Compromisso com a verdade dos fatos

Bem-vindo ao blog Garimpando Palavras

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Gente Inocente realiza festa para as mães















Mães de alunos do Colégio Gente Inocente foram homenageadas na noite desta sexta-feira 09 na cidade de Patos. Direção, corpo docente preparam uma bela recepção para celebrar o dia das Mães.

Sob coordenação da diretora Francinete Vieira, uma vasta programação descontraiu e emocionou as mulheres presentes. Inicialmente houve uma palestra enfocando “A mulher sábia e sua autoestima”.

Na sequência houve apresentação de dança com o grupo de coreografia da 3ª Igreja Batista, enquanto era servido coquetel. O coral de professores do Gente Inocente também teve sua participação conto.

Um momento especial foi a exibição, em duas ocasiões em telão, das homenagens das crianças às suas genitoras, demonstrando seu carinho com mensagens de amor. Nesse determinado instante professores entregaram lembranças às mães.


Outra atividade foi um desfile de moda, mostrando as novas tendências.  Para finalizar houve self-service e um vídeo denominado “Eu curto minha mãe”. A diretora Francinete Vieira disse que, além das homenagens às mães, a escola busca aproximá-las cada vez mais da vida estudantil de seus filhos, para que conheçam melhor os projetos pedagógicos, ter aquela conversinha com os professores, que contribui para maior rendimento do aluno.

Brasil vai ter 141,8 milhões de eleitores aptos a votar em outubro


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Marco Aurélio Mello, anunciou hoje (9) que houve crescimento de 4,43% no número de eleitores aptos a votar nas eleições de outubro. De acordo com balanço parcial divulgado pelo ministro, o pleito deste ano contará com 141,8 milhões de eleitores. Em 2010, foram 135,8 milhões, o que representa aumento de 6 milhões de eleitores. Os dados revelam ainda que foi superada a meta de cadastramento de eleitores pela biometria. As informações foram divulgadas após o fim do prazo para regularização do título de eleitor, na última quarta-feira (7). O balanço final será concluído até o dia 21 de julho.

Os números também mostram aumento de mais de 600% no número de solicitações de pessoas com deficiência para votar em seções especiais. De 1º de janeiro a 7 de maio, 1,04 milhões de eleitores fizeram o pedido na Justiça Eleitoral. Nas eleições de 2010, o número chegou a 148 mil. De acordo com o levantamento, houve diminuição de 47,32% no número de eleitores que pediram transferência de domicílio eleitoral. Neste ano, foram 1,13 milhão de transferências efetivadas, contra 2,13 milhões no pleito passado.

A Justiça Eleitoral também superou em 6,28% a meta de cadastrar 22 milhões de eleitores por meio da biometria. Até o dia 7 de maio, foram realizados 23,3 milhões de cadastros. Na eleição passada, a biometria foi usada para a identificação de 1,1 milhão.

O primeiro turno das eleições será no dia 5 de outubro.

Agência Brasil

Agevisa/PB se reúne no dia 22 com os 29 municípios que tiveram recursos bloqueados pela Anvisa



A Agência Estadual de Vigilância Sanitária vai se reunir no próximo dia 22 com representantes dos 29 municípios que tiveram recursos destinados a ações de vigilância sanitária bloqueados pelo Ministério da Saúde/Anvisa em razão da falta de alimentação (com informações) do Sistema de Informações Ambulatoriais do Sistema Único de Saúde (SIA/SUS). Segundo informou a diretora geral da Agevisa, engenheira de Alimentos Glaciane Mendes, o encontro será realizado a partir das 9h, no auditório do Cefor/PB, em João Pessoa.

Em todo o País foram bloqueados recursos destinados a 1.027 municípios. Na Paraíba, as cidades atingidas foram Barra de Santa Rosa, Bom Jesus, Brejo dos Santos, Cacimba de Dentro, Condado, Coxixola, Cruz do Espírito Santo, Cuité de Mamanguape, Itapororoca, Mataraca, Matureia, Monte Horebe, Nazarezinho, Nova Floresta, Olho d’Água, Passagem, Poço de José de Moura, Riachão do Bacamarte, Riacho dos Cavalos, Rio Tinto, Santa Cruz, Santo André, São José de Piranhas, São Miguel de Taipu, São Sebastião do Umbuzeiro, Soledade, Várzea, Vieirópolis e Vista Serrana.

Para contornar o problema, a Agevisa/PB convocará, por meio da Gerência Técnica de Integração e Articulação, os representantes desses municípios para orientá-los quanto à importância e à obrigatoriedade do preenchimento dos dados no SIA/SUS, como também sobre as possibilidades de desbloqueio dos recursos.

Capacitações – Segundo o gerente técnico de Integração e Articulação, Laerge Cerqueira, a Agevisa vai promover capacitação sobre o SIA/SUS destinada a todos os 223 municípios paraibanos com a finalidade de reduzir, ou se possível zerar, o número de municípios com recursos bloqueados por falta da devida prestação de informações no SIA/SUS. As capacitações serão destinadas aos coordenadores das Visas municipais de todas as regiões do Estado, como também ao pessoal encarregado da alimentação doSIA/SUS.

De acordo com a diretora geral Glaciane Mendes, o treinamento na alimentação do Sistema de Informações Ambulatoriais do SUSse faz necessário para que os municípios paraibanos disponham, com a devida regularidade, de mais recursos financeiros para serem investidos na promoção e proteção da saúde da população. “Desta forma, o Estado da Paraíba pretende ser um exemplo de competência na aplicação de recursos, bem como no cadastramento do serviço de vigilância e na alimentação regular dos procedimentos para a correta execução da Vigilância Sanitária em todos os municípios”, observou.

Os recursos mencionados por Glaciane Mendes fazem parte da programação do Ministério da Saúde e Anvisa e são destinados aos municípios brasileiros em observância ao disposto na Portaria GM/MS 475, de 31 de março de 2014, que “estabelece os critérios para o repasse e monitoramento dos recursos financeiros federais do Componente da Vigilância Sanitária do Bloco de Financiamento de Vigilância em Saúde, para Estados, Distrito Federal e Municípios, de que trata o inciso II do art. 13 da Portaria nº 1.378/GM/MS, de 09 de julho de 2013.

Secom


Detran mantém tolerância de um mês para apresentação do certificado de licenciamento anual



O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) informou que continua em vigor  a portaria  número 559 do  superintendente Rodrigo Carvalho,  publicada no Diário Oficial  do dia 18 de outubro do ano passado, estabelecendo um prazo de tolerância de 30 dias para que os condutores de veículos possam circular sem o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos, do ano em curso, desde que estejam com a guia de licenciamento paga e portando o documento do ano anterior.

No entanto, foi publicada no Diário Oficial da quinta-feira (8) a portaria nº 239/2014 alterando o ítem 1 da portaria 559/2013, esclarecendo que a tolerância de 30 dias considera os vencimentos previstos no calendário anual de licenciamento, que divide a frota paraibana pelo final da placa do veículo, e não a data do pagamento da guia.

Com base nesta tolerância para a emissão e apresentação do CRLV, o Detran alerta que os usuários que pagam as guias com o boleto enviado pelos Correios, devem aguardar em casa o recebimento do novo documento e não precisam se deslocar ao Detran.

As portarias atendem à Resolução nº 01/2013 do Conselho Estadual de Trânsito, publicada no Diário Oficial  de 11 de outubro de 2013 que autoriza o Detran a conceder um prazo razoável aos proprietários de veículos para apresentarem, quando abordados, o CRLV do exercício vigente.

Os critérios – A tolerância vale para proprietários que comprovem a quitação das taxas, seguro obrigatório e multas de trânsito e será aceita dentro do prazo concedido. A medida vai evitar que o veículo, quando abordado, seja multado, apreendido e recolhido, estando com as guias pagas, porém sem portar o certificado de licenciamento anual (CRLV).

Até a publicação da portaria 559/2013, as guias pagas não eram suficientes para a circulação do veículo porque o Código de Trânsito Brasileiro estabelece que o CRLV é um documento de porte obrigatório que comprova a quitação do exercício vigente.

A portaria só vale para fiscalizações dentro do Estado e protege apenas veículos registrados na Paraíba. A regra  não protege  proprietários de veículos com placas correspondentes aos finais que já estão vencidos há mais de um mês. Por exemplo: no dia 30 março venceu o prazo para o licenciamento 2014 dos veículos com placas finais “1” e “2” e esta frota já está fora dos benefícios da portaria.

Desta  forma,  o Detran explica que os proprietários que pagam o licenciamento em atraso devem procurar uma unidade do órgão para a emissão do CRLV. Eles são obrigados a apresentar o CRLV do exercício vigente e  as guias de recolhimento pagas não são suficientes para a circulação do veículo.
Para os proprietários de veículos com placas finais de 3  a 4,  o Governo do Estado prorrogou o prazo para o licenciamento 2014 até esta sexta-feira (9). Também foi prorrogado para a mesma data o prazo para desconto de 10% no valor do IPVA, cota única, da frota com final “6”.
Inadimplência – Na Paraíba, o calendário anual de licenciamento divide a frota de acordo com o número final da placa. Hoje a frota paraibana tem 988.689 veículos e mais de 356 mil estão com o licenciamento em atraso.

De acordo com o calendário 2014, toda a frota deve estar licenciada até o dia 31 de outubro, prazo estabelecido para o licenciamento dos veículos com final “zero”.

O prazo para o licenciamento 2014 da frota com finais 1 e 2 venceu em 31 de março e da frota com finais 3 e 4, após prorrogação, venceu nesta sexta-feira (9).

Até o dia 31 de maio, os usuários com o licenciamento dos veículos em atraso podem recorrer aos benefícios da Medida Provisóira 215, do Governo do Estado, publicada no Diário Oficial de 30 de dezembro de 2013.

Para as motocicletas até 150 cilindradas, o Estado concedeu o perdão das dívidas referentes a IPVA, taxa de prevenção contra incêndio, taxa de licenciamento anual e taxa diária ( no caso de veículos recolhidos ao pátio).

O perdão é para dívidas até 31 de dezembro de 2013. Para ser beneficiado pela MP o proprietário só precisa quitar o licenciamento 2014 e terá o perdão da dívida dos exercícios anteriores. A MP só não perdoa dívidas referentes a infrações no trânsito, que devem ser quitadas.

Já para os proprietários dos demais veículos, a MP dá a chance de parcelar a dívida em até 12 meses. O prazo de parcelamento depende do número de exercícios financeiros com inadimplência.

Quem está com um ano de inadimplência poderá pagar em até 4 parcelas. Para dois anos de inadimplência, o prazo para parcelamento da dívida é de seis meses. Quem acumulou três anos de inadimplência junto ao Detran e Receita Estadual poderá parcelar a dívida em até 8 meses e os proprietários de veículos que deixaram de pagar o licenciamento por 4 ou mais exercícios financeiros poderão parcelar a dívida em até 12 meses.

O Detran alerta que, ao optar pelo parcelamento desta dívida, o proprietário só poderá fazer transferência de propriedade ou do domicílio para outra unidade da federação após a quitação das parcelas.

Os benefícios da Medida Provisória só podem ser utilizados pelo proprietário para um veículo.

Secom

Emancipação Política de Patos



Ao contrário do que muitos acreditam a grande data que assinala a independência de Patos completa hoje, 09 de maio de 2014, nada menos do que 181 anos. Ao invés de 24 de outubro, a grande comemoração de Patos deveria ser 09 de maio. Entenda o porque baseado em dados históricos:

O grande marco da independência desta terra começa a ser articulado na sessão do Conselho do Governo da Província da Paraíba, realizada em 05 de março de 1830, com a decisão de encaminhar ao Ministro e Secretário de Estado dos Negócios do Império, o Marquês de Caravelas, o pedido de criação de três novas Vilas e Câmaras: Bananeiras, Amélia do Piancó e Imperial dos Patos, a primeira desmembrada de Areia e as outras duas de Pombal. O documento, que foi enviado em 26 de março do mesmo ano, de 1830, era finalizado com o seguinte trecho: A oficialização das três Vilas redundará em benefício tanto dos “fiéis súditos habitantes dos respectivos lugares”, como “em aumento da população e esplendor do Império”.

Agora vem o ponto mais importante: Em 09 de maio de 1833, durante sessão extraordinária do Conselho da Província, foi aprovado o projeto de elevação da Vila dos Patos. A partir de então o município passou a existir, assinalando a emancipação política, com sua Câmara de Vereadores, composta de 07 membros, consoante determinava a Lei de 1º de outubro de 1828, cabendo a ela a administração econômica e municipal. A solenidade de instalação se deu em 22 de agosto de 1833. A Primeira composição legislativa teve os seguintes vereadores: José Dantas Correia de Góis, Jerônimo José da Nóbrega, José Raimundo Vieira, Bernardo Carvalho de Andrade, João Machado da Costa, Francisco Gomes Angelim e Manoel Cardoso de Andrade.

         Vale registrar que tanto as vilas quanto as cidades possuíam autonomia de município e eram governadas pela Câmara, nas vilas compostas por sete membros e nas cidades por nove, constituindo a única diferença entre ambas. Em 24 de Outubro de 1903, elevação da Vila de Patos a Categoria de Cidade, ou seja, uma comenda, uma deferência pelo seu processo de crescimento, um status a mais...


         Pergunta: Será que não seria mais interessante comemorarmos a nossa Efetiva Independência, ou seja, o dia em que deixamos de ser subordinados a Pombal? Parabéns a Patos, pelos 181 anos de Emancipação Política.

Damião Lucena

Asa de Águia, Bell Marques, Daniel e Cesar Menotti no São João de Patos




Marcos Eugênio

A prefeita Francisca Motta anunciou na manhã desta sexta-feira, no Centro Cultural Amaury de carvalho, a programação do São João 2014, que acontece de 18 a 23 de junho no Terreiro do Forró. Dentre as consideradas atrações de peso estão Bell Marques, ex-Chiclete com Banana, Durval Lelis e Asa de Águia, o sertanejo Daniel, Garota Safada e Sirano e Sirino.

Francisca Motta falou da importância do evento como fator gerador de divisas para o município e da forma que ele será realizado, com forte participação da iniciativa privada, a exemplo do que ocorreu ano passado, com parceria de grandes marcas que acreditam no turismo de evento junino de Patos. “O município vai gastar o mínimo possível na realização do São João. Precisamos investir em áreas como educação e saúde, prioridades de nossa administração. É muito ver nossa festa maior recebendo o apoio da iniciativa privada, que acredita nesse evento junino, que tem reconhecimento nacional, por se tratar de um dos maiores do Brasil”, comentou a prefeita.

Fez questão de enaltecer a valorização das tradições culturais locais, os artistas da terra, que vão dividir espaço na programação com grandes nomes nacionais. Com o tema “Cultura e Diversão, Nosso forró é campeão”, o São João de Patos, além das apresentações de palco, contará com quadrilhas juninas, ônibus do forró, corrida da fogueira, concursos “São João na minha rua” e “São João no meu comércio”, passeio de carroças, terreirinho do forró, com diversa apresentações de danças, trios de forró pé-de-serra, queima de fogos do 18 do Forte e na Rua Espinharas, feira de calçados, na Praça Getúlio Vargas, com apoio do Sebrae, dentre outras atrações.

Programação

Dia 18 de junho
Roberto Vaneirão
Markito do Forró
Teinha do Forró
Pinto do Acordeom
Garota Safada
Luan Estlizado 



Dia 19 de junho
Luan Estilizado
Forró do Dono
Espora de Ouro
Balanço de Mulher
César Menoti e Fabiano.


Dia 20 de junho
Dejobson e Forró do Dam
Netinho Lins e Forró da Canxa
Gê Maria
Eliane
Bel Marques (ex-Chiclete com Banana)


Dia 21 de junho
Pegada de Barrão
Tiete Timbaleiro
Isabela Fernandes e Forró da Macambira
Bonde do Brasil 
Gabriel Diniz


Dia 22 de junho
Sela Dourada
Forró do Vale
Zé Nilton do Acordeom
Sirano e Sirino
Durval Lélis e Asa de Águia.


Dia 23 de junho
Forrozão Decibéis
Matéia do Forro
Uz Frajolaz
Forró Pegado
Pedro Carpelli
Daniel



Jovens de sucesso nacional palestram para empreendedores patoenses














Por Marcos Eugênio

O Sebrae promoveu na noite desta quinta-feira 08 mais duas belas e incentivadoras palestras sobre empreendedorismo para o público de Patos, município localizado a 300 Km da capital João Pessoa. O Rodoshopping Edivaldo Mota recebeu um público animado e muito atendo para conhecer a história de sucesso de dois jovens, um paraibano, Beto Chaves, e outro cearense, Bráulio Bessa, destaques nacionais por suas idéias, suas histórias de vidas empreendedoras.

Foram duas horas de conhecimentos, de injeção de ânimo para quem já é empreendedor ou quem pensa ter seu próprio negócio. Beto Chaves foi o primeiro a contar sua trajetória de tentativas, desde pequeno, até alcançar seu espaço no mercado. Sonho é a palavra chave para se atingir, alcançar um nível de felicidade satisfatório. Sonho este que não pode deixar de ser renovado para que não ocorra comodismo, segundo a visão de Chaves.

Beto Chaves, natural de João Pessoa, só em 2012 proferiu 107 palestras em praticamente todos os estados brasileiros, dividindo palco com nomes a exemplo do técnico de vôlei Bernadinho, já tendo falado nessas suas apresentações já para mais de 50 mil pessoas. Fundador do Grupo Papo Arretado, espaço aberto à discussão sobre negócios, falou que eventos dessa natureza promovido pelo Sebrae na busca pela qualificação, de despertar o espírito empreendedor das pessoas é de grande importância.

“Ser empreendedor é uma atitude, é pensar sempre na frente, de querer resolver problemas da população com boas idéias. O Brasil, a Paraíba precisam cada vez mais de empreendedores. A gente luta, isso tem sido também o papel do Sebrae, de desenvolver esse lado arrojado, de iniciativas nas pessoas, para que fiquem cada vez menos dependente de favores políticos. Conclamo os jovens a isso. A educação e o empreendedorismo são as duas grandes armas para mudarmos a realidade desse país tão sofrido, mas de tanta gente talentosa”, enfatizou Beto, que junto com Bráulio percorrem o Brasil com o projeto ROAD Show, apresentando palestras motivacionais.

Explicou que hoje as coisas são mais fáceis. Em cinco minutos é possível abrir uma empresa no Sebrae, que suportes tecnológicos midiáticos está às mãos, como sites, as redes sociais, ferramentas que podem ser muito bem aproveitadas na divulgação e ampliação dos negócios.

Já Bráulio Bessa, jovem cearense de Santo Alto, tem uma história empreendedora parecida com a de Chaves e desde pequeno também inventava formas de ganhar dinheiro. Há pouco mais de um ano enveredou pelo campo motivacional, contando sua história de sucesso por onde passa. Criador do portal Nação Nordestina www.nacaonordestina.org que já possui quase um milhão de fãs, fundador da grife “Zé Filé”, estampando as tradições, costumes nordestinos, já enveredou por áreas como teatro, música e mídias sociais, que lhe ajudam a ganhar notoriedade nacional e até internacional, sendo alvo de matéria de publicação espanhola, dividindo espaço com talentos como Neymar Junior, uma das maiores referência do futebol brasileiro atual.

Em conversa com o pbnoticias.com, preservando bem seu sotaque e jeito nordestino de falar em todo lugar que ministra palestra, disse que seu portal naçãonordestina.org foi um divisor de águas em sua vida e do qual sobrevive hoje, com grandes marcas apoiando o projeto que vem lhe rendendo convites e mais convites para falar das riquezas culturais do Nordeste, dando ênfase na sua criatividade empreendedora. “No Nordeste as coisas são muito difíceis e ninguém apostaria que numa cidade tão pequena do Nordeste um grandioso projeto surgiria. Acreditei, vi o poder que a tecnologia tinha, minha criatividade e coragem de trabalhar e, graças a Deus, sou um cara muito feliz, realizei meu sonho, que era trabalhar com o que eu gosto”, disse Bráulio.  

Ambas palestras oferecidas na noite de ontem pelo Sebrae deixaram claro para o público presente que todos podem conseguir seus objetivos, se tiverem planejamento, conhecimento e garra para colocar seus projetos em prática. O gerente do Sebrae Patos, Aldo Nunes, parabenizou os palestrantes pela apresentação de alto nível motivacional e aproveitou a ocasião para convidar a todos para participarem da Feira do Empreendedor, que acontece na próxima semana, de 15 a 18, no Centro de Convenções de João Pessoa, onde acontecerão diversas atividades focalizando o empreendedorismo: palestras, oficinas, atendimentos e participação de mais de 80 expositores.


quinta-feira, 8 de maio de 2014

Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação contra gripe

O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira (8) que a campanha de vacinação contra a gripe será prorrogada em todo o país.  Até esta quinta, mais de 21,3 milhões de pessoas se vacinaram contra a doença, o que representa 53,6% da meta estabelecida, que é de atingir 80% do grupo prioritário para a imunização, de 49,6 milhões de pessoas.

A pasta destaca que é importante que as pessoas procurem por um posto de saúde o quanto antes para não deixar para se vacinar nos últimos dias, já que a imunização demora cerca de 15 dias para fazer efeito e no período de frio aumentam as chances de contágio.

Os públicos-alvo da campanha são as crianças de 6 meses a menores de 5 anos, idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, presos e funcionários do sistema prisional.
No ano passado, o público infantil incluído na campanha tinha idade de seis meses a 2 anos -- houve ampliação, portanto. Segundo o ministério, pessoas com doenças crônicas e "condições clínicas especiais" também devem se vacinar.
Imunização
A imunização via injeção protege contra os subtipos do vírus influenza: H1N1, H3N2 e B. As doses devem ser aplicadas antes do período de inverno.

Segundo o ministério, serão distribuídas neste ano 53,5 milhões de doses da vacina para os 65 mil postos de saúde. De acordo com a pasta, a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonia e de 39% a 75% os índices de mortalidade por influenza.

Ainda de acordo com o ministério, a pessoa que é vacinada não fica gripada em função da imunização.

G1

Centro de Cultura lança exposição em comemoração ao Dia Nacional do Artista Plástico


A Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes do município de Patos, realiza na noite desta quinta-feira, 08, no Centro de Cultura Amaury de Carvalho, a partir das 20h, o lançamento da I Mostra de Patoense de Artes Plásticas.
O evento é alusivo ao Dia Nacional do Artista Plástico e tem como objetivo integrar os artistas plásticos patoenses numa mostra de arte, onde estarão expostas as obras destes artistas. 
“Estaremos recebendo aqui no Centro de Cultura 12 artistas plásticos de Patos, aqui estarão expostos grande parte de suas obras. A intenção é mostrar à comunidade os artistas primorosos que nós temos, e também homenageá-los por seu dia,” disse o Secretário de Cultura, Turismo e Esportes de Patos, Romildo Sousa.
Na exposição o público encontrará obras de artistas já conhecidos a exemplo de Murilo Santos, Washington Queiroz e Mário Leitão. Na oportunidade também serão lançados o CD da cantora Cida Dyas, e o livro de poesias Mina Prazer, de autoria de Romildo Sousa.


Ascom

Paradas de ônibus recebem assentos e coberta em Patos




Visando dar maior comodidade e conforto aos usuários de transportes coletivos de Patos, a STTrans, em parceria com a Prefeitura e empresas privadas, está dotando as paradas de ônibus da cidade de cobertas e assentos, inclusive com espaço reservado a cadeirantes.

Segundo o superintendente de trânsito, Marcos Eduardo, nessa fase inicial estão sendo equipadas quinze pontos de ônibus. “O projeto prevê a instalação de cobertas e assentos em todos os bairros em que passe o coletivo. É complicado a pessoa esperar o transporte coletivo em pé, sob sol ou chuva”, explica Eduardo.

Um dos primeiro pontos de ônibus a receber a nova estrutura é a do Hospital Regional, uma iniciativa aprovada pelos usuários dos coletivos. Até o São João ele acredita que os trabalhos sejam concluídos.


Outra ação da STTrans, além da sinalização que vem ocorrendo em diversas ruas da cidade, diz respeito à recuperação das praças de mototaxistas, nas quais muitas não conseguem atender as necessidades dos condutores de moto. Como são muitas praças, esse trabalho se prolongará além evento junino.

Marcos Eugênio

Sertão da PB pode sediar nova Zona Franca para livre comércio no país, assim como Manaus


 
O Sertão paraibano poderá ganhar uma área de livre comércio de importação e exportação. A Paraíba e mais três estados do Nordeste poderão receber uma nova área com incentivos fiscais especiais. Nesta quinta-feira (8), será instalada na Câmara Federal a comissão especial que analisará a criação da Zona Franca do Semiárido Nordestino, resultado da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 19/11.
De acordo com o projeto, a área para zona franca será sediada no município de Cajazeiras (PB), a 468 km de João Pessoa,  irá abranger também municípios dos estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará.
A proposta será analisada quase meio século da implantação da Zona Franca de Manaus. Segundo a proposta, de autoria do deputado federal paraibano Wilson Filho (PTB), a nova zona franca será semelhante a de Manaus, com benefícios fiscais pelo prazo de 30 anos. Caberá ao Governo Federal demarcar a extensão da região, com um raio mínimo de 100 quilômetros, a partir de Cajazeiras.
Além de Cajazeiras as cidades de Patos (PB), Serra Talhada (PE), Juazeiro do Norte (CE) e Pau dos Ferros (RN) serão beneficiadas com a criação dessa área de livre comércio.
Conforme dados do Ministério da Integração, o semiárido tem uma área de mais de 981 mil quilômetros quadrados, abrangendo 1.134 municípios dos nove estados do Nordeste. No total, são mais de 22 milhões de habitantes.
Nesta quinta-feira (8) também serão escolhidos os presidente e vice-presidente da comissão especial. 

portalcorreio

Municípios são capacitados para trabalhar com novo sistema de informação do Ministério da Saúde












A SES (Secretaria de Estado da Saúde) oferece hoje e amanhã, respectivamente quinta e sexta-feira, uma oficina direcionada aos coordenadores da atenção básica de saúde e técnicos de informática (TI) da Macrorregião Patos, que compreende municípios da 6ª, 7ª e 11ª gerências. O objetivo é capacitá-los para trabalharem o novo sistema de informação da atenção básica, o e-SUS, que chega para facilitar e contribuir numa melhor organização do trabalho dos profissionais de saúde, dando mais qualidade nos serviços prestados à população. 

Os dados do PSF deixarão de ser enviados ao Ministério da Saúde via SIAB- Sistema de Informação da Atenção Básica, para acontecer pelo Sistema de Informação em Saúde da Atenção Básica (SISAB).

O MS pretende com esse soft (e-SUS) integrar os sistemas, permitindo se conhecer a situação de saúde individualizada por meio do Cartão Nacional de Saúde. Ou seja, através do número do cartão será possível conhecer o histórico de saúde da pessoa.

Para Shênia Felício, gerente de atenção básica da Paraíba, o novo sistema permitira que a gestão possa acompanhar de forma maias organizada o que as equipes de saúde têm produzido e estas vão produzir de forma mais qualificada o que elas fazem no dia a dia. “Atualmente as equipes enviam mensalmente os dados de maneira consolidada, o que não se permite saber o que cada profissional realizou. Através do e-SUS esses dados poderão ser demonstrados, quando se saberá o que o médico, o enfermeiro fez.

Na manhã desta quinta-feira aconteceu a explicação geral do que é o e-SUS. Na parte da tarde a equipe técnica da SES e do Datasus vão trabalhar com os participantes de maneira mais aprofundada os modelo Coleta de Dados Simplificada (CDS) e o PEC – Prontuário Eletrônico. Em seguida os TI vão ao laboratório e informática das FIP – Faculdades Integradas de Patos, local do evento, para aprender a trabalhar o novo soft da atenção primária.

O gerente regional de Saúde, José Leudo Farias falou sobre essa nova tecnologia, o e-SUS, que vai facilitar, deixar mais claros os dados de atendimento e humanizar mais o Sistema Único de Saúde. A proposta da SES e MS é capacitar todos os 223 municípios para que até julho o sistema tenha sido implantado em todos eles. A população poderá acompanhar online, seja pelo site do município ou do Governo Federal o que acontece na atenção básica. “Alguns municípios da região de Patos já usam o novo soft, mas não oficialmente, em fase experimental. Esperamos com essa capacitação todos possam trabalhar com o e-SUS urgentemente”, comentou José Leudo.


Marcos Eugênio

Funasa realiza análise de águas em Patos e Santa Luzia




Evitar surtos de diarréia e outras patologias causadas por águas que não atendam as necessidades de consumo humano. Este é um dos objetivos do Governo do Estado, através da SES – Secretaria de Estado da Saúde, ao acionar a Funasa – Fundação Nacional de Saúde, para um trabalho de análise de águas em municípios paraibanos.

Na região de Patos esta cidade e Santa Luzia estão recebendo técnicos da Fundação, não apenas para analisar, através de seu laboratório volante, mas orientar e recomendar aos gestores municipais atitudes simples, planos de segurança da água, atendendo princípios da OMS – Organização Mundial de Saúde, para que a população receba a água com qualidade.

Apesar da Cagepa realizar o trabalho de tratamento nas suas estações, nem sempre a água chega ao consumidor com a qualidade desejável. Vários problemas podem ocorrer no seu trajeto até a ponta final, o consumidor. Um exemplo claro são as caixas de água de escolas, que precisam ser lavadas impreterivelmente de seis em seis meses. Fatores físico-químicos podem anular a eficácia do cloro, usado na desinfecção da água.

Nesse trabalho os funcionários da Funasa, Rosimere de Farias e Geraldo Moura mantiveram reunião com técnicos da 6ª Gerência Regional de Saúde, Cagepa e do setor de epidemiologia do município de Patos para traçar um plano de monitoramento, com coletas de águas para análise, a partir da estação de tratamento da Cagepa até às torneiras de alguns bairros, sendo escolhidos nesta cidade o Mutirão, Centro, Salgadinho, Bivar Olinto, Vila mariana, Novo Horizonte, e Sete Casas. A análise ocorre no próprio laboratório volante da Funasa.

Nesta quinta-feira 08 a visita será feita em Santa Luzia. Após esse trabalho a Funasa fará um relatório para a SES, que a partir daí, traçará um planejamento a ser trabalhado com os municípios, se necessário. “É importante que, principalmente as escolas, lavem suas caixas de águas de seis em seis meses para evitar a presença de bactérias que venham prejudicar a qualidade da água”, enfatizou Rosimere.


Uma das estratégias recomendadas é seguir monitoramento com as análises laboratoriais para se ter para garantir de potabilidade ideal da água. Existe grande deficiência de se trabalhar com as comunidades rurais. É um problema que precisa ser encarado com maior zelo pelos gestores municipais e suas equipes. A Funasa também verifica se a quantidade de cloro da água está no nível recomendado pelos órgãos sanitários e passa essa orientação aos manipuladores. 

Vereadores e mototaxistas discutem soluções por melhorias

Maurício Alves, autor da audiência pública. Foto:Marcos 

STTRans ministrará aulas gratuitas para categoria

Durante a noite da quarta-feira (7), foi realizada uma audiência pública, requerida pelo vereador Maurício Alves, a fim de discutir os problemas enfrentados pelos mototaxistas de Patos. No encontro estiveram presentes a Presidente Nadir Rodrigues, os Vereadores Maurício Alves, Sales Junior, Inácio de Gelo, Isis Karla, Diogo Medeiros e Toinho Nascimento. Também foram convidados Damião Medeiros (representante da STTrans), Eudo Farias Casagrande (mototaxista), José Marcos da Silva (presidente do Sindicato dos Mototaxistas de Patos) e o Deputado Estadual Antônio Mineral.

Dentre as reivindicações dos mototaxistas foi discutida a obrigatoriedade do profissional obter a Carteira de Habilitação nas categorias A e B (que capacita o condutor a guiar carros e motocicletas) para renovar a habilitação voltada para os profissionais. Até então, para exercer a profissão era necessária apenas a carteira de letra A (condução de motocicletas). Para o Vereador Sales Junior, alguns mototaxistas da cidade estão entrando na clandestinidade diante da condição do DETRAN que chega a cobrar R$800,00 de taxas que poderiam ser sanadas mediante um curso ministrado por um órgão competente como o STTrans. Indicado pela plateia de mototaxistas presentes, o profissional Francisco Filho desabafou "Ando com minha moto atrasada pela cidade não por opção. A vida de mototaxista é muito dura e nós não temos condições de pagar."

Para esclarecer este ponto, o representante da STTrans, Damião Medeiros, tocou em alguns pontos que atentam para a não utilidade da habilitação A e B para o mototaxista. "Mesmo sendo uma orientação do CONTRAN para o DETRAN-PB, o Código de Trânsito determina que para quem se utiliza apenas de motocicletas, só é necessário a Carteira de letra A. Qualquer indicação que tente o contrário é irregular."

Na tribuna, a Vereadora Nadir Rodrigues enfatizou o apoio aos mototaxistas falando dos riscos de saúde e de segurança que os mototaxistas podem vir a sofrer. "Patos é uma cidade tipicamente quente, e passar o dia sobre a moto é muito nocivo à pele. Além disso, temos relatos de muitos casos de assassinatos destes profissionais desde quando eles começaram a circular pelas ruas, anos atrás. Infelizmente, eles têm que fazer o transporte de costas para desconhecido, o que é muito perigoso." relatou a vereadora.

No meio da audiência, o Vereador Maurício Alves solicitou o aparte para anunciar que, em contato via celular, a Prefeita Francisca Motta condicionará a Superintendência de Trânsito e Transportes de Patos a ministrar os cursos gratuitamente aos mototaxistas, removendo a condição colocada pelo DETRAN. Segundo ele, já existem instalações apropriadas para o lecionamento.

Em entrevista, o mototaxista Casagrande disse sentir-se muito satisfeito com os resultados obtidos na Audiência Pública e prometeu que as cobranças da categoria de mototaxistas será responsável e gradativa para que os avanços melhorem as vidas destas pessoas.

O vereador Diogo Medeiros citou a produtividade pela união das esferas de poder municipal e estadual como forma de se resolver problemas. Ao fim, a vereadora Isis Karla engrandeceu o encontro pelo dinamismo dos envolvidos em buscar soluções e disse haver a possiblidade em requerer uma nova audiência daqui há alguns meses para analisar o saldo deste encontro e buscar mais conquistas para os mototaxistas.

Assessoria de Comunicação
Câmara Municipal de Patos

Vasco e Treze empatam no São Januário e Galo dá adeus à competição

Na noite de estreia do treinador Givanildo de Oliveira, que inclusive não teve tempo de comandar nenhum treinamento, o Treze entrou em campo com uma missão ingrata: vencer o Vasco em pleno São Januário. Como perdeu por 2 x 1 no Amigão, o Treze precisava devolver o placar. 1 x 0 para o Galo dava Vasco pelo gol marcado fora.
O Vasco começou melhor, jogando em casa e apoiado pela sua torcida, pressionou nos primeiros minutos. Mas depois o Treze equilibrou mais as ações, mas mesmo assim o Vasco era mais perigoso. Aos 20 min em falta cobrada na área, Douglas Silva abriu o placar para o Vasco. Dois minutos depois Marlon, do Vasco perde uma chance incrível: em rebote o gol fica aberto, e ele sem muito ângulo chuta na trave. Aos 24 minutos, o Treze empata em falha grotesca da zaga vascaína: Luan recua errado de cabeça e Jailson manda na saída de Martín Silva para deixar tudo igual. Depois do gol, o jogo fica amarrado no meio campo. O Vasco ainda teve um gol mal anulado e terminou empatado o primeiro tempo em que o Vasco foi superior ao Treze.
No segundo tempo o Vasco continua superior, mas não consegue chegar com eficiência à meta do Treze. O Galo também teve suas chances de virar, mas nenhuma muito clara. Depois dos 15 minutos, o Treze equilibra a partida e passa a trazer perigo ao Vasco. Mas aos 21 min em lance polêmico, Fernandes é expulso do jogo. A bola pegou em sua mão, mas também pegou na mão do vascaíno Yago. Com um a menos, o Treze recua e tenta chegar nos contra-ataques. O Galo consegue bravamente evitar ser pressionado pelo Vasco. Aos 41 min quase o Treze vira em cruzamento que vai para a área e o goleiro do Vasco não alcança, a bola raspa o travessão. O Galo ainda deu uma pressãozinha no final, mas não conseguiu marcar. Final: Vasco 1 x 1 Treze.
O Vasco pega agora a Ponte Preta na terceira fase da Copa do Brasil e o Treze dá adeus a competição.
Feliphe Rojas

Arquivo do blog