Compromisso com a verdade dos fatos

Bem-vindo ao blog Garimpando Palavras

sábado, 27 de junho de 2015

“Patos realiza hoje o melhor São João da Paraíba”, pontua imprensa Estadual em visita ao evento


O sucesso da edição 2015 do São João de Patos tem superado não somente as expectativas do público, mas, dos profissionais de imprensa da Paraíba que tem passado pelo evento e observaram o crescimento e a organização da festa, mesmo num período em que o país enfrenta dificuldades econômicas. 

Em passagem pela cidade de Patos no último domingo, 21 de junho, após visitar as festas juninas dos municípios de Campina Grande, Cajazeiras, Santa Luzia, Sousa e Pombal, o jornalista e radialista Gutemberg Cardoso, disse que ficou impressionado com a energia do público do evento. 

“Patos tem hoje o melhor São João da Paraíba, isso porque o visitante tem aqui uma programação de festa, de dia e noite. A cidade está envolvida, o calor humano contagiante, ou seja, é diferente. Estou impressionado com o crescimento do evento”, comentou.

Outro ponto destacado pelo jornalista foi à maneira sustentável como o evento é realizado através de parceria público-privada. “Este modelo é muito importante, acho uma iniciativa genial que preserva o orçamento público. Observe que Campina Grande reduziu suas atrações porque não teve condição de pagamento. Patos não teve esse problema, pelo contrário, vejo na programação boas atrações e a participação privada é interessante porque tem retorno, gera economia para cidade. Parabéns a Prefeita Francisca Motta pela implantação desse modelo”, disse Gutemberg Cardoso. 

A jornalista e apresentadora de TV, Pâmela Bório, esteve no Terreiro do Forró durante o segundo dia de programação do São João de Patos, sábado 20 de junho, momento em que participou da transmissão do evento pela Tv Tambaú (SBT/PB) e ressaltou a grandiosidade da festa. “A festa está muito organizada, atrações de peso participando do evento, as pessoas contagiadas com a energia deste período junino e isso tudo é único. É uma experiência muito boa, espero estar em Patos no São João de 2016”, disse.

Para o jornalista, Carlos Magno, que também esteve na cidade e participou do evento pelo segundo ano consecutivo, o São João de Patos cresce a cada ano. “Patos cresceu muito em pouco tempo e o São João também. Eu participei ano passado do evento e este ano vejo que a festa melhorou muito”, ressaltou. 

“Quando a festa é boa, o turista sempre volta. Isso é o que acontece em Patos. Diferente de outras cidades da Paraíba, onde observamos situações de crise, aqui a gestão da Prefeita Francisca Motta dá um grandioso exemplo de como fazer festa, antecipar décimo terceiro, sem comprometer a receita do município”, concluiu. 

Kamylla Lopes

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Barraqueiros comemoram vendas durante São João de Patos 2015

O São João de Patos, além do divertimento característico do período festivo, é uma oportunidade para a geração de emprego e renda, onde pais de famílias buscam aumentar a renda de casa.

Durante os cinco dias de festa, a cidade de Patos ficou repleta de turistas, o que movimentou a economia local deixando os vendedores de bebidas e alimentos satisfeitos com as vendas.

O vendedor de sorvete que passou os cinco dias no Terreirinho do Forró, Alan Robson, avaliou o movimento neste ano. “A festa está mais animada e em comparação ao ano passado, esse ano está bem melhor. Apesar da crise, que estava todo mundo com medo, esse ano eu vendi mais do que o ano anterior, e é porque não existia essa crise”, avaliou.

Quem também comemorou foi a vendedora ambulante de bebidas, Maria José. “Pra mim está muito bom, todos os dias que a gente está vindo, vendemos bastante”, disse. Ela disse que mesmo vendendo os produtos abaixo do valor referente aos outros vendedores, ainda tem rendimento.

E um local de venda de bebidas e alimentos que já virou tradição no festejo junino de Patos é a barraca do curso de veterinária. A professora universitária, Verônica Medeiros, disse que o sucesso de vendas é sempre garantido. “Sempre a gente tem um público que é fiel e garante sempre boas vendas. Além de bebida, temos purê de macaxeira e creme de galinha. A cada ano a barraca de veterinária vem se superando”, explicou.

Já os barraqueiros, Francisco Júnior e Carmem Célia Lima, também comemoraram o aumento das vendas.

“Graças a Deus esse ano de 2015 o São João está ótimo, todo barraqueiro está grato. Apesar dessa crise, esse ano foi outro pensamento, outra realidade na vida da gente”, disse Francisco.

Carmem Célia Lima explicou o quanto esse ano o evento superou o festejo do ano anterior. “Esse ano as vendas foram triplicadas, tanto de bebidas quanto de lanches. Foi 70% melhor,” disse. A vendedora atribuiu a melhoria das vendas à quantidade de dias da festa, às atrações e à localização da barraca.

coordecom

MPF, CGU e PF deflagram operação para desarticular organização criminosa no Alto Sertão da Paraíba

Quadrilha agia através de fraude a licitações, superfaturamento em licitações, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro. Mandados de busca e apreensão, prisões e sequestros de bens estão sendo cumpridos na manhã desta sexta-feira, 26 de junho.

O Ministério Público Federal em Sousa (PB), a Controladoria Geral da União e Polícia Federal, deflagraram na manhã desta sexta-feira, 26 de junho, a Operação Andaime* para desarticular quadrilha especializada em fraudar licitações em obras e serviços de engenharia executados por 16 prefeituras do Alto Sertão da Paraíba. Estima-se em R$ 18.337.000,00 o montante de verbas federais alcançadas pelos criminosos.

A operação ocorre no Estado da Paraíba, onde estão sendo cumpridos 3 mandados de prisão preventiva, 7 mandados de prisão temporária, 4 mandados de condução coercitiva, 15 medidas de sequestro de bens e 18 mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela 8ª Vara da Justiça Federal em Sousa (PB). 

As buscas e apreensões estão ocorrendo nas sedes das prefeituras de Cajazeiras, Joca Claudino, Bernardino Batista e Cachoeira dos Índios, em quatro estabelecimentos comerciais de Cajazeiras e nas residências de 11 pessoas físicas, nos municípios de Cajazeiras, Uiraúna e Joca Claudino, dentre as quais constam empresários e engenheiros responsáveis por obras e serviços de engenharia custeados com recursos federais.

Cerca de 80 agentes da Polícia Federal e dez auditores da CGU participam da operação.

Até o presente momento, as investigações indicam que a organização criminosa vinha atuando, pelo menos, desde 2009, desviando recursos federais através de irregularidades em licitações e contratos públicos, em especial a montagem de procedimentos licitatórios e a venda de notas fiscais. Os crimes também incluem lavagem de dinheiro através de empresa fantasma.

O procedimento investigatório criminal do MPF está embasado em relatórios de auditoria da CGU, informações policiais e relatórios de análise obtidos a partir do afastamento do sigilo de alguns investigados.

*A operação foi denominada Andaime em razão das fraudes terem sido perpetradas no âmbito de uma empresa do ramo da construção civil, com a participação de diversos engenheiros e fiscais de obras das prefeituras. 

Com informações da Assessoria de Comunicação da CGU

ENTREVISTA COLETIVA:

Data: hoje (26/6) às 15h
Local: auditório do Fórum Miguel Sátyro, localizado n Avenida Doutor Pedro Firmino, s/n - Centro - Patos (PB) - CEP 58700071


Assessoria de Comunicação

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Balanço parcial preliminar – Operação Festas Juninas 2015


Dados relativos ao feriado de São João (23 e 24 de junho).

Durante os dois dias de festividades juninas, a Polícia Rodoviária Federal - PRF atendeu 19 acidentes que resultaram em 12 pessoas feridas e dois mortos.

A Operação Festas Juninas 2015 foi deflagrada no dia 3 desse mês e segue até o dia 6 de julho.

As ações de fiscalização estão sendo realizadas, estrategicamente, nas regiões que concentram maior fluxo de veículos neste período festivo. Juntamente com as ações de fiscalização, estão sendo desenvolvidas ações de educação para o trânsito em diversos pontos das rodovias federais que cortam o estado da Paraíba. No mesmo período, 148 pessoas participaram de ações educativas nas BRs.

IMPRUDÊNCIA

Excesso de velocidade e ultrapassagens indevidas estão na mira dos agentes da PRF. Durante esses dois dias, 895 condutores foram flagrados transitando acima da velocidade permitida e outros 44 realizando ultrapassagens em locais proibidos.

Ultrapassagens indevidas são as principais responsáveis por colisões frontais, tipo de acidente que normalmente resulta em feridos graves ou mortos.


BALANÇO PARCIAL
ANO
2014
2015
ACIDENTES
Acidentes Registrados
32
19
Feridos
12
12
Mortos
2
2
FISCALIZAÇÃO
Veículos Fiscalizados
863
1493
Pessoas Fiscalizadas
858
1539
Testes por etilômetro
120
591
Autuações por embriaguez
5
12
Prisões por embriaguez
1
2



EDUCAR PARA A FELICIDADE
Frei Betto

      O que as pessoas mais buscam na vida? O velho Aristóteles foi o primeiro a dar a resposta: a felicidade, mesmo ao praticarem o mal.
      A busca da felicidade nasce do desejo, e o desejo deveria estar canalizado para o Absoluto. Mas a cultura consumista que respiramos nos induz a canalizá-lo para o absurdo, e não para o Absoluto. Impinge-nos a falsa ideia de que a felicidade resulta da soma de prazeres - se tomar esta bebida, vestir esta roupa, usar este perfume, possuir este carro, fizer esta viagem, seremos felizes como atores e atrizes da peça publicitária, que exalam exuberante felicidade...
      Graças a Deus o mercado não consegue oferecer um produto chamado felicidade. E é impossível saciar o desejo estimulado pela publicidade, e ainda que pudéssemos comprar todas aquelas ofertas, não seríamos necessariamente felizes. Isso gera enorme buraco no coração. E onde parcela da juventude tenta preencher esse buraco? Na droga.
      A droga é a consequência óbvia de uma sociedade que mercantilizou a felicidade, e incute nas pessoas a falsa ideia de que ela reside na posse de bens materiais e em situações que exaltam a individualidade, como fama, beleza, poder e riqueza. Quem não alcançar tais ícones, será o mais infeliz ou desgraçado dos mortais.
      A felicidade é um estado de espírito. Não costumamos ser educados para alcançar esse estado de espírito, e sim para ser consumistas. São dois seres antagônicos, conflitantes.
      Onde, então, encontrar a felicidade? Nos aditivos químicos? Dão, momentaneamente, bem-estar de consciência. Embora não seja durável, é melhor do que se deparar no espelho com esse ser execrável, incapaz de ser feliz, de estabelecer relações com pessoas, natureza, Deus e consigo mesmo.
      Ora, a escola tem que colocar, como finalidade, formar pessoas felizes, e não mão de obra qualificada para o mercado de trabalho. Cabe à escola interagir com o contexto em que vivemos.
      Uma grande empresa multinacional, de auditoria financeira, abriu em São Paulo 20 vagas para economistas com menos de 35 anos de idade. Apareceram 200 candidatos. Houve uma primeira seleção; sobraram 100. Ao entrar na sala, às 8h da manhã, o instrutor disse: ”Bem-vindos vocês que passaram na primeira seleção, vamos agora à segunda. Antes de iniciarmos os testes, por favor, fiquem de pé todos aqueles que, hoje de manhã, não viram, ouviram ou leram noticiário no rádio, na TV, nos jornais ou na internet”.
      Mais da metade ficou de pé. “Muito obrigado. Os senhores e as senhoras podem ir embora”, disse o instrutor. “Mas por quê?”, reagiram alguns. “Não interessam à nossa empresa profissionais indiferentes ao que ocorre no Brasil e no mundo, desconectados da realidade”.
      O papel da educação é conectar educandos e educadores com a realidade, e imprimir às suas vidas o sentido de transformá-las para criar as bases da civilização do amor e da justiça.

Frei Betto é escritor, autor de “Alfabetto – Autobiografia Escolar” (Ática), dentre outros livros.

“O sentimento é de gratidão a Deus,” afirma Prefeita Francisca Motta, sobre a edição 2015 do São João de Patos


A Prefeita Francisca Motta utilizou as transmissões das rádios de Patos no Terreiro do Forró, na última terça-feira, 23, para agradecer aos patoenses e turistas que aproveitaram o São João durante os cinco dias de festa, na Capital do Sertão.

Segundo a Prefeita Francisca Motta, o Município conseguiu realizar o melhor evento junino dos últimos anos, pelo resultado econômico positivo, com a presença de centenas de turistas na cidade e pela geração direta e indireta de empregos.

“Foram mais de 600 barraqueiros beneficiados diretamente, cerca de três mil empregos diretos criados. A nossa Feira de Calçados superou o sucesso dos últimos anos, os hoteis ficaram lotados e inúmeras casas foram alugadas. Fiz questão de visitar os barraqueiros, que todas as noites conversaram com as pessoas e a alegria era muito grande, diante das boas vendas,” antecipou a Prefeita.

De acordo com Francisca Motta, os órgãos de segurança e fiscalização foram essenciais para garantir a tranquilidade, a organização e o sucesso do evento.

“Sem o apoio da Polícia Militar, que este ano dobrou o efetivo dentro do Terreiro do Forró, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros, dos órgãos de segurança no trânsito, a exemplo da CPTRAN/BPTRAN e da STTRANS; da SUDEMA, do CREA, do Ministério Público, dos órgãos de proteção, a exemplo dos Conselhos Tutelares e do CREAS, além do SAMU, das equipes do CTA/SAE, da Vigilância Sanitária e do PROCON, não conseguiríamos realizar um São João tão tranquilo para os patoenses e turistas,” agradeceu a Prefeita.

Ainda de acordo com a Prefeita Francisca Motta, os patoenses demonstraram durante os cinco dias de festa, apoio e alegria diante da homenagem do São João 2015, ao artista Pinto do Acordeon.

“Dividi com patoenses e turistas a alegria constante em poder homenagear Pinto do Acordeon. Testemunhamos uma noite histórica na abertura do São João de Patos, quando sanfoneiros da ASMUPAR emocionaram o próprio Pinto do Acordeon e a todos nós. Mais que uma homenagem, um sentimento de gratidão dos patoenses ao artista, que aonde chega enaltece a cidade de Patos e os seus filhos,” destacou.

A programação folclórica do São João de Patos foi atração antes mesmo do início dos shows no Terreiro do Forró. Segundo a Prefeita de Patos, o Passeio de Carroças, as quadrilhas juninas, o São João Alternativo, o Ônibus do Forró e as surpresas do Terreirinho, encantaram turistas e patoenses, com o talento de estudantes e artistas da cidade.

A Prefeita Francisca Motta aproveitou a oportunidade para agradecer o trabalho da imprensa local e estadual, quanto a divulgação, transmissão e cobertura do evento.
“O sentimento é, sobretudo, de gratidão a Deus, que encheu o nosso povo de satisfação, de alegria e tranquilidade. Com as bençãos dele, em 2016 teremos um São João ainda animado, receptivo e em paz, como aconteceu na edição 2015,” finalizou Francisca Motta.

Plano Estadual de Educação é sancionado pelo governador e publicado no Diário Oficial



O governador Ricardo Coutinho sancionou o novo Plano Estadual de Educação (PEE). O documento foi publicado no suplemento do Diário Oficial do Estado (DOE) de quarta-feira (24) e já está em vigência por dez anos. A Paraíba está entre as seis unidades federativas que sancionaram a lei dentro do prazo estipulado pelo Ministério da Educação (MEC).

A construção do Plano Estadual de Educação (Lei nº 10.488, de 23 de junho de 2015) ocorreu sob a coordenação do Conselho Estadual de Educação (CEE). Ao todo, 90 pessoas representantes de vários órgãos, segmentos e da sociedade civil estiveram envolvidas nas comissões temáticas para elaboração do documento.

Depois de ser elaborado, o PEE foi aberto à consulta pública. Todo esse cuidado realçou o documento com temáticas relevantes como Direitos Humanos; educação étnico-racial; educação do campo; de indígenas, quilombolas e ciganos. O resultado é um Plano Estadual de Educação abrangente e inovador.

Diretrizes – O Plano Estadual de Educação está alinhado ao Nacional, que vigora há um ano e se ancora em dez diretrizes. Entre elas estão as seguintes: erradicação do analfabetismo; universalização do atendimento escolar; superação das desigualdades educacionais; melhoria da qualidade da educação; formação para o trabalho e cidadania; promoção do princípio da gestão democrática da educação pública; promoção humanística, científica, cultural e tecnológica do País; estabelecimento de meta de aplicação de recursos públicos em educação; valorização dos profissionais da área; e promoção dos princípios do respeito aos direitos humanos, à diversidade e à sustentabilidade socioambiental.

O PEE apresenta 28 metas. Vinte delas são correspondentes às do Plano Nacional de Educação (PNE), com algumas com adequações baseadas na realidade local.

Planos Municipais – Para assessorar os municípios, foi constituída a Rede de Apoio à Elaboração dos Planos Municipais, graças a uma parceria do MEC com a Secretaria Estadual e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undim). Ao todo, 155 municípios paraibanos tiveram suas leis do Plano Municipal de Educação (PME) sancionadas pelos prefeitos e outros 36 conseguiram aprovar o documento nas câmaras municipais. Mais 32 cidades estão com projetos de lei tramitando na casa legislativa, aguardando votação.

secom

Hospital Regional de Patos atende 17 vítimas de acidentes envolvendo motos por dia no período junino



O Hospital Regional de Patos Dep. Janduhy Carneiro atendeu durante os cinco dias (19 a 24) dos festejos juninos de Patos, finalizados na madrugada de ontem, 84 pessoas vítimas de acidentes envolvendo motocicletas, aproximadamente 17 por dia. Desses, 45 foram da cidade de Patos. Outras duas deram entrada por atropelamento no trânsito.

Foram 1.174 atendimentos gerais, sendo 504 de urgência; 345 consultas; 7 ferimentos à bala; 3 por arma branca (faca); 8 por agressão física; queda de mesmo nível (geralmente em casa) 52. Pacientes de 71 cidades usaram os serviços do HRP. Dos 1.174 atendimentos, 708 foram de Patos. De João Pessoa foram 22, isso devido ao grande fluxo de turistas que se deslocaram da Capital para festejar o São João de Patos.

Foram feitas 122 internações, 10 de vítimas de acidentes com moto. Todas as 5 vítimas de tiros foram hospitalizadas. Já o centro cirúrgico realizou 45 cirurgias, das quais 23 ortopédicas, ou seja, grande maioria decorrente dos acidentes envolvendo motociclistas. Segundo a coordenadora de enfermagem do Centro Cirúrgico, Jaqueline Fernandes, também houve cirurgias vasculares (09), bucomaxilo (02) geral (11).


Operação do MP e da Polícia Civil prende diretor da cadeia de Itaporanga

Uma operação do Ministério Público da Paraíba, através da Promotoria de Justiça de Itaporanga, e da Polícia Civil prendeu, na terça-feira (23), o diretor da cadeia pública de Itaporanga, José Giberto Ferreira, de 51, suspeito de receber propina para efetivar a transferência de presos.
 
Além do mandado de prisão, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na residência do acusado, na cadeia e no estabelecimento comercial que pertence ao irmão do diretor.
 
Segundo o promotor de Justiça Reynaldo Di Lorenzo Serpa Filho, o diretor vem sendo investigado há cerca de três meses por corrupção passiva porque teria cobrado propina de parentes de apenados para fazer a transferência de outras unidades prisionais para a cadeia local.
 
Ele também está sendo investigado por falsidade ideológica porque teria alterado a frequência dos presos do regime semiaberto (que devem dormir na cadeia) e por desvio de alimentos destinados aos presos, o que caracterizaria peculato.
 
O diretor foi levado para sede da Polícia Civil de Itaporanga de onde será transferido para a sede do 3º Batalhão do município de Patos.

parlamentopb

Turistas aprovam São João de Patos 2015 e garantem retornar ao Melhor São João do Brasil



Durante o São João de Patos 2015 promovido pela Área Badalada Eventos com o apoio da Prefeitura Municipal, a cidade recebeu turistas de todas as partes do país.

Em seu último dia de festa, forrozeiros de outras localidades avaliaram o evento junino e prometeram retornar para prestigiar o São João que esse ano homenageou o cantor e compositor, Pinto do Acordeon.

A esteticista que reside em João Pessoa, Ingrid Cabral, revelou que está visitando a cidade pela primeira vez e que está encantada pela dimensão da festa. “Essa é a primeira vez que estou vindo a Patos, estou adorando o clima, gostando muito do evento pela segurança. Frequento muito Campina Grande, mas, Patos superou essa minha primeira vez. Vou voltar mais vezes”, garantiu.

Já a pernambucana de Olinda, Valdelúcia Ribeiro, que há 20 anos não vem a Patos e aproveitou para visitar a família, classificou o festejo junino de Patos. “Espetacular. Eu vou a Caruaru e frequento há muito tempo o São João de lá e como eu não conheço o de Campina Grande, pra mim, aqui é o segundo melhor São João do nordeste. O pessoal super educado, acolhedor. Estou encantada, está tudo ótimo. Vocês estão de parabéns”, afirmou.

Dentro da grandiosidade do São João de Patos, o servidor público, Jorge Fernando, que reside em João Pessoa, elogiou o trabalho dos artesãos que estão instalados na Praça Getúlio Vargas. Segundo ele o trabalho remete a cultura popular que fica mais forte na região.

O São João de Patos 2015 teve início na última sexta-feira, dia 19, e se encerrou nesta terça-feira (23).

Kamylla Lopes

quarta-feira, 24 de junho de 2015

GANHADORES DA PROMOÇÃO “COMPRAS PREMIADAS 2015”



1º Prêmio – 01 Tablet - Rita Queiroz Vieira - Rua Tabelião Manoel Fernandes 86 – São Sebastião – Patos – Cliente de Comercial Pinheiro.

2º Prêmio – 01 Fogão - Alzinete Silva Xavier - Rua Manoel Pereira Neto 148 – Jardim Queiroz - Patos – Cliente do Supermercado L. Marques.

3º Prêmio – 01 Notebook - Maria Aparecida Brito - Rua Felizardo leite 1066 – Liberdade – Patos – Cliente de Guedes Supermercado.

4º - Prêmio – 01 Home Theater - Joyce Pereira Lopes - Rua Albertino Mamede da Costa S/N – Maternidade – Cliente de Farmácia São Sebastião – Org. Danilo.

5º Prêmio – 01 Geladeira - Maria Rita da Nóbrega Balduíno - Rua Capitão Ló 46 – Centro – Patos – Cliente do Armazém Paraíba.

6º Prêmio – 01 Computador - Wilson Raniere Araújo - Rua Manoel Pedro 712 – Monte Castelo – Cliente de Ki-Aves.

7º Prêmio – 01 Ar Condicionado Splint - Jucilene Crispim de Oliveira - Rua Maria Vicência Nóbrega – São Sebastião – Cliente do Minibox Confiança.

8º Prêmio – 01 TV LED de 32 Polegadas - Karina Ryane Mendes Oliveira - Rua Paulino Gondim S/N – Belo Horizonte – Patos – Cliente de Casa do Bolo Sertanejo.

9º Prêmio – 01 MOTO SHINERAY DE 150cc - Cláudia de Medeiros Damasceno - Rua Jarbas Moura 50 – Bela Vista – Cliente do Armazém Paraíba.

10º Prêmio - 01 MOTO SHINERAY DE 150cc - Jailma de Lima Borges - Rua Dom Pedro II – 628 – Centro - Cliente da Loja Maria Lima.

Damião Lucena

Forrozeiros se despedem do melhor São João do Brasil com Eliane, Vicente Nery e Forró Pegado

Vicente Nery e seu romantismo

Eliane, muita energia

A edição 2015 do melhor São João do Brasil, em Patos, chegou ao fim nesta terça-feira, 23 de junho, véspera de São João, com shows de sete atrações musicais. O Terreiro do Forró, local onde é realizado o evento, novamente ficou lotado pelos forrozeiros que vieram de várias cidades e regiões do país, para curtir o último dia de festa com abertura ao som das atrações regionais Zé Nilton do Acordeon e Isabela e Forró da Macambira. 

“Participar deste São João, sem dúvida, é uma oportunidade muito boa. A gente agradece muito a Prefeita Francisca Motta e a organização do evento pela valorização da cultura, principalmente, pela confiança de acreditar nos artistas da cidade”, comentou Zé Nilton. 

A cantora Rainha do Forró, Eliane, foi à terceira atração da programação e ao subir no palco embalou o público com vários sucessos do forró das antigas e o novo álbum musical “Uma nova História”, lançado recentemente pela cantora. “Estou muito feliz por participar novamente do São João de Patos e contar com o apoio deste público maravilhoso no Terreiro do Forró”, disse Eliane.

Na sequencia Vicente Nery esquentou o clima dos forrozeiros no Terreiro do Forró e relembrou os 20 anos de carreira na música com o repertório que marcou sua trajetória. O show durou quase duas horas e embalou o ritmo do forró no público.

O turista Lucas Dantas, residente do estado de Manaus, na região Norte do Brasil, retornou ao São João de Patos pelo terceiro ano consecutivo e destacou a organização do evento. “Para todo nordestino esse é sempre um momento de encontro com a cultura. Sou natural de Patos, mas, moro fora cidade há vários anos. Ano passado estava em Minas Gerais e fiz questão de vir para o São João e, este ano, não foi diferente. A organização está muito boa e retornarei ano que vem”, ressaltou. 

Para encerrar a última noite de festa do melhor São João do Brasil, a Banda Forró Pegado e Forró do Dono deram continuidade a festa e sacudiram multidão que permaneceu no Terreiro do Forró até às 4h. 

Kamylla Lopes
Fotos: Marcos Eugênio

terça-feira, 23 de junho de 2015


O Grupo de Operações Táticas Especiais (GTE) da Polícia Civil de Guarabira, no Brejo da Paraíba, em conjunto com a guarnição do comando do 4º BPM, deflagrou a “Operação Barrabás” para capturar os acusados de matar e esquartejar Severino Vieira e a mulher dele conhecida como Lia. Seis horas depois do crime que chocou a população, a Polícia identificou e prendeu o marchante Paulo Roberto Rodrigues dos Santos, 23 anos.

O duplo homicídio foi registrado nas primeiras horas desta terça feira (23), no conjunto Lucas Porpino. As investigações policiais começaram logo depois da ocorrência. “Depois de ouvir algumas testemunhas descobrimos que Paulo Roberto passou a noite bebendo na casa das vítimas e que teria expulsado até o filho deles para ficar sozinho com os dois. A informação mais importante foi de uma pessoa que afirma ter visto o suspeito saindo da residência do casal com as mãos e os braços sujos de sangue”, disse o delegado seccional de Guarabira, Walber Virgolino, responsável pelo inquérito.  

Durante as buscas a Polícia também encontrou uma faca que pode ter sido usada para assassinar o casal, mas a confirmação só será feita depois da divulgação do laudo do Instituto de Polícia Cientifica (IPC). Paulo Roberto já estava sendo investigado pela Polícia por roubo e por fazer parte de um grupo responsável pelo tráfico de drogas na cidade. Por causa da repressão aos crimes na Região do Brejo, ele estaria obrigando os moradores a esconder as drogas em suas residências na tentativa de despistar a Polícia durante as ações de combate ao tráfico.

Na hora da abordagem, os policiais encontraram R$ 300,00 no bolso de Paulo Roberto. Segundo as investigações, o valor seria proveniente do programa social do Governo Federal Bolsa Família e teria sido sacado no início da manhã desta terça-feira pelo suspeito usando o cartão de Severino.

Paulo Roberto já responde por processo por tentativa de homicídio, tráfico de drogas e Lei Maria da Penha, e agora foi indiciado por latrocínio roubo seguido de morte e foi transferido para o Presidio Regional de Guarabira. A Polícia continua as diligências e a investigação para saber se ele agiu sozinho ou contou com a ajuda de mais alguém para matar o casal.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Prefeita Francisca Motta visita barraqueiros, Feira de Calçados e Terreirinho do Forró




A prefeita de Patos, Francisca Motta, esteve durante a noite de ontem, domingo (21), participando da programação folclórica do São João de Patos 2015. Na agenda esteve a visita à 3ª Feira de Calçados, às apresentações no Terreirinho do Forró, e também aos barraqueiros e os vendedores do Terreiro do Forró.

Durante as visitas a Prefeita fez uma avaliação positiva, sobre o formato da Festa no ano de 2015. “Estivemos visitando os barraqueiros e é muito gratificante vê-los satisfeitos. Todas as diretrizes planejadas estão dando certo e espero que nesses dois dias de festa os comerciantes continuem com esta mesma alegria”, comentou.

Francisca Motta destacou o Terreirinho do Forró como um espaço importante em meio a realização do São João. “O Terreirinho do Forró é um local, onde a população possa vir com suas famílias prestigiar as apresentações e um espaço de convivência e interação entre as pessoas. O Terreirinho está lindíssimo”, ressaltou a prefeita.

A Prefeita aproveitou a oportunidade para visitar a 3ª Feira de Calçados que está sendo realizada na Praça Getúlio Vargas, uma parceria entre a Prefeitura de Patos, o SEBRAE e o Centro das Indústrias de Calçados da Paraíba (CENIC). “Muito importante a realização da feira, a qual sapateiros e empresários têm a oportunidade de mostrar e comercializar seus produtos para patoenses e turistas de todo o País”, disse Francisca Motta.

Escola de São Vicente do Seridó conclui primeiro ciclo de Educação Emocional com Famílias

Almarya e Solange Crispim

Genival e a educadora socioemocional Karina Lívia



Educadora Maria Vitória entregando DVD Emoções na Família


Entrega de certificados

A inserção da família no processo educativo dos filhos foi o grande tema durante os oito encontros da metodologia Liga Pela Paz nas Famílias, na Escola Cícero dos Anjos, no município de São Vicente do Seridó-Paraíba. No encerramento desse primeiro ciclo os pais deixaram os sentimentos fluírem para falar de sua relação com os filhos. As emoções traduziram e mostraram um pouco das transformações que esses pais estão vivenciando depois de todo esse processo de educação emocional para o qual foram convidados.

De que forma o pai pode ser uma referência positiva para seu filho? Que erros podem ser evitados na busca do caminho pela paz? O diálogo como ferramenta de interação e aprendizagem; a importância do perdão; a autoestima contribuindo para o engrandecimento da confiança foram alguns dos temas dialogados com as Famílias pelos educadores socioemocionais, Maria Vitória Moraes e Kalina Lívia, nos últimos dois meses.

A ausência dos pais na educação dos filhos é algo preocupante, segundo a coordenadora regional de Ação Pedagógica da 4ª GRE – Gerência Regional de Educação, Solange Nunes Crispim. Ela faz uma reflexão sobre as mudanças de comportamento da sociedade nos últimos anos, destacando o avanço das drogas e da violência como fatores desgastantes e geradores de conflitos. “Hoje é essencial trabalhar a educação emocional. Drogas, violência, família em desunião, o histórico de vida do aluno inserido nessa família, muitas vezes problemática, interferem no contexto escolar. Por isso é crucial trazer a família para dentro da escola, essa ação socioemocional com os pais dos alunos, para que possam aprender a lidar também com suas emoções, como vem acontecendo com seus filhos”, analisou Solange.

Para o gestor escolar da Cícero dos Anjos, Almarya Lourenço de Oliveira, caso não haja participação dos pais no processo educativo dos filhos, a escola não consegue cumprir verdadeiramente sua missão. “É difícil trazer a família para dentro da escola, mas os resultados estão sendo bastante positivos a partir desses encontros promovidos pelo Governo do Estado em parceira com a Inteligência Relacional, a partir desse importante método da Liga Pela Paz, que desenvolve as habilidades emocionais”, comentou.

A violência do mundo moderno, a intolerância, o exemplo de respeito, do diálogo, do perdão, as responsabilidades dos pais na educação das crianças foram tratados a partir de diversos casos ocorridos em sala de aula, no cotidiano dos presentes à Escola Cícero dos Anjos. Durante os depoimentos do grupo, alguns pais foram às lágrimas e emocionaram a outros ao falar de seus problemas.

 O inspetor de educação da 4ª GRE, José Pereira, ao falar sobre o processo de construção de paz, disse que a base de tudo tem que ser a família, sendo o alicerce da sociedade. Criticou a ausência dos pais que não atenderam ao convite da escola, mas enfatizou que a semente foi plantada. Solange Crispim lembrou de um capítulo do DVD Emoções na Família, em que o professor João Roberto de Araújo explica a importância de se ouvir o outro, fortalecer o diálogo, algo essencial e que deve acontecer no seio das famílias, contribuindo para melhor direcionamento na vida dos jovens.

 Exemplo de participação

 Os pais avaliaram positivamente a realização dos encontros das famílias na escola. Melhoria da autoestima, maior compreensão e abertura do diálogo com os filhos foram citados como avanços por eles. A participação de alguns chamou a atenção dos educadores socioemocionais. Um exemplo disso foi o agricultor Genival Gonçalves, que toda sexta feira saia a uma distância de 13 quilômetros para participar dos encontros.

Bastante tímido, fala mansa e baixa, o que lhe rendeu brincadeiras dos novos amigos em sala de aula, falou que viveu importante experiência com a sensibilização da Liga Pela Paz. “Sempre orientei bem meus filhos, mas, graças a esses diálogos que participei, estou melhorando bastante a relação com minha família. Agradeço muito por poder ter participado desses encontros”, enfatizou. Ao final do evento todos receberam certificados de participação da sensibilização e o DVD Emoções na Família, trabalhado nos encontros e que servem de amplo diálogo no seio familiar.


Marcos Eugênio

Empasa incentiva venda de milho verde em João Pessoa, Campina Grande e Patos


A Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa) de João Pessoa, Campina Grande e Patos comercializa o milho verde durante todo período junino. Para facilitar a compra do principal ingrediente do cardápio do São João, as centrais de abastecimento não fecharão durante os festejos. Na Capital, o preço da mão do milho (52 espigas) varia entre R$ 25 e R$ 35. 

Para incentivar a comercialização da produção, a diretoria da Empasa liberou, desde o dia primeiro deste mês, a taxa de entrada para caminhões, carretas e camionetas de produtores que adentram as dependências das centrais de abastecimento – as tarifas praticadas são a partir de R$ 7,70. O estacionamento para o público em geral é gratuito. 

“Os proprietários de restaurantes, hotéis, mercadinhos e quitandas de feiras livres têm opções de preços para pechinchas, pois a aquisição em maior quantidade garante um preço menor. A longa estiagem prejudicou a produção, porque esperávamos que o milho aparecesse desde o início de junho, mas mesmo assim não faltou. Nosso incentivo na isenção da taxa de entrada para os produtores vai até o dia 30 deste mês”, explicou o presidente da Empasa, José Tavares Sobrinho. 

A sede da Empasa na Capital funciona na Avenida Raniere Mazilli, s/nº, bairro Cristo Redentor; em Campina Grande, na Rua Doutor Vasconcelos, Bairro Alto Branco; na cidade de Patos, Rua Projetada, 18, Bairro Jardim Magnólia.  

Esquema de segurança no Terreiro do Forró conta com Polícias Civil e Militar, e segurança patrimonial



Durante o São João de Patos 2015 promovido pela Área Badalada Eventos com o apoio da Prefeitura de Patos, as Polícias Civil e Militar, e uma empresa de segurança patrimonial garantem a segurança do forrozeiro durante o festejo no Terreiro do Forró.

A Polícia Militar instalou seis Pontos de Observação Policial (POP) na parte interna do local com reforço do BOPE, ROTAM, Rádio Patrulha e policiais que compõem do Comando de Policiamento Regional (CPR II), além do reforço com alunos do Curso de Formação de Soldados.

Segundo informações do Major Jurandy, que compõe o CPR II, há policiamento em todos os locais que dão acesso ao Terreiro do Forró. “Já há algum tempo nós fizemos um planejamento com o objetivo de oferecer segurança a todas as pessoas que vêm prestigiar o São João na cidade de Patos. O esquema de segurança é o mesmo dos anos anteriores e todos os locais que dão acesso ao Terreiro tem policiamento, onde existem patrulhas a pé, equipe especializada do BOPE, equipe da CPTRAN, policiais do 3° Batalhão, além de policiais da administração da CPR II que estão dando reforço nessa festa”, disse.

O militar deu orientações para que o forrozeiro possa brincar o São João com mais segurança.

“Não ficar ostentando joias de valor, relógios, celulares; evitar, na medida do possível, vir com seu veículo para o local, procurar vir de táxi, se vier com o seu veículo, procurar um estacionamento regulamentado pela organização do evento, e evite deixá-lo em locais escuros e esmos; não andar sozinho tanto na vinda para o local da festa, quanto no retorno para suas casas”, orientou.

Além da PM, a polícia civil tem seu estande montado no local do evento para registro de qualquer ocorrência, com delegado plantonista, agentes e escrivão.

A segurança patrimonial também montou 32 câmeras de segurança, 110 homens espalhados no perímetro da festa e um estande com as imagens disponibilizadas para a Polícia Militar em tempo real.

De acordo com o chefe da segurança patrimonial, Antônio Oliveira, das câmeras instaladas, duas delas fazem o giro de 360° com maior possibilidade de visualização de qualquer incidente que possa ocorrer no local da festa. Ele informou que nas cinco entradas do Terreiro do Forró há de cinco a sete homens por portaria utilizando o detector de metal, bem como homens fazendo a segurança nos camarotes, palco, camarins e área VIP.

Arquivo do blog