes pontos críticos que vão do km 10 ao km 40 da BR-230, das proximidades da Mata da AMEM até o Município de Santa Rita. São 30 quilômetros de rodovias estabelecidos como prioritários pelo Governo Federal, pois o referido trecho, com base nos registros da PRF durante o ano de 2012, é responsável por 38 %  dos acidentes, consequentemente, 30 % da quantidade de feridos e 8,5 % de mortos,  do total de ocorrências de acidentes registradas em todas rodovias federais que cortam o estado da Paraíba.

Parcial da Operação:

            Desde da última sexta-feira (13) até a meia noite de ontem, quinta-feira (19), a PRF na Paraíba vem registrando 94 acidentes, com 67 feridos e quatro mortos. Também no mesmo período já foram fiscalizados 2.897 veículos, lavrados 594 autos de infração de trânsito, 54 veículos ficaram retidos para regularização, uma motocicleta com queixa de roubo recuperada e, dos 451 testes de alcoolemia realizados, 18 motoristas foram reprovados e nove conduzidos para Delegacia de Polícia.

            Além dos nove motoristas que foram presos por embriaguez ao volante, outras 16 pessoas também foram encaminhadas para Delegacia de Polícia. Sendo, 11 por crimes diversos de trânsito, três por posse de drogas (pequena quantidade), uma por roubo de veículo e outra por lesão corporal a terceiros.

Algumas dicas para um trânsito seguro:

            O ato de dirigir requer atenção e alguns cuidados para a segurança no trânsito. A melhor opção de dirigir é usar a forma defensiva, mantendo sempre uma distância considerada segura do veiculo que segue a frente, bem como, observando e respeitando a sinalização, os limites de velocidade e não fazer uso de bebida alcoólica ou qualquer outra substância tóxica.

            Bom lembrar que todos os ocupantes do veículo são obrigados a usar o cinto de segurança. Crianças até 10 anos de idade, devem ser transportadas no assento traseiro do veículo, inclusive utilizando os dispositivos de segurança, como  o bebê conforto, a cadeirinha e o assento de elevação conforme o caso. Ou seja, de 0 a 1 ano no bebê conforto, de 4 a 7 anos, na cadeirinha e de 7 a 10 no assento de elevação se necessário.

            Antes de pegar a estrada o motorista deve conferir os documentos pessoais e do veículo. Além de fazer uma pequena revisão no seu automóvel ou motocicleta, observando as condições do emborrachado dos pneus e raios se for motocicleta, bem como verificar os sistemas elétricos (iluminação), freios e suspensão e também não esquecer de visualizar os níveis de água e óleo do veículo.

            Durante a viagem é recomendável fazer uma parada de 15minutos para descanso a cada 2 horas de direção e fazer refeições com alimentos de baixas calorias que não causem fadiga. No caso de chuva a orientação é parar fora da rodovia, em local seguro e que não seja debaixo de árvores e de fiação elétrica.

            Os motociclistas são obrigados a usar o capacete com viseira. Usar roupas e calçados adequados e sempre transitar em sua mão de direção de direção inclusive evitando os pontos cegos dos automóveis, não fazer ultrapassagem pelo lado direito e nem usar o centro da pista como via preferencial entre os demais veículos em movimento.

José Genésio Pereira Vieira
Assessoria PRF - NUCOM/PB

Prefeito tem três contas reprovadas na mesma sessão do TCE

O Tribunal de Contas da Paraíba, reunido extraordinariamente nesta quinta-feira (19), emitiu parecer contrário à aprovação das contas de 2010, 2011 e 2012 do prefeito de São José da Lagoa Tapada, Evilásio Formiga Lucena Neto, a quem impôs débitos que somaram, nos dois primeiros exercícios, cerca de R$ 97 mil, em razão, notadamente, de empréstimos consignados em folhas de pagamento sem comprovação do recebimento por servidores municipais. 

O problema de maior gravidade com o exercício de 2012 residiu no descumprimento de obrigações patronais com o Instituto Próprio de Previdência de São José da Lagoa Tapada. Os votos do relator dos três processos André Carlo Torres Pontes sofreram a divergência do conselheiro Fernando Catão nos casos dos exercícios de 2010 e 2012 do prefeito do município, que ainda pode recorrer das três decisões. 

Aplicações insuficientes em Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (MDE), não recolhimento de contribuições previdenciárias e despesas sem licitação acarretaram a reprovação das contas de 2011 do ex-prefeito de Juru, José Orlando Teotônio.

Desaprovadas na sessão anterior, por falhas que incluíram restos a pagar e não recolhimento de contribuições previdenciárias, as contas oriundas do município de Malta foram do ex-prefeito Ajácio Gomes Wanderley e não do prefeito Manoel Benedito de Lucena Filho, como inicialmente informado.

O prefeito de Santa Cruz, Raimundo Antonio Batista, respondeu por restos a pagar e teve desaprovadas as contas de 2012. Para estes casos também cabem recursos.

Houve aprovação às contas anuais do prefeito de São José de Princesa (Luís Ferreira de Morais, 2011) e às dos ex-prefeitos de Campina Grande (Veneziano Vital do Rego Segundo Neto, 2011), Aparecida (Deusimar Pires Ferreira, 2012), Vieirópolis (Marcos Pereira de Oliveira, 2012), Sobrado (Célia Maria de Oliveira Melo, 2012) e Mato Grosso (Katsonara Soares de Andrade, 2012). 

O TCE negou provimento a recurso com o qual a União Brasileira de Apoio aos Municípios pedia a revogação, até o julgamento do mérito do processo, da medida cautelar suspensiva da contribuição de 132 Prefeituras, nos termos do voto do relator André Carlo Torres Pontes aprovado na sessão plenária do último dia 10. 

Os processos constantes da pauta de julgamentos representaram movimentação de recursos da ordem de R$ 646.102.384,16. Participaram da sessão plenária, conduzida pelo presidente Fábio Nogueira, os conselheiros Umberto Porto, Arnóbio Viana, Fernando Catão, Nominando Diniz e André Carlo Torres Pontes. Ainda, os auditores Antonio Cláudio Silva Santos, Marcos Costa e Renato Sérgio Santiago Melo. O Ministério Público esteve representado pela procuradora Elvira Samara Pereira de Oliveira.

Ascom



Governo paga 14º e 15º salários para 16,3 mil professores e servidores


O Governo do Estado inicia nesta sexta-feira (20) o pagamento dos 14º e 15º salários para os 16.360 professores e servidores da educaçãoselecionados nos prêmios Mestre da Educação e Escola de Valor. Na manhã desta quinta-feira (19), o governador Ricardo Coutinho entregou, durante solenidade no Espaço Gospel, os prêmios aos 2.834 professores que tiveram projetos aprovados e às 282 escolas selecionadas no prêmio Escola de Valor por apresentarem melhoras nos índices de qualidade de ensino.
 
Este ano foram investidos cerca de R$ 25 milhões nos prêmios que vão beneficiar 16.360 servidores e os alunos da rede estadual de ensino. O valor supera os investimentos em 2012, que foram de R$ 20,8 milhões e em 2011, R$ 4,8 milhões. Ao lado do vice-governador Rômulo Gouveia e da secretária de Educação, Márcia Lucena, o governador também entregou 850 netbooks aos professores que participaram do projeto Educador Digital 2013 e lançou dois livros da edição 2012 sobre as experiências apresentadas nos prêmios Escola de Valor e Mestres da Educação.
 
Ricardo Coutinho afirmou que a Paraíba é o único estado do país a criar uma metodologia nas escolas envolvendo todos os professores, funcionários e alunos em projetos pedagógicos e que premiam com o 14º e o 15º salários. “Esses projetos são avaliados por uma comissão da UEPB com objetivo de melhorar a capacidade do aluno na aprendizagem e a critérios que devem ser atingidos pelas escolas. Esse é um esforço fundamental que beneficia tanto os educadores, com o 14º e um 15º salário, mas principalmente os alunos, que poderão estudar em escolas melhores que estão avançando na redução da evasão escolar e do analfabetismo e com uma melhor qualidade no ensino”, destacou.
 
O governador ressaltou ainda que 1.481 professores estão sendo contemplados com o 15º salário por terem seus projetos aprovados e por suas escolas também terem sido aprovadas no prêmio Escola de Valor. “No ano passado, foram 1.105 pessoas que receberam o 14º salário e este ano 2.834. É um projeto ousado em que o Governo do Estado está investindo este ano R$ 25 milhões, o que representa R$ 4 milhões a mais do que no ano passado. Só queremos que professores e funcionários continuem se esforçando para que ano após ano possamos melhorar o nível da nossa educação”, conclamou.
 
Na avaliação do governador Ricardo Coutinho, com o processo de mudança de mentalidade na educação os resultados estão sendo obtidos de forma mais rápida do que esperava, como a redução do analfabetismo e aprovação em avaliações internacionais, como a realizada em 165 países, na qual a Paraíba obteve o primeiro lugar do Nordeste em índices de leitura, matemática e redação e o 9º lugar do Brasil, melhorando sua posição que em 2010 era o 13º lugar. “Esse é um estímulo muito grande para fazermos de 2014 um ano de avanço e consolidação do projeto Paraíba Faz Educação formado por 33 programas educacionais. Eu tenho uma convicção na minha vida: Só promoveremos o desenvolvimento e a verdadeira democracia quando proporcionamos aos filhos do povo igualdade de oportunidades. E isto só acontecerá com um ensino de qualidade”, declarou.
 
O vice-governador Rômulo Gouveia agradeceu aos professores e servidores da educação por acreditarem no projeto educacional implementado pelo Estado e que tem feito a educação do Estado avançar. “Esse governo trata a educação como prioridade com a redução da evasão escolar, da taxa de analfabetismo e numa educação de mais qualidade para os nossos jovens”, afirmou.
 
A secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena, ressaltou que os prêmios destacam o mérito dos projetos que foram selecionados de acordo com as normas estabelecidas. “Nós conhecemos muitas escolas de valor que não estão sendo premiadas hoje, mas essa avaliação não é feita pelo meu reconhecimento ou pelo reconhecimento do governador. Temos critérios que cada vez mais se aproximam da realidade da escola construindo uma mão única, de maneira a colocar a Educação para frente, para o futuro na busca da cidadania”, disse.
 
De acordo com Márcia Lucena, os prêmios incentivam o educador a se refazer e evoluir a cada momento para que atenda as mudanças da atualidade. “A ideia dos projetos é o envolvimento de todos da escola, não é para premiar grupos, mas os que fazem uma gestão compartilhada e que compreendam que o nosso desafio é a participação de todos. Com a instituição dos prêmios estamos provocando uma nova dinâmica na escola e isso é perceptível pelos educadores, tendo em vista a evolução no número de inscrições nos três anos seguidos”, enfatizou.
 
O professor Teodulino Mangueira, da Escola Estadual Bernardino José Batista, em Triunfo, aprovou pelo segundo ano consecutivo o projeto pedagógico. Este ano foi aprovado o projeto “Em que espelho ficou minha face: construção da identidade juvenil”, que também vai render para o educador um 14º salário. “Esse prêmio é um incentivo para nós professores continuarmos desenvolvendo bons trabalhos dentro das escolas do Estado e melhorar a qualidade do ensino e aprendizagem. Já temos como comprovar essa melhoria através do envolvimento dos alunos e que gera a melhoria nas notas e redução da evasão”, observou.
 
A professora Maria Salete Diniz, da escola Rio Branco, em Patos, também não se conteve de alegria ao ter aprovado o seu projeto sobre curiosidades históricas da Paraíba. Ela afirmou que os projetos servem como incentivo e valorização que o Governo do Estado empreende na melhoria da nossa educação. “O governador acerta em reconhecer e incentivar as boas práticas educacionais na Escola e não tenho dúvida que estamos formando jovens mais preparados e mais cidadãos”, completou a educadora.
 
O aluno Luiz Miltinho, da escola José Lins do Rêgo, em João Pessoa, disse que esse prêmio representa um grande passo da educação, pois incentiva os professores a desenvolverem projetos de campo fora da sala que são importantes para o melhor aprendizado do aluno. “As aulas se tornaram mais interessante gerando mais envolvimento dos próprios alunos que se sentem valorizados”, comentou.
 
Lançados em 2011 pela SEE, os prêmios contemplaram, no primeiro ano, 126 professores e 70 escolas da rede estadual de ensino da Paraíba, beneficiando 4.882 servidores. Em 2012, foram premiados 1.105 professores e 290 escolas, sendo beneficiados 16.345 servidores. Em 2013 foram premiados 2.834 professores, de 282 escolas e 16.360 servidores.

Secom-PB

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Artista patoense expõe na mais nova galeria de Campina Grande






Ocorreu na noite de 18 de dezembro, em Campina Grande, a inauguração do mais novo espaço destinado à exposição de artes e difusão da cultura paraibana, a Art7 Molduras e Artes.

O artista visual patoense Alex Souto participou de uma exposição coletiva durante a inauguração, juntamente com artistas paraibanos de renome como Fred Svendsen e Saullo Ais, além dos também patoenses, Denis Cavalcante e Wilson Figueiredo, dentre vários outros presentes. Suas telas chamaram a atenção do público pelo material inusitado que ele utiliza para pintar, que é o café.

Para Alex, é uma excelente notícia para a arte paraibana ter mais este espaço de divulgação e serviços, pois, além do intercâmbio de conhecimento entre os artistas que as exposições geram, a galeria prestará serviços de molduraria com inovação e qualidade que certamente agradará o público em geral. "Precisamos de mais espaços destinados às artes visuais. Estimular o gosto do público com diversas formas de expressão, seja pintura, desenho ou escultura é importante para o desenvolvimento de uma opinião crítica sobre a arte e o que ela proporciona de bom", destaca o artista.

As pinturas de Alex Souto e demais pintores poderão ser apreciadas pelo público durante o mês de janeiro de 2014, na galeria, que fica localizada na Rua Desembargador Trindade, próxima ao Açude Velho em Campina Grande.

Assessoria




Mais uma turma do Colégio Santo Expedito cola grau







Mês de dezembro, tradicionalmente, é um período de muitas confraternizações, de avaliação de resultados e também de comemoração, por parte dos estudantes, que celebram fim de ano letivo. A colação de grau passou a ser um ato de reconhecimento pela conquista de uma etapa no aprendizado, de um passo a maias dado na busca pela profissionalização, onde os sonhos são compartilhados pelos alunos, corpo docente, funcionários das instituições de ensino.

O Colégio Santo Expedito, destaque na educação de Patos e região, sente-se honrado e parabeniza a todos da 1ª Turma de Técnico em Eletrotécnica do Sertão da Paraíba, que colaram grau este mês, num evento que ficou na história, ocorrido na Área de Lazer Montenegro, no dia 6.

As festividades contaram com a presença do diretor dos Cursos Técnicos Santo Expedito, Prof. Martinho Daniel Gomes, coordenador Geral Hellison Jales Dantas, professores Edglei Ramalho, Evandro Souza, Almir Rógerio e Emerson Augusto.

O Curso Técnico em Eletrotécnica é mais uma oportunidade que os estudantes têm para se profissionalizar através dessa instituição, curso este que tem um alto índice de empregabilidade, onde destas duas turmas que se formaram no Colégio Santo Expedito, 95% dos alunos antes de terminarem o curso já estavam empregados, segundo afirma o coordenador geral dos cursos, Prof. Hellison Jales.

Importantes parcerias foram feitas para os estágios dos alunos do curso Técnico em Eletrotécnica. Empresas como a ENERGISA, TECCEL, ENGESELT e ELETRO LASER deram um grande suporte aos estagiários do curso.

O proprietário da Empresa Eletro Laser em Patos, Antonio Araújo Amorim, concluiu o curso Técnico em Eletrotécnica neste dia e o mesmo ressalta que tanto sua empresa como outras estão carentes desses profissionais em Eletrotécnica. Acrescentou, também, que sua empresa já recrutou alguns desses alunos para seus quadros e que tem parceria firmada de estágio com os cursos técnicos do Santo Expedito.

O Curso Técnico em Eletrotécnica do Colégio Santo Expedito encontra-se devidamente equipado com laboratórios de Alta e Baixa Tensão, Bancada de Controle e Acionamentos de Máquinas, Bancada de Automação e Laboratório de Instalações Prediais, segundo Hellison Jales. Diz que foram investidos mais de R$ 18 mil na estrutura do laboratório: “Nosso objetivo é formar profissionais capazes de construir, operar e manter instalações e equipamentos elétricos residenciais e industriais, podendo ainda operar e manter sistemas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica”, explicou.


Em 2014 o Colégio abre matriculas para duas novas turmas de Técnico em Eletrotécnica, uma com aulas de segunda a sexta à noite e outra com aulas aos sábados manhã e tarde. As matriculas já se encontram abertas na secretaria do Colégio ou reservando sua vaga através do telefone 83-3421-3078, maiores informações, visite o site www.colegiosantoexpedito.com

EVO-Gente Inocente: 35 anos educando com ética e cidadania



O Colégio EVO-Gente Inocente completou este ano 35 anos de história e dedicação à formação educacional de alunos de Patos e região. Da tímida escola criada por José Bonifácio em 1978, no bairro Belo Horizonte, em Patos, que funcionava numa casa simples com apenas 13 alunos, ela cresceu, se expandiu e os avanços fizeram desta instituição de ensino uma das mais importantes do Sertão paraibano, recebendo alunos de vários municípios, a exemplo de Catingueira, Emas, Santa Luzia, São Mamede, São José de Espinharas, Malta, dentre outros.

Hoje o EVO-Gente Inocente não apenas se modernizou, acompanhando o ritmo da era da informação, mas implantou o primeiro laboratório de tablet do Sertão. As aulas se tornaram mais atrativas com data-show, púlpitos com vários equipamentos eletrônicos que permitem ao professor dar suas aulas bem melhor, com uma resposta mais positiva do alunado. “Hoje nossos alunos dispõem de todo um aparato tecnológico que facilitam bastante o aprendizado. O material didático está nos tablets e os alunos interagem mais com os professores, têm maior desempenho. São aulas diferentes que atraem muito mais a atenção deles”, diz a diretora Francinete Vieira. Outro laboratório implantado este ano foi o de Química e Física, que é usado por alunos de todas as séries

Drogas

A problemática das drogas, o grande mal deste século, vem sendo trabalhado constantemente pela escola. Para isso existe um projeto de prevenção, com discussões palestras, confecção de cartazes pelos estudantes, especialmente em momento que antecedem festas de rua, como o São João. “A gente mostra aos nossos alunos que eles não precisam de drogas para se divertir. “A droga destrói, não apenas seu usuário, mas toda a família. “Essa é uma das grandes preocupações que temos e nos dedicamos na conscientização das crianças, jovens e com a família como um todo”, explicou Francinete.

Projeto extraclasse

No início do ano os professores realizam planejamento e apontam que projetos pretendem desenvolver. Projeto de prevenção às drogas; de leitura; cultura; meio ambiente, dentre vários outros são levados à prática por alunos e mestres como forma de provocar interação na classe estudantil. Passeios ecológicos, históricos, a exemplo da visita ao Parque dos Dinossauros, fazem parte do roteiro do EVO-Gente Inocente para ampliar conhecimentos.

ENEM

Outro ponto comemorado pelo EVO-Gente Inocente foi o desempenho dos alunos que cursaram a 3ª série do Ensino Médio. Dos 82 alunos, 50% atingiram média de 600 a 900 pontos na redação, inclusive teve aluno aprovado para Medicina e outro no Vestibular da USP. “Isso demonstra que nossos alunos estão saindo preparados para enfrentar qualquer vestibular, comenta a diretora. Várias novidades estão sendo planejadas pelos professores para 2014.

A família


Bimestralmente acontecem os encontros com os pais de alunos, um momento importante para que as famílias possam conhecer o andamento das atividades, debater problemas ligados ao cotidiano, tirar dúvidas e manter conversas com os professores. No dia a o EVO-Gente Inocente mantém diálogo pessoal com os pais, sempre que necessário.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Coluna Osvaldo Medeiros

Razão para evasão escolar 

            Não precisa ser inteligente para saber que para manter alunos nas escolas públicas um dos fatores primordiais é a sua infraestrutura. Pode até ter bons mestres, mas se não tiver uma acomodação satisfatória para o aluno, esse dificilmente ficará. E se for feito atualmente um levantamento minucioso em nosso estado, poucas são as unidades escolares que atualmente se enquadram dentro nas normas exigidas pelos órgãos competentes da educação. A maior parte está sucateada, alimentação de péssima qualidade (para os alunos) e professores sem a mínima qualificação.

            Recentemente, nas minhas andanças pelos bairros de Patos, o faro jornalístico me impulsionou para dar um entradinha na Escola municipal  Sabina Freire, na saída para Piancó. Aparentemente, ou melhor seu visual, demonstrava claramente que tudo estava um mar de rosas, porém, seu interior, me fez relembrar aquele velho ditado: Não devemos julgar nada pelas aparências. Só tinha mesmo a aparência porque seu interior está uma lástima. Como mostra as fotos, Escovôdromo sem funcionar, pias da mesma forma, portas dos banheiro o ferrugem consumindo, cupim devorando a madeira e o pior, os poucos alunos que ainda restam, tomando água de filtro com provável uso de copo plástico coletivo. Essa mesma escola, segundo uma fonte, iniciou com 320 alunos, tendo atualmente, menos de 70. O que significa essa evasão, a total falta de infraestrutura que a referida escola não vem oferecendo aos alunos.

            Depois de constatar a péssima situação em que se encontra a Sabina Freire, cabe aos órgãos competentes da educação fazerem uma fiscalização pente fino em todas as unidades e naquelas onde forem encontradas irregularidades, saber aonde vem sendo aplicado os recursos do PDE/PDDE que são justamente para serviços de manutenção e outros das escolas. Para isso, em cada uma tem um Conselho Escolar e a seus membros foi dado total poderes para cobrar, fiscalizar e exigir que as unidades funcionem dentro dos padrões exigido por Lei e não como eles pensam conjuntamente com alguns diretores. “Conselho Escolar de Educação” que em muitas escolas vem deixando a desejar. De benfeitoria o que essa escola recebeu depois de sua inauguração no governo Rivaldo Medeiros? Alguém sabe?

Já virou rotina

           
Durante a campanha da atual prefeita Francisca Motta(PMDB), o ex-secretário da administração Nabor Wanderley, o advogado Corsino Peixoto bateu de frente com o atual vice-prefeito Lenildo Morais e só não foram as vias de fatos porque entrou em ação a turma do deixa – deixa. Na festa de setembro desse ano, na sala de comunicação, Maurício Alves e Maurício Lopes se desentenderam e a coisa só não foi pior graças intervenção da turma do bom senso. Agora, soube por uma fonte que o último embate coube à dupla de secretários Charles da Administração e Joanilson do Controle Interno. Esses filhos da Francisca não vêm tão civilizados como os Filhos de Francisco.

Pode ter sido?

            É voz corrente por toda cidade que a fidelidade do ex-prefeito local Dinaldo Wanderley e todo seu grupo ligado ao ex-governador Cássio Cunha Lima, não vem sendo tão lucrativa para ninguém. Essa fidelidade na opinião de muitos, tudo indica que não vem sendo muito bem vista pelo atual governador Ricardo Coutinho. Aqueles que não perderam seus cargos, segundo uma fonte, estão se antecipando e entregando como assim fez recentemente o médico Dinaldinho, principalmente depois que tomou conhecimento de uma conversa que vazou em uma rede social onde ele seria detonado do hospital justamente por essa união a Cássio. Será?

Influência negativa

            Como torcedor do Esporte de Patos também posso dizer. Foi na opinião de todos, de que foi a maior besteira que atual diretoria do Esporte de Patos teve ao deixar o time fora do campeonato estadual 2014, depois da brilhante campanha realizada na segunda divisão. O torcedor prestigiou para que isso acontecesse e a resposta da diretoria para a torcida depois de galgar campeonato da segundona, foi deixar o time de fora influenciada, segundo comenta-se, por alguns diretores do Nacional que também resolveu não participar do campeonato esse ano. Essa solidariedade ao Nacional pode custar caro ao Esporte quando assim precisar mais uma vez dos seus torcedores. Será se a Diretoria do Nacional faria a mesma coisa? Pisou na bola o Esporte quando justamente andava de bem com sua torcida.

Conversa fiada

            Não aguento mais ouvir, principalmente nas emissoras locais, uma vinheta antes dos programas, principalmente de jornalismo, onde a mesma deixa bem claro que o referido programa é de interia responsabilidade do seu apresentador. Querendo assim se isentar caso o apresentador pise na bola e venha responder por algum tipo de processo imposto por alguém que sinta se ofendido. Se o apresentador caso seja processado e condenado a pagar algum tipo de dano, se não tiver condições e emissora responde da mesma forma. É de inteira responsabilidade de ambos.

Palhaçada

            Nunca se viu uma coisa tão ridícula como a chegada dos médicos cubanos a cidade de Patos. Num verdadeiro trampolim político exploraram suas imagens de todas as formas onde cada um queria aparecer cada vez mais às custas desses pobres escravos da saúde cubana. Um país que prega a “democracia”, concordar com um acordo desleal dessa natureza. Um profissional que não tem acesso ao que ganha, o que significa isso? Será se a Princesa Isabel concordaria com esse tipo de parceria?

Que 13º salário?

            Nunca se viu na história um governo tão descarado como esse do PT. As vésperas do Natal paga um 13º salário com uma mão e ao mesmo tempo puxa com as duas. Aumentou preço dos combustíveis, o que provocou uma escalada desenfreada no custo de vida inviabilizando totalmente as pessoas de sair do fundo do poço das dividas. Essa é a forma ditatorial, disfarçada e descarada do PT em administrar. Acabando cada vez mais com a classe média para bancar seus programas de esmola com o que vivem abaixo da linha de pobreza. Embora, muitos que necessitam não têm acesso a tal bolsas e quem não era para ter, está se beneficiando.

Natal

            Esse ano a prefeita Francisca Motta(PMDB) resolveu dar uma mudada na decoração de Natal na cidade de Patos. Deu mais ênfase ao centro da cidade justamente onde acontece maior concentração de pessoas, principalmente de visitantes.

Não tem mudança

Para acabar de vez com os comentários de mudanças na sua administração no próximo ano, a prefeita Francisca Motta(PMDB), em entrevista a uma emissora local, foi bem taxativa em afirmar que não trabalhava com aviso prévio. “Afastarei qualquer um quando assim achar que seja necessário. Não sei de onde surgiu esse assunto e não tem e nem penso em fazer qualquer alteração por enquanto, no meu governo” Concluiu. Será?

Cadê o PROCON

            Em Patos agora virou moda alguns segmentos de nosso comércio colocar produtos em “ofertas”, principalmente os que giram mais com preços como exemplo R$ 10,99. O que significa que cada cliente ao adquirir tais produtos vai deixar um centavo a mais para o caixa do referido comércio. E quando toda loja coloca os produtos assim como recentemente estava as Lojas Americanas? Já parou para pensar em nível nacional o quanto não fica de centavo e centavo no final de cada dia para uma loja na dimensão dessas. Pode até não chamar atenção, mas de cada um milhão, é um lucro a mais de 10 mil reais. Pior que está virando moda. Mas se faltar um centavo você leva a compra? Acorda gente.

Quitinete

            Quem anda por ai pensando em investir em quitinetes para alugar pode ter certeza que já foi um bom negócio. Atualmente, antes de tomar qualquer decisão, é bom pensar duas vezes. Andaram investindo pesado nesse tipo de segmento e pelo visto, não vem sendo tão lucrativo como muitos acreditavam que fosse. E a oferta já começa ser maior de que a procura. Não acham??

Osvaldo Medeiros

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

MPF da PB quer investigação de 'má conduta' médica no hospital de Patos



O Ministério Público Federal (MPF) da Paraíba encaminhou ofício nesta terça-feira (17) solicitando ao Conselho Regional de Medicina (CRM-PB) que investigue a atividade dos médicos que atuam no Hospital Regional de Patos, no Sertão paraibano. O motivo, segundo o MPF, é a denúncia de ausência de médicos plantonistas durante o plantão.
 
Segundo o vice-presidente do CRM-PB, Noberto Neto, o conselho "só pode averiguar e tomar uma atitude depois que tomar documento do MPF em mãos. Vamos aguardar comunicação oficial para poder instaurar procedimento".
O MPF pede apuração sobre possível má conduta de médicos da unidade hospitalar, com ausência de médicos plantonistas durante o horário de plantão. No ofício, o  procurador João Raphael Lima sugere que o CRM-PB busque elementos de prova analisando o livro de registro do setor e entreviste profissionais do hospital. "Havendo receio de represálias pela prestação de depoimento por parte de funcionários, que tal seja consignado no procedimento”, ressalta.
Ainda segundo o procurador, o MPF vai instaurar inquérito civil para apurar as formas de controle de jornada dos médicos do hospital. Pede ainda o procurador no ofício que, após as apurações, uma cópia dos autos seja remetida ao MPF de Patos, para avaliação de outros tipos de responsabilidade, como cível e penal. 

G1-PB com Acom

Operação da PF cumpre mandados na Paraíba e em mais três estados

A Polícia Federal está cumprindo 21 mandados de busca e apreensão na Paraíba e mais três estados nordestinos com o objetivo de desarticular uma suposta organização criminosa especializada em crimes tributários e em lavagem de dinheiro. A operação está sendo chamada de “Salt” e foi desencadeada nesta terça-feira (17) em conjunto com a Receita Federal e o Ministério Público Federal.
Estão sendo cumpridos 21 mandados de busca e apreensão nos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará e Pernambuco. Ao todo, 37 empresas são investigadas de participarem do esquema criminoso.
A investigação revelou que a organização criava empresas em diversos ramos, especialmente da carcinicultura (técnica de criação de camarão em cativeiro), tecelagem, salineiro e, até mesmo, venda de veículos e combustível. Essas empresas eram encabeçadas por “laranjas”, com a finalidade de sonegar tributos e promover a lavagem do dinheiro.
Até o momento, ficou comprovado que as fraudes cometidas pelo grupo giram em torno de 400 milhões de reais. Esse número pode ser ultrapassado após análise dos documentos apreendidos nas sedes das empresas e das pessoas físicas envolvidas.
Será concedida entrevista coletiva às 11hs (horário local) na sede da Delegacia da PF em Mossoró, localizada na Rua Jornalista Jorge Freire, 100 – Nova Betânia, Mossoró/RN.
“Salt” significa “sal” em inglês. O nome da operação faz referência à atividade do principal investigado, que é empresário do ramo salineiro na região oeste do Rio Grande do Norte.

Ascom

Gestores paraibanos desviam mais de R$ 19 milhões este ano


Gestores paraibanos já desviaram dos cofres públicos federais mais de R$ 19 milhões em 2013. O Tribunal de contas da União (TCU) na Paraíba autuou, em Tomadas de Contas Especiais, 107 processos. Desses, 60 foram julgados.Os dados fazem parte do Relatório Anual das Atividades do Focco 2013 e são referente às ações desenvolvidas até o dia 25 de novembro último.
As condenações a pagamento de multa ou a ressarcimento de débito somam o montante de R$ 21.851.039,48, sendo R$ 2.065.276,32 em multas e R$ 19.785.763,16 em débitos. Essas condenações envolvem 95 pessoas físicas e 23 empresas privadas. 
Nos últimos cinco anos foram autuados 358 processos de TCE, processos destinados a apurar dano ao erário federal e identificar os responsáveis pela devolução dos recursos desviados. De acordo com o relatório, cerca 52% resulta em irregularidades ocorridas nas áreas de educação, saúde e saneamento.
Já nos últimos 10 anos, o valor em desvio atualizado atingiu R$ 248.587.356,15. Contudo, segundo o levantamento, menos de 2% desse montante é recolhido administrativamente pelo TCU. “Em razão disso, apenas neste ano, o TCU formalizou 70 processos para envio de acórdão para cobrança judicial de dívidas”, diz trecho do relatório.
Além das cobranças por débitos e multas o TCU, tem agido preventivamente. As ações na Paraíba, em 2013, “geraram um benefício na ordem de R$ 15.670.187,12. Somado aos débitos e multas, a atuação do Tribunal no estado “gerou benefícios financeiros para os cofres públicos da União da ordem de R$ 37.521.226,60.

portalcorreio

Leia íntegra da carta de Snowden ao Brasil

Edward Snowden, ex-técnico da Agência Nacional de Segurança dos EUA (NSA), alerta os brasileiros sobre o esquema de espionagem de Washington em uma carta aberta obtida pela Folha.


CARTA ABERTA AO POVO DO BRASIL
EDWARD SNOWDEN


Seis meses atrás, emergi das sombras da Agência Nacional de Segurança (NSA) dos EUA para me posicionar diante da câmera de um jornalista. Compartilhei com o mundo provas de que alguns governos estão montando um sistema de vigilância mundial para rastrear secretamente como vivemos, com quem conversamos e o que dizemos.
Fui para diante daquela câmera de olhos abertos, com a consciência de que a decisão custaria minha família e meu lar e colocaria minha vida em risco. O que me motivava era a ideia de que os cidadãos do mundo merecem entender o sistema dentro do qual vivem.
Meu maior medo era que ninguém desse ouvidos ao meu aviso. Nunca antes fiquei tão feliz por ter estado tão equivocado. A reação em certos países vem sendo especialmente inspiradora para mim, e o Brasil é um deles, sem dúvida.
Na NSA, testemunhei com preocupação crescente a vigilância de populações inteiras sem que houvesse qualquer suspeita de ato criminoso, e essa vigilância ameaça tornar-se o maior desafio aos direitos humanos de nossos tempos.
A NSA e outras agências de espionagem nos dizem que, pelo bem de nossa própria "segurança" --em nome da "segurança" de Dilma, em nome da "segurança" da Petrobras--, revogaram nosso direito de privacidade e invadiram nossas vidas. E o fizeram sem pedir a permissão da população de qualquer país, nem mesmo do delas.
Hoje, se você carrega um celular em São Paulo, a NSA pode rastrear onde você se encontra, e o faz: ela faz isso 5 bilhões de vezes por dia com pessoas no mundo inteiro.
Quando uma pessoa em Florianópolis visita um site na internet, a NSA mantém um registro de quando isso aconteceu e do que você fez naquele site. Se uma mãe em Porto Alegre telefona a seu filho para lhe desejar sorte no vestibular, a NSA pode guardar o registro da ligação por cinco anos ou mais tempo.
A agência chega a guardar registros de quem tem um caso extraconjugal ou visita sites de pornografia, para o caso de precisarem sujar a reputação de seus alvos.
Senadores dos EUA nos dizem que o Brasil não deveria se preocupar, porque isso não é "vigilância", é "coleta de dados". Dizem que isso é feito para manter as pessoas em segurança. Estão enganados.
Existe uma diferença enorme entre programas legais, espionagem legítima, atuação policial legítima --em que indivíduos são vigiados com base em suspeitas razoáveis, individualizadas-- e esses programas de vigilância em massa para a formação de uma rede de informações, que colocam populações inteiras sob vigilância onipresente e salvam cópias de tudo para sempre.
Esses programas nunca foram motivados pela luta contra o terrorismo: são motivados por espionagem econômica, controle social e manipulação diplomática. Pela busca de poder.
Muitos senadores brasileiros concordam e pediram minha ajuda com suas investigações sobre a suspeita de crimes cometidos contra cidadãos brasileiros.
Expressei minha disposição de auxiliar quando isso for apropriado e legal, mas, infelizmente, o governo dos EUA vem trabalhando arduamente para limitar minha capacidade de fazê-lo, chegando ao ponto de obrigar o avião presidencial de Evo Morales a pousar para me impedir de viajar à América Latina!
Até que um país conceda asilo político permanente, o governo dos EUA vai continuar a interferir com minha capacidade de falar.
Seis meses atrás, revelei que a NSA queria ouvir o mundo inteiro. Agora o mundo inteiro está ouvindo de volta e também falando. E a NSA não gosta do que está ouvindo.
A cultura de vigilância mundial indiscriminada, que foi exposta a debates públicos e investigações reais em todos os continentes, está desabando.
Apenas três semanas atrás, o Brasil liderou o Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas para reconhecer, pela primeira vez na história, que a privacidade não para onde a rede digital começa e que a vigilância em massa de inocentes é uma violação dos direitos humanos.
A maré virou, e finalmente podemos visualizar um futuro em que possamos desfrutar de segurança sem sacrificar nossa privacidade.
Nossos direitos não podem ser limitados por uma organização secreta, e autoridades americanas nunca deveriam decidir sobre as liberdades de cidadãos brasileiros.
Mesmo os defensores da vigilância de massa, aqueles que talvez não estejam convencidos de que tecnologias de vigilância ultrapassaram perigosamente controles democráticos, hoje concordem que, em democracias, a vigilância do público tem de ser debatida pelo público.
Meu ato de consciência começou com uma declaração: "Não quero viver em um mundo em que tudo o que digo, tudo o que faço, todos com quem falo, cada expressão de criatividade, de amor ou amizade seja registrado. Não é algo que estou disposto a apoiar, não é algo que estou disposto a construir e não é algo sob o qual estou disposto a viver."
Dias mais tarde, fui informado que meu governo me tinha convertido em apátrida e queria me encarcerar. O preço do meu discurso foi meu passaporte, mas eu o pagaria novamente: não serei eu que ignorarei a criminalidade em nome do conforto político. Prefiro virar apátrida a perder minha voz.
Se o Brasil ouvir apenas uma coisa de mim, que seja o seguinte: quando todos nos unirmos contra as injustiças e em defesa da privacidade e dos direitos humanos básicos, poderemos nos defender até dos mais poderosos dos sistemas.
Tradução de CLARA ALLAIN

Folha

Governo distribui blocos multinutricionais para alimentação animal

O Governo do Estado, por meio da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa), vai disponibilizar aos produtores rurais a tecnologia dos blocos multinutricionais. A solenidade acontece nesta terça-feira (17), a partir das 10h, na Estação Experimental de Pendência, em Soledade.
Na ocasião, os técnicos da Emepa irão apresentar mais uma tecnologia alternativa para suplementar a alimentação dos rebanhos principalmente durante os períodos de seca. A Emepa elaborou um kit, composto por uma máquina de compactação hidráulica e material para a fabricação dos blocos. Os representantes das cooperativas, associações e produtores da agricultura familiar irão receber dois mil blocos multinutricionais.
A Emepa desenvolve pesquisas variadas na composição de blocos multinutricionais desde 2008, o que permite opções de composição e textura visando adaptar e validar a utilização dessa tecnologia de forma abrangente e contínua nos rebanhos.
Composição - Os blocos multinutricionais são compostos por melaço, ureia pecuária, sal comum, minerais, fontes proteica, energética e cal hidratada. Os elementos são misturados e moldados em formas de blocos, que, depois de secos, são destinados para a alimentação animal. A utilização dessa tecnologia melhora o desempenho produtivo e reprodutivo dos animais, minimiza o risco de intoxicação com ureia, fornece nutrientes essenciais como proteínas, energia e minerais, aumenta a ingestão e digestão de alimentos de baixa qualidade (pasto seco, bagaço de cana, outros) e tem manejo e transporte fácil.
As pesquisas desenvolvidas pela Emepa com ovinos e caprinos, na Estação Experimental de Pendência, mostraram que os animais que consumiram os blocos em época de estiagem, mesmo com a limitação nutricional dos pastos, apresentaram desempenhos produtivos e reprodutivos muito superiores aos que não consumiram.
Os pesquisadores Wandrick Hauss de Souza e Maria das Graças Cunha alertam que os blocos multinutricionais não devem ser utilizados em animais debilitados ou com até 70 dias de vida. Eles recomendam ainda fornecer os mesmos somente após o 3º ou 4º dias de fabricação. Antes desse prazo, os blocos não terão a consistência ideal, o que pode acarretar um alto consumo provocando intoxicação nos animais.
De acordo com o presidente da Emepa, Manoel Duré, a parceria FINEP-CNPq e Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (FUNCEP) foi importante para concretizar a pesquisa com os blocos, que além de suplementar os alimentos para o rebanho, também fornecem energia e proteínas necessárias para mantê-los de pé. “Com essa estiagem é fundamental que façamos essa suplementação alimentar. A Emepa também orientou e supervisionou o desenvolvimento das máquinas para confecção desses blocos. Além disso, oferecerá os treinamentos necessários para ensinar ao homem do campo como produzi-los e oferecer todo o material para a produção dessa alimentação alternativa”, destacou o presidente.

Secom-PB

Arquivo do blog