Compromisso com a verdade dos fatos

Bem-vindo ao blog Garimpando Palavras

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Grupo armado explode caixa eletrônico e arromba agência dos Correios na PB

Mais dois casos de ataques a instituições bancárias foram registrados na madrugada desta sexta-feira (28) na Paraíba. Cerca de 10 homens armados arrombaram a agência dos Correios e explodiram um caixa eletrônico na cidade do Congo (Cariri do estado, a 212 km de João Pessoa).
De acordo com informações levantadas pelo Destacamento Militar do município, o grupo praticou os crimes por volta das 3h20. Uma parte dos assaltantes detonava dinamites na máquina instalada em um correspondente bancário de um banco particular, enquanto o resto do bando arrombava a agência dos Correios. Os locais ficam no Centro da cidade, a aproximadamente 200 metros de distância um do outro. 
O correspondente bancário e a agência dos Correios foram isolados, mas o trabalho de perícia ainda não tinha sido iniciado. Até as 7h30, não havia confirmação do prejuízo financeiro causado pelos bandidos. 
Depois dos ataques, os assaltantes fugiram em carros e espalharam grampos pelas ruas, na intenção de evitar uma possível perseguição policial. Uma viatura teve os pneus furados. Ainda na fuga, os bandidos efetuaram vários tiros para cima.
A polícia do Congo acredita que o grupo tenha fugido com direção ao estado de Pernambuco. Militares das cidades de Camalaú, Sumé, Caraúbas e Monteiro foram enviados até o Congo para dar reforço durante as buscas. Até as 7h30, porém, nenhum suspeito havia sido identificado.
Segundo levantamento feito pelo Sindicato dos Bancários da Paraíba, com a explosão no Congo, o estado totaliza 97 casos de violência contra bancos registrados em 2015. 

portalcorreio

Câmara de Patos aprova Voto de Aplauso pela realização da IV Conferência Intermunicipal de Políticas Públicas para as Mulheres


Durante a Sessão Ordinária realizada na noite desta quinta-feira (27), a Câmara Municipal de Patos, através dos parlamentares presentes, aprovou por unanimidade o Requerimento 272/2015, apresentado pela vereadora Lucinha Peixoto (PCdoB), no uso de seu tempo regulamentar na Tribuna e falando em nome da Bancada Feminina da Casa, que é formada por ela e pelas vereadoras Claudia Leitão (PR), Isis Medeiros (PRTB) e Nadir Rodrigues Guedes.

O Requerimento solicitou da Mesa Diretora da Casa Juvenal Lúcio de Sousa Votos de Aplauso pela realização, na última quarta-feira (26), da IV Conferência Intermunicipal de Políticas Públicas para as Mulheres, direcionados a secretária executiva de Políticas Publicas para as Mulheres, Ademilda Barros Bezerra (Delma) e para a presidente do Conselho Municipal de Direitos da Mulher (CMDM) de Patos, Joana D’Arc Barboza de Araújo Silva (Pastora Joana), pela organização do evento, que aconteceu.

Ainda em seu nome e em nome das colegas parlamentares, Lucinha destacou a importância da IV Conferência Intermunicipal de Políticas Públicas para as Mulheres. “O evento reuniu representantes de 27 municípios da região de Patos e teve como objetivo central o fortalecimento da Política Nacional para as Mulheres, tendo como tema ‘Mais Direitos, Participação e Poder para as Mulheres’, que foi trabalhado com enfoque em quatro eixos temáticos”, complementou.

Lucinha também explicou o direcionamento do Voto de Aplauso a coordenação do evento. Esse Voto de Aplauso é extensivo a Delma Bezerra e a Pastora Joana, pelo excelente trabalho realizado frente à organização e realização deste evento de tão grande importância para as mulheres de nossa cidade e das demais cidades envolvidas”, enfatizou a propositora.

Outras Proposituras – Além do Requerimento apresentado pela vereadora Lucinha, foram postos para votação durante a Sessão Ordinária desta noite, outros oito.

Foram apreciados e aprovados por unanimidade três Votos de Pesar, por meio dos Requerimentos 265/2015, 267/2015 e 268/2015, que foram assinados por todos os vereadores da Casa e direcionados as famílias do subtenente Flávio Medeiros Damasceno, do empresário Vicente Martins e da cantora e radialista Gê Maria.

Os Requerimentos 269/2015, 270/2015 e 271/2015, também assinados por todos os parlamentares e encaminhados aos psicólogos, pela passagem de seu dia, comemorado neste dia 27; ao Pastor Denys Deivison e a Igreja Internacional da Graça, que comemora, no próximo dia 30, 16 anos de trabalho cristão na cidade de Patos.

E os Requerimentos 266/2015, de autoria do vereador Jardelson Pereira (PV), solicitando conserto de galeria na Rua Raimundo Nunes da Silva, na Vila Cavalcante; e o 273/2015, da vereadora Isis Medeiros, que reitera o pedido a Secretaria de Meio Ambiente que inicie os trabalhos e contemple o bairro Salgadinho com a coleta seletiva do lixo e com o desenvolvimento de ações educativas nas escolas estadual e municipal localizadas naquela localidade.

Ascom | Câmara Municipal de Patos

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Comissão Intergestores discute repactuação de serviços do SUS na macrorregião de Patos





Aconteceu na manhã desta quinta-feira 27 no auditório da 6ª Gerência Regional de Saúde, em Patos, mais uma reunião ordinária da CIRs – Comissão Intergestores Regional do Sertão, marcada por uma extensa pauta, com alguns destaques, a exemplo da necessidade de uma repactuação de serviços do SUS na macrorregião, e um balanço do I Encontro de Educação Permanente de Saúde, ocorrido em Teixeira na última terça.

A repactuação é necessária, segundo o gerente regional José Leudo Farias, pois alguns municípios, a exemplo de Teixeira, São Mamede, Santa Luzia possuem uma boa infraestrutura que pode ser melhor aproveitada, ampliando-se a clientela usuária do Sistema, em vez de concentrar quase tudo em Patos. “Teixeira tem policlínica e consegue atender muita gente daquela microrregião; Santa Luzia e São Mamede também conseguem isso. A gente vai refazer, redividir os atendimentos de especialidades, de ultrassonografia, exames de laboratórios. Trata-se de uma discussão prolongada, envolve recursos federais, mas acho que estamos no caminho certo”, explicou Leudo.

Outro ponto abordado na reunião da CIRs foi sobre o encontro de educação permanente ocorrido em Teixeira, coma presença de mais de 200 pessoas deste município, Matureia, Cacimbas e Desterro, que também será levado a outras microrregiões, como de Malta, Santa Luzia, Catingueira, sempre com a presença do procurador da República, do MPF, Felipe Albernaz.

O trabalho de fiscalização dos conselhos municipais de saúde também fez parte dos debates nesta quinta na 6ª GRS. “Esse trabalho precisa ser mais atuante na fiscalização e no acompanhamento das ações e o acompanhamento das ações dos municípios”, disse Leudo Farias.

Ele aproveitou a presença dos secretários municipais de saúde para apresentar um balanço estatístico dos atendimentos realizados pelo Hospital Regional de Patos no primeiro semestre desta ano, com ênfase no número de atendimento, que ultrapassou os 45 mil, sendo 15.345 consultas.

A obrigação da implantação do ponto eletrônico nas unidades básicas de saúde, algo recomendado pelo MPF, foi questionado por alguns gestores de saúde, que temem que os médicos, os mais atingidos pelo ponto eletrônico, abandonem as unidades de saúde. Foi explicado que os médicos são conscientes da carga horária de 40 horas semanais e caso os secretários não cumpra com sua função, mesmo cientes que podem responder judicialmente.



Parceria entre Sesc e Prefeitura levam serviços de saúde para feirantes na Ceasa



Uma parceria entre o Serviço Social do Comércil (Sesc) e a Prefeitura de Patos, através da Secretaria Municipal de Saúde, levaram na manhã desta quinta-feira, 27 de agosto, vários serviços de atendimento e orientação em saúde para os trabalhadores feirantes da Central Estadual  de Abastecimento de Patos (Ceasa). O evento foi alusivo ao dia do feirante comemorado no último dia 25 de agosto.

Além do atendimento médicos, os feirantes receberam os serviços de aferição de pressão arterial, teste de glicemia, tipagem saguinea, avaliação nutricional, teste rápido de HIV/AIDS, distribuição de preservativos, saúde bucal e orientações sobre saúde e direitos do trabalhador.

Para a coordenadora do Mesa Brasil, Gilmara Gioconda, o objetivo da iniciativa é levar ações de saúde para o local de trabalho dos feirantes, já que estes não têm tempo ou costume de procurar os serviços de saúde. “Homens dificilmente buscam os serviços de saúde, seja pela carga horária de trabalho, ou mesmo pela resistência em ir ao médico, por isso nós pensamos neste momento, para trazer até eles os serviços básicos de saúde,” comentou.

Um dos serviços da Secretaria de Saúde de Patos que esteve presente na ação foi o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), que além de trabalhar a parte educativa de conscientização e prevenção em saúde do trabalhador, levou o médico Humberto Joubert, para realização de atendimentos.

“O médico do trabalho vem para fazer a consulta, e também para avaliar se os trabalhadores que apresentam alguma doença, e se essas doenças são provenientes do processo do trabalho, procurando investigar melhor as causas e já apresentar soluções para melhores condições de saúde e de vida deles,” disse a coordenadora do CEREST Regional, Cláudia Miranda.

Além do CEREST, participaram da ação o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA&SAE), Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF 5), coordenação do Programa Saúde do Homem, coordenação da Atenção Básica, equipe Saúde da Família da Unidade Básica Maria Madalena e alunos da ECISA.

Kamylla Lopes

Ricardo assina convênio para empregar pessoas com deficiência e inaugura Central de Libras em Guarabira


O governador Ricardo Coutinho inaugura, nesta sexta-feira (28), a Central de Interpretação de Libras (CIL), da cidade de Guarabira, onde também assina contrato entre o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Associação de Deficientes e Familiares (Asdef), que prevê a inclusão das pessoas com deficiência nos postos do Detran PB.  

A solenidade acontece às 15h45, na Casa da Cidadania do município e vai contar com representantes da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano e da Fundação Centro Integrado de Apoio à Pessoa com Deficiência (Funad). O espaço cumpre mais uma etapa das políticas de inclusão social, educação e saúde voltadas para a pessoa com deficiência.

A Central é destinada às pessoas com problemas auditivos e surdas, que necessitam de intérpretes para acompanhá-las, garantindo atenção de qualidade por meio dos serviços. O atendimento é gratuito e, para acessá-lo, basta fazer o agendamento prévio. A CIL já funciona em João Pessoa e Campina Grande.

Na ocasião, Ricardo assina contrato entre o Detran e Asdef, que prevê a inclusão das pessoas com deficiência nos postos do Detran PB. Os dois eventos marcam o lançamento oficial da programação do Setembro Inclusivo. Durante todo o mês, a Secretaria de Desenvolvimento Humano e a Funad, em parceria com diversos órgãos, vão realizar eventos com o objetivo de fortalecer a cidadania.

Outro momento da programação, previsto para 2 de setembro, é o Encontro para o Fortalecimento da Empregabilidade no Estado da Paraíba. O evento acontece no auditório Jimmy, da Funad, em João Pessoa. No dia 24, vai ser realizado o Dia D da Empregabilidade, quando haverá um grande mutirão de oferta de empregos e assistência direta às pessoas com deficiência que desejarem ser inseridas no mercado de trabalho.

secom

No Nordeste, 25,5% das crianças consomem refrigerante antes dos 2 anos

Mudança nos hábitos alimentares preocupa Ministério da Saúde. Pesquisa inédita que mediu peso e pressão arterial dos brasileiros alerta que mais da metade da população está acima do peso e uma em cada quatro mulheres são obesas
O consumo de produtos com alto teor de açúcar e gordura começa cedo no Brasil. Estudo inédito do Ministério da Saúde revelou que 60,8% das crianças com menos de dois anos de idade comem biscoitos, bolachas e bolos e que 32,3% tomam refrigerantes ou suco artificial. No Nordeste, mais da metade (58,8%) das crianças consomem esses alimentos e 25,5% tomam refrigerantes.

Este é o terceiro volume da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e que traz medidas inéditas da população do país, como peso, pressão arterial e circunferência da cintura. Além das mudanças nos hábitos alimentares na infância, os dados alertam para os crescentes índices de excesso de peso e obesidade em adultos.

“O excesso de peso é um problema grave, porque é um fator de risco para doenças do coração e outros problemas crônicos. É fundamental trabalharmos o incentivo a prática de exercícios e alimentação saudável desde cedo com as nossas crianças para reverter esse quadro. As crianças, muitas vezes, ajudam na conscientização e mudança de hábito dos pais”, destacou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Apesar da presença de produtos industrializados na alimentação das crianças, o estudo demonstrou que as mães brasileiras continuam amamentando seus filhos mesmo após os seis meses de idade, período preconizado para o aleitamento exclusivo. Mais da metade (50,6%) das crianças brasileiras e 52,8% das que vivem no Nordeste, entre nove e 12 meses, estão em aleitamento materno de modo complementar.

Os dados apontaram também que a maior parte das primeiras consultas dos bebês (até sete dias depois da saída da maternidade) foi na rede pública de saúde – 62,5% nas unidades básicas de saúde e hospitais públicos e 26,4% em consultório particular. Também mostrou índice de 70,8% de crianças com menos de dois anos que fizeram o teste do pezinho e 75,9% com um ano que já haviam tomado três doses da vacina tetravalente (difteria, tétano, coqueluche e meningite), ofertada aos dois, quatro e seis meses de idade.

A Pesquisa Nacional de Saúde foi feita em 64 mil domicílios em 1.600 municípios de todo o país entre agosto de 2013 e fevereiro de 2014. É o mais completo inquérito de saúde do Brasil, com dados sobre informações do domicílio, equipe de saúde da família, pessoas com deficiências, saúde dos indivíduos com 60 anos e mais, crianças com menos de 2 anos, acidentes e violência, estilos de vida, doenças crônicas, saúde da mulher, atendimento pré-natal, saúde bucal e atendimento médico. Essas informações servem de base para que o Ministério da Saúde possa traçar suas políticas públicas para os próximos anos.

OBESIDADE E HIPERTENSÃO – As mudanças no padrão de alimentação do brasileiro, bem como o menor tempo dedicado a atividades físicas, levam cada vez mais pessoas ao excesso de peso e obesidade. A Pesquisa Nacional de Saúde pesou e mediu a circunferência da cintura dos entrevistados e os dados demonstram que 56,9% dos brasileiros com 18 anos ou mais estão acima do peso, 82 milhões de pessoas. O índice é superior ao calculado em 2003 pela POF/IBGE, que registrou 42%. No Nordeste o número é de 53,4%.

Preocupa também a massa de gordura abdominal, que pela primeira vez foi medida por uma pesquisa no Brasil. Mais da metade das mulheres (52,1%) apresentaram prevalência superior de obesidade abdominal, com cintura acima de 88 cm, segundo parâmetros da Organização Mundial de Saúde. O índice é menor entre os homens: 21,8% têm a cintura acima de 102 cm, o que aponta circunferência aumentada no caso masculino. No Nordeste do país, 51% das mulheres e 17,3% dos homens apresentam obesidade abdominal.

Essa medida é importante porque está associada a doenças como obesidade, hipertensão e diabetes, que levam a problemas cardíacos. O público feminino também foi o que registrou maior índice de obesidade. Uma em cada quatro mulheres (24,4%) brasileiras estão obesas. Esse índice era 14% em 2003. Entre os homens o percentual é menor, 16,8%. No Nordeste, os números são de 21,5% para mulheres e 14% para homens.

Já a pressão alta atinge mais os homens. Essa realidade nacional está presente no Nordeste. O estudo mediu a pressão dos entrevistados, algo inédito para um levantamento desta escala, e apontou que 22% dos brasileiros e 23,8% dos residentes no Nordeste têm pressão arterial elevada.

PROMOÇÃO DA SAÚDE – O excesso de peso e obesidade são fatores de risco para Doenças Crônicas Não Transmissíveis, que constituem um problema global de saúde e corresponderam por 74% dos óbitos no Brasil no ano de 2012. Já a hipertensão é uma das principais causas de morbidade cardiovascular e fator de risco para complicação de AVC, acidente vascular cerebral. A doença causa 7,5 milhões de mortes no mundo, equivalente a 12,8% do total. Por meio do Farmácia Popular, a população tem acesso a seis medicamentos para hipertensão.

O Ministério da Saúde firmou, em 2011, o Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis no Brasil (2011-2022), com o objetivo de deter o avanço das doenças crônicas e os fatores de risco, com ações também voltadas às crianças. A meta é reduzir em 2% ao ano o número de mortes por estas doenças. Uma das principais ações é a expansão da atenção básica responsável por resolver até 80% dos problemas de saúde. O investimento nesta área cresceu 106% em quatro anos, chegando a R$ 20 bilhões em 2014. São quase 40 mil equipes de Saúde da Família, capazes de atender 60% da população.

Também são realizadas ações de promoção à saúde com mais de 18 milhões de alunos do ensino fundamental por meio do Programa Saúde na Escola. Em 2014, mais de 4.000 municípios que participam da iniciativa adotaram também medidas nas creches para avaliação antropométrica e promoção de alimentação saudável das crianças de até dois anos. A partir de acordo firmado entre Ministério da Saúde e as indústrias de alimentação foi possível retirar entre 2011 e 2014, 7.652 toneladas de sódio da mesa do brasileiro.

Sobre o incentivo a prática de atividade física destaca-se o Programa Academia da Saúde, que já conta com 1.568 polos com equipamentos e profissionais qualificados e a publicação do guia alimentar a população brasileira que orientam as famílias a optarem por refeições caseiras.


Por Patrícia de Paula, da Agência Saúde

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Audiência Pública reúne autoridades eclesiais, políticas, militares e população na Câmara de Patos





Um espaço aberto para o diálogo e a discussão dos problemas sociais existentes na cidade de Patos, seja no âmbito da saúde, educação, meio ambiente, segurança, entre vários outros setores. Assim foi avaliado o momento vivido pela Câmara Municipal de Patos, durante Audiência Pública realizada na noite desta terça-feira, dia 25 de agosto.

Motivada por solicitação do Bispo da Diocese de Patos, Dom Eraldo Bispo da Silva, para que o mesmo pudesse apresentar a todos os presentes um relatório com os principais pontos observados durante Visitas Pastorais realizadas no mês de julho, as principais instituições públicas de Saúde, presídios masculino e feminino e o lixão de Patos, a Audiência reuniu diversas autoridades eclesiais, políticas, militares e representantes da imprensa e de vários segmentos da sociedade civil organizada, a exemplo de presidentes de associações de moradores, pastorais e a população em geral, que ouviram atentamente os relatos da autoridade maior da Igreja Católica na cidade.

Dom Eraldo disse em seu pronunciamento, que a intenção da Igreja não é a de que ela possa resolver os problemas, mas sim, de se colocar a disposição para abrir e manter esse diálogo, o qual tem o intuito maior de chamar atenção, não apenas das autoridades políticas, mas também de toda sociedade, para as mazelas existentes e as soluções que podem ser aplicadas.

“A Igreja está cada dia mais se concebendo como povo de Deus, então, sendo povo de Deus, é também sociedade. O cristão não está isento da responsabilidade de colaborar e a Igreja deve contribuir para o progresso dos povos; para o crescimento humano, social, espiritual e também político, pois a política é o canal pelo qual se chegam os benefícios para uma boa saúde e para uma boa segurança pública, portanto, a Igreja deve estar neste diálogo, deve estar nesta conversa, pois nós também podemos e devemos contribuir para o crescimento da sociedade”, ressaltou.

A vereadora Cláudia Leitão (PR), propositora da Audiência Pública, através de requerimento que teve como coautoras as vereadoras Nadir Rodrigues Guedes (PMDB), Lucinha Peixoto (PCdoB) e Isis Medeiros (PRTB), disse que o momento atendeu a todas as suas expectativas e aproveitou o espaço para lançar uma campanha em prol da construção do Galpão para Associação dos Catadores de Lixo de Patos.

“O ponto alto deste relato feito por Dom Eraldo durante a Audiência foi o momento em que ele falou sobre a questão do lixão, uma vez que não se concebe mais que seres humanos vivam e trabalhem da forma como aquelas 53 famílias que ali trabalham. Então, diante desta inquietação do apelo de dona Nilma, que é presidente da associação dos catadores, lançamos uma campanha para arrecadarmos tijolos e outros materiais para que possamos construir uma murada e um galpão para que esse trabalho possa melhorar”, explanou.

O representante da prefeita Francisca Motta, Jackson Lucena, também falou sobre o momento, do qual participou acompanhado dos secretários Everaldo Lima (Desenvolvimento Econômico e Habitação), Anderson Sóstenes (Saúde), Assunção Trindade (Infraestrutura), Adalmira Marques (Educação), Ana Lígia Peixoto (Meio Ambiente), Marcelo Lima (Juventude), Toinho Marques (Esportes), entre outros representantes das demais secretarias.

“Acima de tudo, é importante ressaltar que tivemos uma noite extremamente positiva. Viemos como meros expectadores, eu representando a prefeita e todo um corpo de secretários que podem, efetivamente, colocar em prática os anseios que foram levantados. Aqui, tivemos a oportunidade de ver aos olhos de quem representa a sociedade, no âmbito religioso, as nossas falhas, bem como os nossos acertos. Foi uma noite de festa, podemos dizer assim, porque no momento em que igreja, sociedade e poder público dão as mãos, temos certeza de que grandes resultados sairão”, enfatizou Jackson.

A presidente Nadir Rodrigues Guedes, além de avaliar positivamente a presente Audiência Pública, também falou a respeito dos próximos passos que a Câmara de Vereadores de Patos deverá seguir.

“Conforme nós acordamos com Dom Eraldo, esta Casa irá unir forças à comissão que já está formada e que o acompanhou durante estas visitas. Iremos avaliar alguns pontos, mediante a possibilidade de já terem sido resolvidos; rever alguns requerimentos que esta Casa Legislativa já apresentou; sentarmos com a prefeita Francisca Motta e vermos a possibilidade de resolvermos os que ainda não foram, pois sabemos da sua vontade em buscar soluções para os problemas do povo patoense”, adiantou a presidente.

Participaram da audiência a presidente da Mesa Diretora da Casa Juvenal Lúcio de Sousa, vereadora Nadir Rodrigues Guedes e os vereadores Ivanes Lacerda (PSDB), Isis Medeiros, Inácio de Gelo (DEM), Diogo Medeiros (PSB), Lucinha Peixoto, Cláudia Leitão, Maurício Alves (PMDB), Fernando Jucá (PT), Jefferson Melquíades (PMDB) e Toinho Nascimento (PV); o gerente da 6ª Regional de Saúde, Leudo Farias, dona Nilma Souza, presidente da Associação dos Catadores de Patos; Capitão Hugo, representando o 3º BPM; além de representantes do Corpo de Bombeiros, Rotacty, associações de moradores e diversas outras entidades.

Ascom | Câmara Municipal de Patos

Polícia prende suspeito de assaltar empresário em João Pessoa


Policiais militares da Companhia Especializada em Apoio ao Turista (CEATur) prenderam, na noite dessa terça-feira (25), um homem suspeito de assaltar um empresário no Centro da capital.

O suspeito, Carlos Cristiano Oliveira Vasconcelos, de 26 anos, foi preso após uma perseguição que começou no Centro da cidade e só terminou no Bairro São José. Ele estava em uma moto. Com Carlos, foram recuperados objetos roubados do empresário, que foi assaltado na Rua Marechal Almeida Barreto.


O caso foi registrado na 10ª Delegacia Distrital, em Tambaú, onde o suspeito foi autuado por roubo.

Educação de Jovens e Adultos de Imaculada participa da formação em Educação Emocional


A Liga Pela Paz melhora a autoestima

Os pais aprendem a lidar com suas emoções.


A violência tem sido um dos temas mais frequentes da educação brasileira. A insegurança produz medo, estresse, traumas ao ponto de crianças e educadores que sofreram algum tipo de agressão, seja física ou psicológica, temerem voltar às salas de aula.

Na Paraíba, uma iniciativa bastante consistente posta em prática pelo Governo do Estado, através de sua Secretaria da Educação, com intuito de mudar esse cenário, foi a implantação da Liga Pela Paz, metodologia de ensino que prima pela educação das emoções e que vendo disseminada com as crianças, jovens e adultos.

Os resultados são comemorados pelo Governo, gestores escolares, professores, alunos e pais de alunos que estão aprendendo a administrar suas emoções. A relação interpessoal de todos os atores da comunidade escolar melhora; as habilidades emocionais e a autoestima são estimuladas e, consequentemente, o desenvolvimento das crianças é potencializado.

No município de Imaculada, distante 370 km da Capital João Pessoa, a EEEF Delmiro Dantas, pertencente a 11ª Gerência Regional de Educação, está desenvolvendo, através da Liga Pela Paz, as habilidades emocionais de 40 alunos da EJA – Educação de Jovens e Adultos, grande parte pais de alunos do Fundamental I. Eles ressaltam a importância da metodologia Liga Pez Paz na redução da violência, e o quanto estão aprendendo a controlar o estresse e a lidar com os conflitos do dia a dia.

Educadoras socioemocionais da Delmiro.
O trabalho da metodologia Liga Pela Paz- Família na EEEF Delmiro Dantas foi conduzido pelas educadoras socioemocionais Marta Tathyane Brito Dias, Verônica Plácido Anselmo, com coordenação de Maria Andressa Nunes. A nova coordenadora regional do PSI, Joédna Melo de Oliveira, parabenizou a equipe pelo brilhante trabalho e aos alunos, pela excelente participação, interatividade.

A coordenadora dos encontros na EJA da Delmiro, Andressa Nunes Leandro, disse que o tema é bastante atrativo, o que prendeu a atenção dos alunos. “Falar de Liga Pela Paz é falar da realidade da família, de motivação, bondade, perdão, diante de uma sociedade que vive a destruição dos lares, a intriga, entre vários pontos negativos. As turmas de EJA recebem com mais fervor esses temas, pois dialogam sobre seu dia a dia. A gente viu cenas que nos motivaram bastante, como do filho esperando a saída do pai da escola para abraçá-lo. Estão mostrando mais seus sentimentos, conversando mais. Os alunos da EJA hoje têm autoestima renovada. O aproveitamento foi muito bom”, disse emocionada.


A aluna Deuzuita Ribeiro agradeceu a oportunidade de ter vivenciado tantos temas que a ajudaram a compreender melhor a si mesma e ao próximo. “Seria muito importante que todas as famílias participassem de encontros como esses. Isso ajudaria bastante na educação, na relação com nossos filhos e netos”, enfatizou.

Agentes do Roger apreendem material ilícito que seria arremessado para o interior da unidade


Os agentes penitenciários da Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega, popularmente conhecida como Presídio do Roger, apreenderam, no final da manhã desta terça-feira (25), materiais ilícitos que seriam arremessados por um adolescente para o interior da unidade. Foram 10 celulares, cinco carregadores e aproximadamente 300 gramas de maconha. O adolescente foi encaminhado para a Delegacia da Infância e da Juventude da Capital.

O secretário da Administração Penitenciária, Wagner Dorta, afirmou que estas ações estão acontecendo com uma frequência cada vez maior para a retirada e prevenção de entrada deste tipo de material nas unidades prisionais de todo o Estado, e agradeceu o empenho dos agentes penitenciários paraibanos. “Faço questão de enaltecer a atitude destes guerreiros que trabalham diuturnamente para o melhoramento constante do sistema prisional paraibano, aumentando a disciplina dentro das instituições prisionais e permanecendo atentos para estas possíveis incursões com o objetivo de burlar a segurança e adentrar materiais ilícitos em nossos presídios, demonstrando claramente o comprometimento da equipe que forma o sistema carcerário paraibano, e com isso, contribuindo para a segurança de toda a sociedade”, observou.

Adiante, Dorta acrescentou: “Não vamos abrir mão do disciplinamento e da manutenção da ordem dentro do sistema prisional paraibano. Então, posso adiantar que estas operações terão continuidade em todo o Estado e serão intensificadas e ampliadas de acordo com a necessidade”.

O diretor adjunto do Presídio do Roger, David Efraim, por sua vez, destacou o êxito das operações realizadas na unidade. “Como a Gerência do Sistema Prisional (Gesipe) e a Força Tática Penitenciária (FTPEN) ficaram responsáveis pelas audiências e pelas custódias de apenados, estamos tendo maior êxito com estas ações de combate à entrada de materiais ilícitos, inclusive estamos fazendo rondas internas intensas, evitando a prática destes atos ilícitos” pontuou.

Entenda o caso - O menor foi localizado em atitude suspeita no entorno do presídio por um agente penitenciário que passava pelo local. Ele avisou ao corpo da guarda, que, em parceria com a Polícia Militar, interceptou o menor, impedindo a entrada dos objetos ilícitos no interior da unidade, no horário em que os reclusos do pavilhão 5 estavam no banho de sol. Posteriormente, será aberto um procedimento de investigação para descobrir quais apenados receberiam estes objetos.

secom

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Teixeira recebe I Encontro de Educação Permanente em Saúde






Aconteceu na manhã desta terça-feira 25 no Salão Paroquial de Teixeira, o I Encontro de Educação Permanente em Saúde, que contou com a presença de agentes comunitários de saúde, de endemias, NASF - Núcleo de Atenção à Saúde da Família, atenção básica da microrregião de Teixeira, Cacimbas, Desterro e Matureia, equipe da sexta Gerência Regional e Ministério Público.

O objetivo do encontro, cerca de 200 pessoas, foi criar um polo para discutir processos de trabalho, tendo como foco: ponto eletrônico, intersetorialidade, indicadores de saúde e atribuições das três esferas de governo. 

O ponto eletrônico está sempre na pauta das discussões da CIRs - Comissão Intergestores Regional do Sertão. Todos os municípios da região de Patos foram orientados pelo Ministério Público Federal a implantarem o ponto eletrônico, isso depois de uma avalanche de reclamações dos usuários do SUS insatisfeitos com a falta de atendimentos dos postos de saúde, especialmente pela falta de médicos.  A intenção é fazer o controle de horário e carga horária dos profissionais da área de saúde.

Matureia foi um dos municípios pioneiros na implantação do ponto eletrônico, isso ocorreu em 2012. Segundo o prefeito Daniel Dantas, mesmo com o ponto, o problema ainda acontece, com faltas médicas. O mesmo diz o secretário municipal de saúde, João Paulo. Fala que os profissionais das duas equipes do PSF estão sempre presente ao trabalho, mas a carga horária do médico nem sempre é respeitada.

O procurador do Ministério Público Federal, Dr. Felipe Albernaz, diz que o MP recomendou a vários municípios do Sertão a implantação do ponto eletrônico, algo adotado há muitos em órgãos públicos federais, que beneficia os trabalhadores que honram com seus deveres. “Trata-se de uma medida fundamental para o controle da carga horária dos profissionais de saúde, não apenas médicos, mas dentistas, enfermeiros, enfim todos os funcionários que trabalham na atenção básica”, comentou.  

Ele criticou a folga, citando o exemplo de Patos, o qual denominou de ato ilegal, concedida ao médico, um privilegio, já que esse profissional é obrigado a cumprir suas 40 horas semanais e ganha por isso. Diz que o MP também já recomendou que isso não fosse permitido. “Não se trata de perseguição política, do administrador municipal para perseguir o funcionário público, mas uma medida de moralização, de fiscalização do cumprimento da carga horária. Vale lembrar que essa medida foi adotada a partir de várias reclamações de que médicos, dentistas não vinham cumprindo sua carga horária ao longo da semana. A única possibilidade de vislumbramos foi a recomendação do ponto eletrônico, para poder fiscalizar o cumprimento da carga horária”, explicou.

Felipe Albernaz pediu aos gestores que não apenas implantassem o ponto eletrônico, mas que também o regulassem, falando de todas as regras, de forma bem clara, para segurança do servidor. Enfatizou ser é importante que o ponto eletrônico, inclusive o banco de horas, deve ser bem discutido pelo gestor com os servidores.

Outra recomendação do Ministério Público diz respeito a obrigatoriedade de emissão de certidão ao usuário do SUS que por ventura não consiga atendimento nas unidades de saúde, hospitais, para que o servidor esteja apto é emiti-la, explicando o motivo desse não atendimento, seja por falta de profissional, de medicamento, equipamento ou outros. “O usuário tem que receber essa certidão, trata-se de um direito constitucional, para que possa tomar as atitudes de direito”, acrescentou.

O apoiador matricial da 6ª GRE, Paulo Sérgio, considerou o encontro um marco histórico para a região, e que, "a partir deste momento, caminharemos mais unidos, coesos por uma saúde pública melhor". Destacou o trabalho dos ACS, Agentes Comunitários de Saúde, trabalho iniciado com Dona Rita Rosa, que coordenava a Pastoram da criança de Teixeira. “São vocês que conhecem todos da cidade, são o elo que transforma, que cuida, que abraça”, falou da importância dos ACS para a atenção básica.

Sérgio frisou a importância de fazer parceria com instituições de ensino, como universidades, Itec, IFPB, para qualificar cada vez mais os funcionários, algo que irá refletir diretamente no atendimento. Isso um dos propósitos desse fórum permanente de educação continuada, levado inicialmente para esses quatro municípios da área de Teixeira.

O representante do MP tocou numa ferida, provocada justamente por falhas de atendimento nas unidades de saúde, a exemplo do não cumprimento da carga horária do médico, dentista, falta de medicamentos, que acaba gerando grande migração de pacientes para o Hospital Regional de Patos Dep. Janduhy Carneiro, que só no primeiro semestre deste ano realizou 45 mil atendimentos, grande parte teria resolutividade no PSF, de mais de 100 municípios da PB, RN, PE e até do CE, uma sobrecarga que atrapalha a urgência e emergência.

De posse de planilhas, o gerente regional, José Leudo Farias, apresentou estatísticas de atendimentos no HRP, além do balanço de algumas vacinações nos quatro municípios que participaram do encontro desta terça-feira, como a de pólio, HPV, com os índices alcançados por cada um deles.  


“Levaremos esse encontro a todas as microrregiões da 6ª GRS. É muito importante oferecer uma educação continuada aos profissionais para que possam zelar melhor pela saúde da população. Em relação à presença do MPF no encontro, foi em boa hora, principalmente para discorrer sobre o ponto eletrônico, algo ainda não muito aceito pelos servidores. O ponto eletrônico não vem para punir os bons funcionários, apenas para controle, cumprimento da carga horária, como prevê a legislação”, falou José Leudo. 


segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Sistema permitirá melhor aplicação dos recursos do SUS nas unidades hospitalares





Ligeíze Lins


Dezesseis unidades hospitalares e UPAs das regiões de Patos, Princesa Isabel e Cajazeiras estão participando, nesta segura e terça-feira no Campus II das Faculdades Integradas de Patos (FIP), da entrega do Sistema de Gestão e Apuração de Custos, que faz parte de um pacote de ações do PNGC - Programa Nacional de Gestão de Custos do Ministério da Saúde, desenvolvido para facilitar a gestão e aplicabilidades dos recursos públicos oriundos do SUS.

A consultora do MS, Ligeíze Lins, destacou que o Ministério não possui informações de custos das unidades vinculadas ao SUS. Por isso pretende gerenciar esses custos para oferecer melhores serviços ao cidadão. “O programa não quer fazer cortes dos recursos transferidos, e sim fazer mais ou melhor com o que tem”, explicou.

O sistema de gerenciamento está sendo distribuído gratuitamente em todo o território nacional sem qualquer despesa para as unidades de saúde. Ligeíze diz que esse sistema permitirá ao gestor ter noção do que fazer com a informação de custo, saber onde deve, remanejar, investir os tributos, com mais eficácia. O sistema de custos é um indicador que serve de parâmetro para o gestor tomar essas decisões.

Todos os funcionários da rede hospitalar responsáveis pelo setor de compras foram capacitados e já estão alimentando o sistema. Para Shirleyanne Brasileiro, coordenador do Núcleo de Economia da Saúde da SES- Secretaria de Estado da Saúde, diz que há uma grande preocupação do Governo da Paraíba com a locação de gastos e saber necessariamente o custo da unidade hospitalar. Acrescenta que o Estado se destaca nacionalmente por possuir a maior rede hospitalar no Brasil, a implantar o sistema público (Apurasus), abraçado como prioridade pelo Governo.


“Na assinatura de termo de compromisso mês passado entre a Secretaria de Saúde com as unidades hospitalares, o governador Ricardo Coutinho enfatizou que não só quer o comprometimento do gestor, como também efetivamente saber o custo das unidades. A gente tem uma escassez da saúde em relação ao custo finito e temos o entendimento que ainda gastamos mal”, comentou Shirleyanne.


Polícia fecha fábrica clandestina de armas na cidade de Santa Luzia


Policiais do 3º Batalhão da PM fecharam uma fábrica clandestina de armas de fogo, nesta segunda-feira (24), que funcionava na parte de trás de uma casa, na cidade de Santa Luzia, no Sertão do Estado. No local, foram apreendidas quatro espingardas, um revólver, cartuchos, canos e outros materiais para a fabricação de armas.

A ação foi desencadeada para cumprir um mandado de busca e apreensão expedido pela Vara Criminal de Santa Luzia, a partir de investigações da Polícia Civil sobre a origem de várias armas apreendidas pela Polícia Militar com criminosos, este ano, nas cidades de Patos, Teixeira, Desterro e Santa Luzia. No local, foi preso Paulo Soares Leite, de 50 anos, que seria responsável por fabricar e consertar o material bélico.

Ele foi apresentado na Delegacia da Polícia Civil, na cidade de Santa Luzia. Da noite do último sábado (22) até esta segunda-feira (24), foram apreendidas nove armas de fogo nas cidades de Condado, Junco do Seridó, Patos e Santa Luzia – todas cobertas pelos serviços de policiamento do 3º Batalhão da PM, sediado em Patos.

Vacinação contra Polio atinge 90% da meta em Patos



Lançada há pouco mais de uma semana a Campanha de Vacinação contra Polio já atingiu o percentual 90% de crianças vacinadas no município de Patos. De acordo com o Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, 6.315 crianças menores de 5 anos já foram vacinadas, contabilizando um total de 90.32% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde para o município.

Segundo a coordenadora do Setor de Imunização, Socorro Guedes, o percentual registrado entre os dias 15 e 21 de agosto, é satisfatório e a previsão é de que nesta semana Patos registre 95% da meta.

“Precisamos que os responsáveis que ainda não levaram suas crianças para vacinar contra paralisia infantil, tendo em vista que a campanha vai até próxima segunda, dia 31. E até lá nossa expectativa é que consigamos atingir a meta geral que é, no mínimo, o percentual de 95% de cobertura,” comentou.

O grupo prioritário desta campanha são crianças entre 6 meses a menores de 5 anos. A meta o município de Patos é imunizar 6.992 crianças nesta faixa etária. A campanha que se estende até o dia 31 de agosto, traz também a prerrogativa da atualização do esquema vacinal das crianças menores de cinco anos.

NOTA DE PESAR


A Associação de Imprensa do Sertão Paraibano, AISP, lamenta com profundo pesar o falecimento da radialista e cantora Gê Maria, ocorrido na noite desta segunda-feira, (23), vítima de um Acidente Vascular Cerebral.

Na década de 80, a cantora patoense conseguiu fazer sucesso no Sul do país onde lançou discos de forró e as músicas mais ouvidas nas rádios que tocavam o regionalismo nordestino.

Ao retornar para a cidade de Patos na década de 90, Gê Maria investiu numa linha do forró romântico e nos seus CD’s conseguiu associar os Brega/Romântico.

A AISP se solidariza com os familiares pela perda irreparável.

Luanja Dantas - Presidente da AISP

SAS e CMAS realizam VI Conferência Municipal de Mãe d’Água-PB


A Prefeitura Municipal de Mãe d’Água-PB – PMMD-PB, através da Secretaria de Assistência Social (SAS) e do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), realizou no último dia 4 de agosto, a VI Conferência Municipal de Assistência Social. O evento, que debateu o Sistema Único de Assistência Social (SUAS), reuniu cerca de 80 pessoas, entre gestores, profissionais, usuários do sistema de assistência do município e representantes de organizações e entidades da sociedade civil, no Auditório Municipal professora Lucinda Justo.

De acordo com a secretária de Assistência Social do município, Silvia Canuto “o encontro teve como foco verificar as conquistas e os avanços nos dez anos de vigência do SUAS, bem como discutir e apresentar propostas de melhorias no sistema para a próxima década”. As discussões foram norteadas por cinco pontos:

I – Dignidade Humana e Justiça Social: princípios fundamentais para a consolidação do SUAS no pacto federativo;
II – Participação social como fundamento do pacto federativo no SUAS;
III – Primazia na responsabilidade do Estado: por um SUAS Público, Universal, Republicano e Federativo;
IV- Qualidade do Trabalho no SUAS na consolidação do Pacto Federativo;
V – Assistência Social é direito no âmbito do pacto federativo.

Durante a abertura da conferencia, Silvia Canuto destacou a importância do evento, explicando que “são três oportunidades, a partir das plenárias, em que se ouve as proposituras, os desejos e os sonhos de cada comunidade. É o momento de lapidação dos ideais, buscando a valorização do cidadão, através do respeito e da proteção dos seus direitos”. A secretária também ressaltou o empenho da administração local no apoio dado as conferencias realizadas no município, dentre elas a de Assistência Social. “A prefeita Margarida Tota tem nos orientado a construir, com toda a sociedade civil, essas discussões de melhoria para ofertar uma melhor qualidade de vida aos mãedaguenses”, destacou Canuto.

As propostas apresentadas serão encaminhadas para discussão na Conferência Estadual que acontece em setembro em João Pessoa-PB, em data ainda ser marcada. Os delegados eleitos, democraticamente, representarão a sociedade civil e a gestão, sendo dois deles representantes de entidades de assistência social, dois de trabalhadores do SUAS e um usuário.

Para o presidente do Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS, o advogado João Paulo Trindade, o tema deste ano, “Consolidar o SUAS de vez rumo a 2026” e o Lema, “Pacto Republicano no SUAS rumo a 2026: O SUAS que temos e o SUAS que queremos”, deixa claro a grande preocupação do Conselho Nacional de Assistência Social, que é de envolver toda a sociedade nessa luta em favor da proteção social e a cobertura dos serviços, programas, projetos, benefícios e transferência de renda. “Acima de tudo, estar aqui é um compromisso, porque através desse evento, pudemos propor políticas públicas para a nossa sociedade. A importância é de nós, como cidadãos, darmos nossa contribuição, nosso pensamento para o aprimoramento dessas políticas”, ressaltou Trindade.


Ascom

Servidores do Estado recebem salário de agosto nos dias 28 e 31


O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Estado da Administração (Sead), segue com o compromisso de pagar o salário dos servidores dentro do mês trabalhado. O pagamento do mês de agosto será efetuado nesta sexta (28) e segunda-feira (31).

No primeiro dia (28), recebem os servidores públicos aposentados e pensionistas. Na segunda-feira (31), será a vez dos ativos da administração direta e indireta receberem seus salários.

domingo, 23 de agosto de 2015

Esporte e Nacional, em jogo sonolento, ficam no 0x0








Quem esperava aquele clássico de arrepiar, mesmo sendo jogo de segundona do Paraibano, mas pela tradição do embate entre os clubes patoenses Esporte e Nacional, ficou decepcionado. Ao final 0x0 e o desânimo da torcida pelo fraco desempenho das equipes em campo.

O Esporte antes do início da partida já entrara em desvantagem, com apenas dois reservas no bando. O treinador Marcos Nascimento lamentou não contar com oito atletas, quatro deles titulares, por não terem sido regularizados a tempo junto à FPF (Federação Paraibana de Futebol), um pecado enorme da diretoria do Patinho. Ainda no primeiro tempo o meia Nino se machucou e teve que ser substituído por Eduardo Costa (zagueiro).  Com isso a equipe ficou com seis defensores em campo.

Até os trinta minutos do primeiro tempo, ambas equipes jogaram sem alegria, garra, com muitos erros de passes, chutões e nada de produtivo no ataque. Alguns lances de perigo foram aparecendo, muito mais para o Esporte que perdeu com Eduardo Costa a grande chance de gol da partida, em cobrança de escanteio e ele não consegui cabecear para dentro do gol de Ricardo. Falha de marcação do já rodado zagueiro Henrique, que não acompanhou a chegada de Eduardo. “Cheguei a pensar que havia sido gol e o árbitro anulado”, disse com surpresa pelo gol perdido, a bola passou rente à trave, Luís Alves, ex-vereador de Patos e apaixonado pelo Patinho.

O nacional não conseguia, sem muita inspiração também, não conseguia furar o bloqueio com quatro defensores montado pelo técnico Marcos Nascimento. Na etapa complementar o cenário foi ainda pior deixando muitos torcedores impacientes. O treinador Jason, do Nacional, ainda fez mudanças, tirando ao atacante Carlinhos, que saiu para a entrada de Gil, e de Deda para a entrada de Ruan, porém nada surtiu efeito para mudar o panorama do jogo, onde o Esporte apostava nos contra-ataques que não dava em nada.

Após o abito final do árbitro Renan Roberto, que foi auxiliado por Márcio freire e José Maria, houve um princípio de tumulto no lado da torcida do Esporte, depois da explosão de alguns fogos de artifício. A polícia teve que agir rápido. Jason fez uma rápida na análise do clássico sertanejo. “Esperava mais da minha equipe. O Esporte jogou os 90 minutos em campo e não tivemos competência para sair do bloqueio deles. É uma situação de jogo que precisamos entender. Estamos iniciando a competição agora e ainda falta ritmo de jogo para nosso time”, comentou o técnico nacionalino.

No intervalo um dos grandes nomes da história do Nacional, Manoel Messias (Marreta), foi homenageado com uma placa por sua contribuição ao futebol local e paraibano, oferecida pela Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Esportes, sendo entregue pelo capitão nacionalino, Henrique.


 Marcos Eugênio

Arquivo do blog