Compromisso com a verdade dos fatos

Bem-vindo ao blog Garimpando Palavras

sábado, 6 de junho de 2015

Agentes de endemias iniciam 3° ciclo de visitas domiciliares nesta segunda-feira, dia 08


A Secretaria Municipal de Saúde de Patos, através da Vigilância Ambiental retoma na próxima segunda-feira, dia 08, os trabalhos de combate ao mosquito da dengue e de orientações à população sobre as formas de prevenção dos focos. As equipes de agentes de edemias farão o 3° ciclo de visitas domiciliares de 2015, em suas respectivas áreas de atuação.

Segundo explicou a coordenadora da Vigilância Ambiental, Gorete Batista, devido a grande epidemia de dengue ocorrida nas regiões Sul e Sudeste do país, o Ministério da Saúde não estava dispondo de larvicida para enviar para nossa região.

“Procuramos alertar à população que o larvicida não é um agente preventivo, mas de tratamento, a melhor forma de prevenir ainda é tomar os devidos cuidados no armazenamento da água. Contudo, informamos que o larvicida é para ser usado em recipientes de grande volume, ou em locais onde a larva do mosquito já se encontra. Nos recipientes de pequeno volume e que passam por limpeza a cada oito dias, não é necessária a aplicação do produto,” detalhou.

A visita domiciliar do agente de endemias acontece a cada dois meses, e a coordenadora pede ainda que a população colabore recebendo os agentes em sua residência. “Mesmo que não haja foco da doença na residência, a gente pede que atendam bem os agentes de endemias, e também prestem atenção às orientações repassadas por eles quanto a forma correta de combater a proliferação da dengue,” solicitou.

Gorete Batista lembra que as pessoas com suspeita de ter contraído a dengue devem se dirigir às unidades de saúde para notificação dos casos. A partir desse registro as equipes de agentes de endemias planejam uma forma mais pontual de tratamento.

A Vigilância Ambiental de Patos conta com uma equipe formada 52 agentes de endemias capacitados para desenvolver com celeridade o trabalho de profilaxia ao mosquito Aedes Aegypti.

Kamylla Lopes

Polícia prende acusados de assalto a posto de combustíveis e de assassinato a Cabo da PM


Momento em que populares tentam linchar suspeitos







Cerca de 80 policiais civis e militares de Patos e de municípios da região, que vieram dar apoio, participaram na manhã deste sábado 6 da captura de quatro homens e apreensão de dois menores, todos acusados de participarem na madrugada de hoje ao posto de combustíveis Almeida, no Monte Castelo, nesta cidade, fato ocorrido por volta das 3h da madrugada. Na ocasião o Cabo da PM, Ubirajara Moreira Dias, foi morto a tiros de espingarda calibre 12. Dois integrantes da quadrilha reagiram ao cerco policial em São José do Bonfim e foram mortos, Joilson e Eliosmar Ferreira de Lucena.

Os acusados do assalto foram: Raimundo Barbosa, 19 anos, morador do Alto da Tubiba, em patos; Severino Alves Costa, 36, residente em São José do Bonfim; Daniel Alves, 26, de Teixeira e Jeferson dos Santos, 18, do Mutirão, Patos.

Após o assalto e o crime de homicídio contra o Caba da PM, fato que gerou bastante revolta na cidade, os bandidos empreenderam fuga. A s policiais Militar e Civil iniciaram as investigações e conseguiram apreender o primeiro menor do grupo, que passou detalhes do resto do bando, onde estavam escondidos, o armamento, a moto que haviam levado do Cabo. Equipes da polícia foram ao município de São José do Bonfim, onde cercaram a residência e deram voz de prisão. Dois reagiram e trocaram tiros com os policiais, sendo atingidos. Foram socorridos ao Hospital Regional de patos, mas não resistiram aos ferimentos.

Outros dois foram detidos quando escapavam de moto na Serra de Teixeira e outros dois na tal residência, segundo informações do comandante do III BPM, Cel. Campos. O assalto teria sido planejado na noite de ontem, numa casa do bairro Mutirão, em Patos. “Por míseras notas de reais tiraram a vida de nosso companheiro de trabalho, de forma bastante covarde”, desabafou Campos.

Jeferson dos Santos, que responde pela alcunha de Queixinho, que já cumpriu pena por roubo, disse que quem matou o Cabo Bira, como era conhecido, teria sido Joilson e mostrou a arma usada pelo comparsa, uma espingarda calibre 12, cano cerrado. Foram apreendidos também um revólver 38 niquelado e outra espingarda, além das roupas, capuzes usados no assalto, parte do dinheiro levado do posto, celulares, cartões de crédito e projéteis não deflagrados.

Na chegada dos suspeitos à Delegacia central de Patos, muita gente estava aglomerada à espera destes. Foi um momento de intensa revolta e senão houvesse policiais em grande número para fazer a segurança dos detidos estes teriam sido linchados pelo povo exaltado, que queria fazer justiça pelas próprias mãos. Houve agressão e empurra-empurra. Um suspeito de envolvimento, detido, que chegava no mesmo momento, foi confundido como integrante do grupo de assaltantes e apanhou bastante ao passar próximo ao cordão de isolamento pelo público.


Governo do Estado realiza Seminário Estadual de Gestão Pedagógica


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), realiza, das 8h às 17h desta terça-feira (9), o Seminário Estadual de Gestão Pedagógica (Segep). O evento objetiva lançar o Plano de Metas de Indicadores Educacionais das escolas estaduais para gerentes regionais de Educação, coordenadores pedagógicos das GREs, diretores e professores. O lançamento do PMIE ocorrerá no auditório da Asplan, em João Pessoa.

De acordo com a secretária de Estado da Gestão Pedagógica da Educação, Roziane Marinho, o Plano visa também promover reflexões sobre a formação de cidadão com competências e habilidades necessárias à inserção social.  “Para isso, cumpre orientar, acompanhar e avaliar o desenvolvimento dos projetos pedagógicos das escolas, da rede estadual de ensino, apontando medidas de melhoria da prática educativa e, neste momento, assume o desafio de projetar metas de indicadores por escola, a partir dos resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação da Paraíba (IDEPB) de 2012 a 2014”, ressaltou.

Na ocasião, será lançado também o Plano de Intervenção Pedagógica (PIP), que visa trabalhar na escola o alcance das metas. “A partir da proposta cabe a cada escola avaliar sua prática educativa, planejar e elaborar seu PIP, envolvendo toda a comunidade escolar, para que os índices sejam alcançados no IDEPB, que será aplicado em setembro deste ano”, explicou Roziane Marinho.

Roziane Marinho
As metas das escolas da rede estadual de ensino foram calculadas, utilizando as informações do IDEPB, que leva em conta o fluxo escolar e a proficiência dos estudantes, de modo que, no âmbito estadual, cada escola alcance a previsão de: média 6,0 em 2021 para o 5º ano, média 6,0 em 2025 para o 9º ano e média 6,0 em 2028 para a 3ª série do Ensino Médio.

Durante o evento serão discutidos os aspectos conceituais e metodológicos do Plano de Metas e apresentada a proposta de Plano de Metas por escola, além de estudo de caso, pelo professor Dr. Wagner Resende do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAED/UFJF). À tarde a secretária Roziane Marinho, abordará o Plano de Intervenção Pedagógica (PIP) a partir das metas do IDEPB e serão apresentadas experiências exitosas de escolas estaduais que desenvolvem ações a partir da análise dos resultados deste índice.

secom

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Audiência Pública discutiu e apresentou as metas e estratégias da educação para os próximos anos




Pensando nos próximos 10 anos, a Secretaria de Educação de Quixaba realizou na manhã desta quarta-feira, 03, no ginásio esportivo da Escola Cícero Sulpino, audiência pública em prol do planejamento, com base em metas e estratégias, da educação municipal.

Essa iniciativa faz parte do Planejamento Municipal de Educação (PME), programa que discute as diretrizes da educação no município para a próxima década (de 2016 até 2025), e que precisa estar alinhado ao Plano Nacional de Educação (PNE) e ao Plano Estadual de Educação (PEE).

O evento teve início às 08h30, e contou com a participação de autoridades locais, secretários, profissionais da educação e populares.

A abertura foi iniciada com o hino nacional, seguida de uma ministração do Pastor Damião de Oliveira, representante dos pais de alunos, e de uma pausa para o café da manhã.

Em seguida, a Secretária de Educação e presidente da Comissão de Elaboração do PME, Maria Rosineide, apresentou as vintes metas (http://pne.mec.gov.br/images/pdf/pne_conhecendo_20_metas.pdf) do PNE. Ao término da apresentação, fez questão de destacar o empenho e suporte oferecido pela Prefeitura de Quixaba em fazer a educação do município crescer.

“A educação de Quixaba nunca cresceu tanto como nos últimos sete anos. Com o esforço da Prefeitura, através da Secretaria de Educação, demos saltos importantes no progresso da educação. Tenho certeza que esse plano será atingido, e a educação de Quixaba tornara-se ainda mais referência na região”, destacou a Secretária.

A apresentação das estratégias da educação infantil foi feita de forma dramatizada, com as professoras da Creche Tudinha Pereira encenando uma peça onde era mostrado o dia-a-dia dos profissionais da educação e seus desafios. Entre as estratégias, está a construção de uma nova creche para atender, nesse espaço de 10 anos, a uma demanda maior de crianças, creche esta, que se encontra em vias de conclusão.

O professor Helder Nunes fez a apresentação das estratégias da Escola Estadual Herculano Pereira, que funciona atualmente nas dependências da Escola Cícero Sulpino.

Kilmara Macedo apresentou as estratégias das escolas urbanas, enquanto a professora Edna Medeiros encarregou-se de apresentar as da Educação de Jovens e Adultos (EJA), programa que vem possibilitando aos adultos que tiveram que largar a escola ainda na infância, se formarem no ensino médio. A professora Richelly Lainara apresentou as estratégias referentes as escolas da zona rural, concluindo, assim, as apresentações.

Apresentado as estratégias e metas, a Prefeitura de Quixaba, através da Secretaria de Educação, arregaça as mangas e se movimenta para atendê-las e garantir uma educação de qualidade aos munícipes pelos próximos 10 anos.


Eduardo Silva

PRF prende um dos foragidos mais procurados pela polícia cearense


Agentes do Núcleo de Operações Especiais (NOE) da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam na noite de ontem (3) na unidade operacional da Farinha, em Pocinhos, Agreste da Paraíba, um dos criminosos mais procurados no estado do Pará.

João Bosco dos Santos Silva, 37 anos, natural de Belém (PA), era passageiro de um ônibus que fazia a linha entre Teresina e João Pessoa. Os agentes do NOE embarcaram no coletivo e deram início às revistas e checagem de documentos dos passageiros. Ao terem acesso aos documentos do João Bosco, descobriram que se tratava de um foragido da Justiça do Ceará, e que havia sido preso em 2013 em Fortaleza. Dentre os crimes cometidos por ele, estão: sequestros, assaltos a Carro Forte, homicídios, tráfico de drogas, falsidade ideológica, falsificação de documento público e porte ilegal de arma de fogo.



Assessoria de Comunicação Social/PRF

O CELULAR E A PESSOA IDOSA


“Sei não, triste dos velhos. Esse povo novo não dá mais atenção às pessoas idosas. Não quer mais saber da gente. Só vive no celular. Sei não, seu padre”.

Celular moderno, avançado, portando diversos aplicativos altamente sofisticados. Eis o aparelho que faz companhia, dia e noite, às crianças e aos jovens. Todos o conduzem com o máximo de cuidado. Tornou-se um “companheiro” especial, inseparável. Ninguém desgruda do tal aparelho, mesmo nas horas tão essenciais da vida.

Invenção tão importante, tão necessária, mas, ao mesmo tempo, tornou-se sinônimo de crueldade, desumanidade. Por quê? Porque tomou o lugar do contato humano, da reciprocidade humana. O outro não importa, não conta. O que prevalece é o meu olhar obcecado, atento, para a telinha do meu celular ultramoderno. Que ninguém me atrapalhe, incomode.

Quem vem sofrendo com as consequências dessa invenção tecnológica é a pessoa idosa, pelo fato de estar sendo relegada ao esquecimento, à indiferença, ao isolamento à insensibilidade. A geração nova parece dar mais atenção ao aparelho, que só falta falar, do que aos idosos, no caso, seus pais, avós, tios etc.

Vejam o que ouvi e continuo ouvindo de tantas pessoas idosas sobre os jovens- filhos, netos, sobrinhos, vizinho etc.- e o celular. São palavras fortes, carregadas de sentimento de indignação, de tristeza, de rejeição e solidão. Muitos falam com a voz embargada e os olhos lacrimejados:

-Padre Djacy, quando os meus netos chegam na minha casa, eles não querem saber da gente, cada um se senta na poltrona e se entrega ao celular a gente fica sobrando.

-Sei não, triste dos velhos. Esse povo novo não dá mais atenção a gente. Não quer mais saber da gente. Sei não.

-Nossos netos agora só vivem olhando pra o celular, eles não conversam com a gente, nem olham pra gente.

-Padre, nossos netos trocaram a gente pelo celular. Eles não olham nem conversam com a gente.

-Para essa gente nova, velhos não valem mais nada. Esse povo novo não para pra conversar com a gente, só vive grudado no celular.

-De primeiro, as pessoas novas gostavam de conversar com os mais velhos, gostavam de ouvir as nossas estórias. Hoje, as coisas mudaram muito. Esse povo novo não quer conversa com a gente. Tudo mudou. A gente velha fica sozinha, ninguém nos dá atenção. Agora piorou com o tal de celular. Sei não, hein?

-Antigamente, no final de semana a minha casa ficava cheia de gente. Eram filhos, netos, noras, genros, sobrinhos. Era tanta brincadeira, conversas. Todos conversavam, riam, hoje, a coisa é outra. A casa continua cheia de gente, mas cada um no seu mundo olhando seu celular. Ninguém perde um minuto com o celular.

-Padre Djacy, tenho um tal de zap zap que tira atenção das pessoas mais novas. Essa gente deixa de conversar com a gente para conversar com esse tal de zap zap. Triste de quem é idoso. Adeus tempo bom, tempo onde os velhos eram ouvidos.

-O negócio tá feio mesmo. Tem um tal de  api api que  virou moda aqui em casa. Meus filhos não conversam mais com a gente, só vive nessa molesta de api api. Esse bicho não deixa mais ninguém dormir, toda hora é apitando feito o diabo.
-Tem hora que eu grito: meu filho, solta esse diabo de celular e vem conversar comigo, me dê atenção, pelo amor de Deus. Aí responde: já vou, deixe eu ver primeiro esse negócio. E eu fico sempre em segundo ou terceiro lugar. Dá vontade mesmo é de chorar, de morrer.

-Esses jovens de hoje não mais saber dos velhos. Pobres dos velhos. A gente vive entregue à solidão. E agora com esse tal de celular a coisa piorou ainda mais. Ninguém nos dá atenção.

-Seu padre, nunca vi uma geração tão insensível, tão fria com esta. Esses jovens não conversam com quem é velho. Tenho vários netos, mas tá pensando que eles conversam comigo ou a avó? Que nada! Quando vêm aqui, em vez de conversar com a gente, ficam é com o celular na mão, vendo isso, vendo aquilo. Até pra almoçar é preciso chamar.

-Pra não ficar sozinho, abandonado, sem ter ninguém pra conversar, já que os meus netos so querem saber de celular, eu resolvi comprar um celular pra mexer. Estou aprendendo a usar esse aparelho. Se a gente se entregar, é pior. Netos não querem saber de fazer companhia a gente não.
-Esse povo de hoje não quer mais perder tempo com os mais velhos. Para essa mocidade, o que importa é passar o dia todo vendo as coisas do celular.

-Padre Djacy, aqui na minha casa, quando os meus netos chegam eles se sentam na poltrona e passa o tempo todo mexendo o diabo do celular. Eles não pedem nem mais a benção.
-Antigamente, os netos se preocupavam com o avô, com avó. Eles perguntavam se estava bem de saúde. Hoje, padre, eles não querem saber se a gente está doente ou não. O negócio deles é com o celular. Não sei que diabo tem dentro desse bicho.

-Trocaram as pessoas idosas pelo celular. Na rua, a gente passa e dá um bom dia, uma boa noite, e a turma jovem nem responde, nem olha, porque está olhando o seu celular. Eles nem levantam a cabeça pra olhar quem é. As coisas mudaram muito. No passado, os jovens davam muita atenção a quem tinha idade avançada. Meu Deus!

-Com esse povo novo grudado nesse negócio de celular, quem é velho pode estar morrendo de dores, seja lá o que for, eles não estão nem aí. Se a gente chama, responde: pera aí, vou daqui a pouco. E quando vem socorrer a quem pede socorro, ainda grita: o senhor não tem paciência? Não sabe esperar? 

-Sentei na calçada do vizinho, e lá tinham cinco jovens e dois anciãos. Imagine, seu padre, ninguém conversava com nós dois. Todos os cincos estavam grudados no tal do vap,vap, sei lá o que era isso. A minha só não fiquei só porque tinha o meu amigo vizinho, que é da minha idade.

-Eita mundo estranho. Até em velório ninguém mais reza, canta ou conversa. É todo mundo no celular. Coitado do defunto!

-O idoso pode está morrendo de dor, se acabando numa cama, mas o neto ou neta não larga o celular. Ainda manda a gente se calar pra não atrapalhar a conversa no zap,zap.

-Triste dos pais velhos que têm filhos e netos que não estão nem aí pra eles por causa de celular. Agora, quando morrem, fica todo mundo chorando. Não é verdade? Eu não estou certo falando isso?

-Triste de quem fica velho no mundo de hoje. É tanto desprezo, tanta ingratidão, tanta frieza. Os jovens de hoje não querem saber de quem fica velho. Quanta solidão na nossa vida. E agora piorou com o tal do celular, da internet, e do tal zap,zap.

-Tantos filhos, tantos netos, tantos sobrinhos, tantos parentes, mas  vivemos sozinhos, sem ninguém. A solidão é a nossa companhia. Essa gente nova não se importa com os mais velhos. A vida desse povo novo é somente para o celular. A gente perdeu para esse pequeno aparelhinho. Ele roubou o que mais precioso a gente achava: a companhia.

Eis a nova realidade enfrentada pelas pessoas da terceira idade. Nada contra o celular, até porque o aparelho não tem culpa. O grande problema é que trocaram o contato humano pelo o uso neurótico do referido aparelho.

Para os filhos cristãos- crianças, jovens, adultos- que não desgrudam do celular, recomendaria alguns versículos bíblicos que falam sobre a importância da pessoa idosa. Lendo-os, meditando-os, possam tomar consciência de que toda pessoa da terceira idade, seja ela quem for, merece ser tratada com muito amor, respeito, atenção e consideração:

"Levantem-se na presença dos idosos, honrem os anciãos, temam o seu Deus. Eu sou o Senhor “(Levítico 19:32).
"Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor, o teu Deus, te dá” (Êxodo 20:12) .

“ouça o seu pai, que o gerou; não despreze sua mãe quando ela envelhecer” (Provérbio 23:22).

"Levantem-se na presença dos idosos, honrem os anciãos, temam o seu Deus. Eu sou o Senhor”( Levítico 19:32).

“Agora que estou velho, de cabelos brancos, não me abandones, ó Deus, para que eu possa falar da tua força aos nossos filhos, e do teu poder às futuras gerações” (Salmo 71:18). 


“Da mesma forma, jovens, sujeitem-se aos mais velhos. Sejam todos humildes uns para com os outros, porque “Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes” (1 Pedro 5:5). 


"Levantem-se na presença dos idosos, honrem os anciãos, temam o seu Deus. Eu sou o Senhor” (Levítico 19: 32). 


“A beleza dos jovens está na sua força; a glória dos idosos, nos seus cabelos brancos” (Provérbio 20:29).


“Não repreenda asperamente o homem idoso, mas exorte-o como se ele fosse seu pai” (1 Timóteo 5:1)

“Quando, ao me verem, os jovens saíam do caminho, e os idosos ficavam em pé” (Jó 29:8).

Padre Djacy Brasileiro, em 04 de junho de 2015.

Twitter: @Padredjacy
OBSERVAÇÃO: as fotos foram tiradas da internet.

Candidatos ao CFO da Polícia Militar devem se inscrever no Enem até esta sexta-feira


Os candidatos que pretendem concorrer a uma das 30 vagas oferecidas no Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar, cujo edital foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (3), devem realizar a inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) até esta sexta-feira (5). A nota do Enem é utilizada como etapa intelectual do concurso da corporação, correspondente à primeira fase.

Para concorrer, o candidato deve fazer também no próximo mês a inscrição na Polícia Militar, que é referente às fases seguintes do certame: psicológico, de saúde, física e avaliação social. O edital publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (3) trouxe detalhes do número de vagas oferecidas na edição do concurso, que é de 25 para homens e 5 para mulheres, como também requisitos para o ingresso, entre eles, a altura mínima (1,65 m para o sexo masculino e 1,60 m para candidatos do feminino) e idade – ter 18 anos, no mínimo, e 30 anos, no máximo, até o dia 31 de dezembro de 2016, que é o ano da realização da matrícula para os aprovados.

As inscrições - As inscrições do Enem são realizadas no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no endereço www.enem.inep.gov.br. A taxa cobrada é de R$ 63,00 e pode ser paga até o dia 10 de junho. Já na Polícia Militar, a inscrição é para os exames complementares (psicológico, de saúde e exame de aptidão física) e serão feitas no site www.pm.pb.gov.br, a partir do dia 6 do mês de julho até às 9h do dia 10 de agosto. A taxa cobrada este ano é de R$ 50,00 e pode ser paga até o dia 11 de agosto.

O major Cristóvão Lucas, da comissão de divulgação do concurso, alertou os candidatos para o prazo da inscrição do Enem, que termina nesta sexta-feira. “Os candidatos que pretendem concorrer ao Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar devem atentar para o prazo da inscrição no Enem, pois só com ela que será possível concorrer a uma das vagas no CFO, já que desde 2013 adotamos a nota no exame como a primeira fase do concurso”, destacou.

Isenção – São isentos do pagamento da taxa de inscrição da Polícia Militar os doadores de sangue na rede hospitalar pública ou conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS), no Estado da Paraíba. Quem pretende optar pelo benefício deve comparecer ao Núcleo de Recrutamento e Seleção (NRS), na Diretoria de Gestão de Pessoas da PM, que fica localizado no prédio do Quartel do Comando-Geral, no Centro da Capital, entre os dias 8 e 22 de julho, no horário das 8h às 12h30.

Os interessados devem entregar o requerimento de isenção (o modelo está no edital) com cópia autenticada do formulário de inscrição preenchido, cédula de identidade, carteira de doador de sangue expedida por órgão estadual conveniado ao Sistema Único de Saúde (SUS) e comprovante de que fez, no mínimo, três doações à rede hospitalar pública ou conveniada ao SUS, nos últimos doze meses – com base até a data de publicação do edital da PM. A relação dos isentos será publicada no dia 29 de julho no site www.pm.pb.gov.br

Até o dia 28 de agosto a corporação está publicando a lista das inscrições que foram homologadas, o que definirá quantos candidatos estarão concorrendo ao concurso este ano. No ano passado, a concorrência foi de 89 candidatos para uma vaga no masculino e 97 no feminino.

As provas da primeira etapa - correspondentes ao Exame Nacional do Ensino Médio – serão realizadas nos dias 24 e 25 de outubro. A novidade deste ano é que serão chamados para as próximas fases do certame candidatos classificados em até 4 vezes o número de vagas, por gênero, de acordo com a nota obtida no Enem. Antes era apenas três vezes o número de vagas.

Aprovados – Após todas as etapas, os aprovados dentro do número de vagas passarão por um curso com duração de três anos, realizado na Academia da Polícia Militar do Cabo Branco, localizada no Centro de Educação na PM, em João Pessoa. 

secom

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Estudiosos discutem educação emocional em Seminário Internacional que acontece na capital


Adicionar legenda




Filósofo Juan Casassus

Filósofo António Válles

Marcos Eugênio

Reunir estudiosos, pesquisadores para contribuir para uma formação de pessoas que estão comprometidas com uma educação de mais qualidade. Este é o objetivo central do I Seminário Internacional de Educação Emocional, que acontece hoje e amanhã (sexta-feira 05) em João Pessoa, na Estação Ciência Cabo Branco.

Uma das idealizadoras e coordenadoras do evento, professora-doutora e escritora Elisa Pereira Gonsalves, diz que está havendo uma falência na maneira de se trabalhar dentro das escolas. Para ela, uma das causas tem sido a preocupação cognitiva (aquisição do conhecimento). "A questão do universo emocional tem sido um mistério para nós, por que ainda não conseguimos entender direito, e os cursos de formação não nos ajuda a entender como é que podemos compreender as emoções no aluno e fazer com que essas emoções colaborem com o aprendizado dele, para que ele seja melhor na vida. Não é uma coisa só atrelada à Matemática, português, é algo muito que isso", explicou.

A pesquisador disse que é fundamental o ensino da educação emocional na escola pública. Falou da série de emoções presentes em determinados atos, citando a violência escolar, como exemplo o bullying. Explica que a raiva, o medo, aversão ao outro, estão em todos os processos de violência. “Se o professor não consegue identificar, trabalhar bem cada emoção dessas, não adianta só punir, castigar, então ele estará mexendo lá na ponta e não na prevenção. A educação emocional age como uma prevenção aos atos violentos”.

Hoje no Brasil há vários grupos em instituições de ensino, a exemplo das universidades, desenvolvendo estudos na educação emocional. O que espera dos resultados oriundos do I Seminário Internacional, que reúne pesquisadores de todos os cantos do Brasil e de outras nações, Elisa acredita que essas pessoas vão se unir e formar uma só rede, expandir esses conhecimentos, e que a universidade possa voltar seus interesses para uma intervenção prática, não ficando presa às quatro paredes. “Temos que trabalhar junto com os professores, com a sociedade”, enfatiza.

Sobre seu último livro, lançado durante o seminário, com o título “Educação e Emoções”, apresenta uma nova metodologia destinada aos professores, para que estes possam trabalhar as emoções de seus alunos, individualmente ou em grupo. Defendo que não é preciso ser psicólogo para trabalhar a educação emocional. Um pai, uma mãe, tio, avó, todos nós somos educadores emocionais, querendo ou não você está educando aquela pessoa na relação que você tem com ela. Esse livro pretende dar mais clareza para que as pessoas sejam mais conscientes sobre isso”, enfatiza a professora da UFPB.

As pesquisas sobre a educação emocional cresceram bastante nos últimos anos em várias partes do mundo. Uma dessas referências é o filósofo e sociólogo chileno, Juan Casassus, conferencista do I Seminário Internacional de Educação Emocional, ouvido pelo pbnoticias. Ele dirigiu um amplo estudo solicitado pela Unesco sobre a qualidade da educação na América Latina, em 14 países, inclusive Brasil.

Questionado sobre o trabalho da educação emocional na escola disse ser da mais alta importância. Explicou, com base em seus estudos, que o homem tem que aprender a se relacionar, a se autoconhecer e que toda aprendizagem depende da emoção. “As experiências com o estudo da emoção estão acontecendo em muitas escolas de países distintos, uma pequena revolução no processo de aprendizagem. “Vivemos numa sociedade marcada por muita violência, frustração, raiva, tristeza, isso é um problema muito duro para as escolas”, opina, defendendo um modelo de ensino que olhe com mais carinho para as crianças e adolescentes, atendendo os anseios destes, melhorando a interatividade emocional entre estes e a escola.

Outro filósofo e estudioso da educação emocional, também palestrante do seminário, Antônio Válles, da Universidad de Alicante – Espanha, comentou que a educação emocional está relacionada ao desenvolvimento das competências de perceber, expressar e valorizar as emoções, e que os programas educativos devem permitir o desenvolvimento da inteligência emocional.


Nesta sexta-feira 5 haverá conferências com Elisa Gonsalves e com Juan Carlos Perez, da Espanha.

terça-feira, 2 de junho de 2015

Operação Corpus Christi – PRF intensifica fiscalizações na Paraíba


Começa no primeiro minuto desta quarta-feira (3) a Operação Corpus Christi 2015 da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que vai até à meia-noite do domingo (7). O principal objetivo da operação é diminuir o número de acidentes graves nas rodovias federais, além de garantir a fluidez do trânsito. A criminalidade também será alvo da PRF.

A ação abrangerá todas as rodovias federais que cortam a Paraíba, mas aquelas com grande circulação terão uma concentração de reforços, como a rodovia BR-230, que além de absorver praticamente todo o trânsito oriundo dos bairros de João Pessoa, ainda é o principal corredor de ligação entre a capital e demais cidades do interior. Também a BR-101 que margeia o litoral e a BR-104 na região de Campina Grande serão mais policiadas.

A PRF vai ser extremamente rigorosa na fiscalização principalmente quanto ao álcool e direção, ultrapassagem indevida, excesso de velocidade e condução indevida de motocicletas, motonetas e ciclomotores. Os agentes da PRF também irão reprimir os crimes nas rodovias, como o porte ilegal de arma de fogo, tráfico de entorpecente, contrabando, descaminho, crimes contra o meio ambiente, entre outros.

Carga pesada – haverá restrição ao trânsito de combinações de veículos de carga (CVC), de combinações de transporte de veículos (CTV) e de outros veículos portadores de autorização especial de trânsito. Os motoristas e empresas de transporte que utilizam estes veículos devem ficar atentos às restrições de tráfego nos trechos de pista simples.

Dicas para uma viagem segura - Para quem vai viajar nesse feriado a PRF recomenda aos motoristas que planejem sua viagem, tenham atenção, cautela, tolerância no trânsito e pratiquem a direção defensiva. Antes de pegar a estrada, fazer uma revisão preventiva no carro ou moto, examinando as condições de freio, fluídos, suspensão, pneus e estepe. Verificar também os equipamentos obrigatórios e o sistema de iluminação e não esquecer a documentação obrigatória, tanto pessoal quanto ao do veículo.

Mau costume - O motorista também não deve esquecer que toda a circulação no trânsito é feita pela faixa da direita. A faixa da esquerda deve ser utilizada para realizar ultrapassagem e dar preferência aos veículos de maior velocidade. Caso você esteja trafegando pela faixa da esquerda, lembre-se: é “obrigatório” dar passagem para quem solicitar; mesmo que você já esteja viajando na velocidade limite da via. Não dar passagem é “infração de trânsito”. O artigo 198 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece com infração o ato de deixar de dar passagem pela esquerda quando solicitado. A infração é de natureza média, punida com multa de R$ 85,13 e 4 pontos no prontuário do condutor.


Chuva – Em caso de chuva, reduza a velocidade do seu veículo, acenda os faróis e aumente a distância em relação ao veículo que está à sua frente.

Quando estiver dirigindo:

  • Mantenha uma distância segura do veículo seguinte;
  • Respeito à sinalização e aos limites de velocidade;
  • Todos os ocupantes do veículo são obrigados a usar cinto de segurança;
  • Antes de fazer qualquer manobra, o motorista deve sinalizar e só ultrapassar pela esquerda, nos locais devidamente sinalizados e seguro;
  • Todos os ocupantes do veículo são obrigados a usar o cinto de segurança. Crianças com até dez anos de idade devem ser transportadas nos assentos traseiros, usando os dispositivos de segurança como o bebê-conforto, cadeirinha ou assento de elevação, conforme a idade;
  • A cada duas horas de direção, recomenda-se parar o veículo e fazer um descanso por 15 minutos.
  • Não faça uso de bebida alcoólica se for dirigir.



A PRF disponibiliza o telefone 191 (disque PRF) que atende 24 horas. O serviço deve ser usado para a comunicação de acidentes, denúncia, orientação, queixa de roubo ou furto de veículos e outras informações. A ligação é gratuita.



Assessoria de Comunicação Social/PRF

Prefeita assina ordem de serviço para os canais do Noé Trajano e do Novo Horizonte






Depois de muita luta, burocracia, várias idas à Brasília na busca pelo aval do Ministério das ~15,8 milhões, pelo PAC II, para a construção dos canais do Novo Horizonte e do Noé Trajano, este reivindicado há 23 anos pelos moradores, cada um com mais de um quilômetro de extensão. Ao assinar a ordem de serviço, amanhã as máquinas começam a trabalhar, Francisca também rubricou a ordem de serviço para a construção do CIE – Centro de Iniciação ao Esporte.

“Não foi uma luta em vão. Estou muito feliz por ver um sonho concretizado. Amanhã as máquinas estarão cortando terra para início dessa tão importante obra para Patos”, comentou Francisca Motta.

Apenas 23 cidades do Brasil conseguiram a aprovação do projeto do CIE, dentre elas Patos. O Centro, orçado em R$ 3,7 milhões, será construído no antigo campo de Dodó. “É uma obra que atenderá não apenas a população do setor sul da cidade, mas de todo o município, a partir de diversas modalidades esportivas. O CIE tem importante papel social para Patos”, disse a prefeita. Ela parabenizou a briga do senador, à época, Vitalzinho, hoje ministro do TCU, e do deputado federal Hugo Motta para liberação desses quase R$ 20 milhões.

A prefeita de Patos também falou do investimento de R$ 2 milhões na construção de quatro quadras esportivas, com três obras já iniciadas. Uma está sendo construída na Escolha Zefinha Mota, nas Sete Casas, no Aristides Hamad Timene, no Santo Antônio, no Monsenhor Manoel Vieira e na escola Ageu de Castro, no bairro do Mutirão.   Outra obra já em andamento é a Vila Olímpica, orçada em mais de R$ 3 milhões, dentre outras ações, como a construção de praças, a exemplo do Bivar Olinto e licitação para três UBS.


A UPA do Jatobá, que estava abandonada pela primeira empresa, passará por nova licitação no próximo dia 13. O prédio passou por avarias causada por vândalos, e sequer tinha vigia e a Prefeitura não poderia intervir, colocar segurança, pois não havia possibilidade de justificar o pagamento, segundo Francisca Motta. 

Preparando-se para intercâmbio, FIP recebe Cônsul de Diplomacia Pública dos EUA



As Faculdades Integradas de Patos receberam na última semana, o Cônsul de Diplomacia Pública dos EUA no Recife, Matt Keener. O cônsul veio à Patos para conhecer a Instituição, verificando a estrutura física e acadêmica da IES. Matt fez um tour pela faculdade e viu de perto o funcionamentos das clínicas, laboratórios, espaços esportivo e de convivência, além da rotina de estudo e trabalho de alunos e professores.

A visita antecede a chegada de oito estudantes norte-americanos que viverão uma experiência de intercâmbio nas FIP. Eles desembarcarão em Patos no dia 21 de junho. Aqui será feito um estudo sobre obesidade, analisando o perfil de crianças e adolescentes atendidos nas Unidades Básicas de Saúde e matriculados em escolas públicas.

“Eu não poderia perder a oportunidade de conhecer o Campus e comprovar que a Instituição realmente tem propriedade para estimular o intercâmbio de conhecimento entre o Brasil e os Estados Unidos. É uma excelente oportunidade tanto para os estudantes daqui conhecerem os Estados Unidos, quanto para os nossos alunos visitarem um lugar pouco conhecido pelos americanos, que é interior do Nordeste”, ressaltou Matt.

Esse mesmo trabalho está sendo feito por estudantes das FIP que estão na Universidade de Oswego (EUA). Desde o dia 20 de maio, quatro acadêmicos de Enfermagem e outros quatro de Nutrição estão desenvolvendo pesquisas também relacionadas à obesidade.

“O objetivo é fazer uma comparação em relação à alimentação, estilo de vida e prática de atividade física entre as crianças e adolescentes norte-americanos e brasileiros. Depois disso, será elaborado um aplicativo para smartphone, que ajudará no acompanhamento desses jovens, buscando uma diminuição no índice de obesidade”, explicou Raquel Campos, coordenadora do curso de Enfermagem das FIP.

A iniciativa é pioneira no Sertão paraibano e pretende estreitar os laços para o desenvolvimento de novos estudos. “Esse é um primeiro passo ainda é pequeno, mas espero que possa estimular outros intercâmbios, com grupos maiores, para o desenvolvimento de novas pesquisas”, anseia Matt Keener.

Além das pesquisas, os estudantes terão a chance de conhecer os festejos juninos, umas das manifestações culturais mais fortes do Brasil, além da culinária e pontos turísticos de Patos e região. O retorno para os Estados Unidos está marcado para o final de julho.

ASCOM-FIP

-- 
Assessoria de Comunicação
Faculdades Integradas de Patos
ASCOM-FIP

Twitter: @fiponline
Instagram: @fipoficial
Contato: (83) 3421-7300 - Ramal: 254

Arquivo do blog